A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

1ª Leitura Conjunta
User avatar
Archie
Edição Limitada
Posts: 1093
Joined: 23 Nov 2004 13:37
Location: Porto / Carnaxide
Contact:

A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Archie » 28 Feb 2005 09:49

Aqui está o link:

<a href='http://webspace.zmail.pt/archie/bbde!.htm' target='_blank'>A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3</a>
iFool @ Twitter

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Thanatos » 01 Mar 2005 11:38

Cerridwen escreveu: "O que mais me cativou foram as referências ao Hypnerotomachia Poliphil, todo aquele mistério à volta do livro é muito cativante (para mim).

Aliás, o prólogo cativou-me mais o interesse do que os primeiros capítulos, primeiro por causa do ambiente misterioso do prólogo, e segundo, o facto de os primeiros dois capítulos serem um pouco descritivos, existe uma grande dedicação à apresentação das personagens principais e dos seus passados, havendo menos "actividade". "

Chegaste a ler o link que eu coloquei na introdução para o Hypnerotomachia? Estive a ler um bocado daquilo e só me ocorre a expressão, "impenetrável". :P

Isto é off-topic, mas se gostastes assim tanto do prólogo tens de ler O Nome da Rosa do Umberto Eco, isto se ainda não o fizeste. É que foi de imediato o livro que me veio à memória quando li aquele prólogo.

Quanto aos dois primeiros capítulos... penso que é normal este tipo de scene setting. Há escritores que gostam de apresentar as personagens a pouco e pouco, outros preferem dar logo tudo de chofre.

E por falar em escritores. Vocês conseguem encontrar as «costuras» onde supostamente o Ian cedia o lugar ao Dustin e vice-versa? Eu cá pressinto que as situações de mistério e suspense foram escritos por um e as cenas de flashback e sobre o livro foram escritas por outro. Estou enganado pela certa :unsure:
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

White_Lady
Dicionário
Posts: 666
Joined: 01 Jan 2005 15:34
Location: Lisboa
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby White_Lady » 01 Mar 2005 11:58

Thanatos wrote: Isto é off-topic, mas se gostastes assim tanto do prólogo tens de ler O Nome da Rosa do Umberto Eco, isto se ainda não o fizeste. É que foi de imediato o livro que me veio à memória quando li aquele prólogo.
(...)
E por falar em escritores. Vocês conseguem encontrar as «costuras» onde supostamente o Ian cedia o lugar ao Dustin e vice-versa? Eu cá pressinto que as situações de mistério e suspense foram escritos por um e as cenas de flashback e sobre o livro foram escritas por outro. Estou enganado pela certa :unsure:

Nem mais. Eu não me lembrei do livro mas do filme, já que ainda não consegui arranjar o dito livro, mas é um dos que espero ler, ainda mais porque fiquei "fascinada" pela sua participação no programa ontem transmitido pela RTP1 acerca do Código da Vinci. Além disso oiço falar muito bem do autor.

Quanto aos escritores da obra a que este tópico se destina, tenho que concordar com o Thanatos. A meu ver a conjugação do presente e do passado está bem conseguida, a quebra não é muito significativa, por vezes não a sinto, mas nota-se algo de diferente.
Claro que também se pode dever ao facto de já ir muito à frente... Peço desculpa mas não me consegui controlar :( Ler e saber o que se vai passar a seguir é um vício a partir do momento em que pego um livro... E este fim de senama ia para ler mais uns três capítulos e de repente quando dou por mim estou a meio do livro :huh:

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Cerridwen » 01 Mar 2005 21:11

Chegaste a ler o link que eu coloquei na introdução para o Hypnerotomachia? Estive a ler um bocado daquilo e só me ocorre a expressão, "impenetrável". 

Isto é off-topic, mas se gostastes assim tanto do prólogo tens de ler O Nome da Rosa do Umberto Eco, isto se ainda não o fizeste. É que foi de imediato o livro que me veio à memória quando li aquele prólogo.

Quanto aos dois primeiros capítulos... penso que é normal este tipo de scene setting. Há escritores que gostam de apresentar as personagens a pouco e pouco, outros preferem dar logo tudo de chofre.

E por falar em escritores. Vocês conseguem encontrar as «costuras» onde supostamente o Ian cedia o lugar ao Dustin e vice-versa? Eu cá pressinto que as situações de mistério e suspense foram escritos por um e as cenas de flashback e sobre o livro foram escritas por outro. Estou enganado pela certa 



Quanto ao link, li muito por alto, deu para saber um pouco mais acerca da obra, mas pouco mais do que é referido na Regra de Quatro.. :unsure:

Infelizmente ainda não li O Nome da Rosa, já ando há muito a dizer que o vou ler, mas nunca cheguei a fazê-lo. Talvez brevemente tenha a oportunidade de o fazer. :unsure: Mas já vi o filme e deu para perceber a semelhança no ambiente .. :)

Siceramente, não consegui descobrir as tais «costuras» mas, acho que tens razão, as cenas de flashback e sobre o livro terão sido escritas por um e, as situações de mistério e suspense por outro. Pelo menos, parece haver uma "barreira" entre esses aspectos. As cenas de flashback são muito trabalhadas, enquanto que as cenas de mistério e suspense parecem ser menos desenvolvidas, há menos descrição nas útlimas e mais "acção".. :unsure:


Claro que também se pode dever ao facto de já ir muito à frente... Peço desculpa mas não me consegui controlar  Ler e saber o que se vai passar a seguir é um vício a partir do momento em que pego um livro... E este fim de senama ia para ler mais uns três capítulos e de repente quando dou por mim estou a meio do livro 


Eu também tenho de pedir desculpa, avancei demais na leitura. Comprei a obra demasiado cedo e não resisti ler um bocadinho, mas sem dar por isso, fui avançando. Quando dei por mim já estava no capítulo 8. :(
Mas por agora parei.. :)

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Samwise » 02 Mar 2005 11:01

Hehehe


Bom... Numa altura em que já li os capítulos 4, 5 e 6 (e em que os achei particularmente ricos e sugestivos), queria deixar mais algumas indicações sobre o início da obra.

Alguém reparou na frase que encerra a Introdução???
Se ninguem reparou... então voltem a lê-la... é feita uma referência aos mensageiros decapitados e.... "tcham tcham"... aum novo par que será vitimado, 500 anos mais tarde... quem serão as vítimas????


Quato a uma das sugestões do Thanatos... a Katie e o seu papel na história...
Por enquanto não sabemos muito...mas algumas coisa podem ser deduzidas:
1 - Uma namorada é um pessoa com quem se estabelece uma relação emocional muito forte (se a coisa for séria, pelo menos). Logo... é de suspeitar que ela possa ter sido uma das razões para o Tom se afastar de Paul por uns tempos. Um catalizador para a separação dos dois amigos. O Paul pode não achar grande piada à coisa...
2 - Podemos também pensar mais friamente... Uma paixão pode ser um ponto fraco para explorar os segredos de uma pessoa. Deste ponto de vista, a Katie pode ser vir a um personagem sombrio na história. Alguém que se aproveita dos sentimentos de Tom para alcançar um objectivo.
Mas por enquanto... nada sabemos ao certo.


Estou a fazer um resumo de todas as obras literárias (e respectivos autores) mencionados no livro. Um deste dias vou criar um tópico para os divulgar!

Sam
Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Thanatos » 02 Mar 2005 13:04

Alguém reparou na frase que encerra a Introdução???
Se ninguem reparou... então voltem a lê-la... é feita uma referência aos mensageiros decapitados e.... "tcham tcham"... aum novo par que será vitimado, 500 anos mais tarde... quem serão as vítimas????


Eu reparei. E nos capítulos que se vão discutir esta semana existe outra. O giro é que este «plantar» de sugestões futuras é um método muito usado em policiais (e não só) mas que dá sempre resultado.

1 - Uma namorada é um pessoa com quem se estabelece uma relação emocional muito forte (se a coisa for séria, pelo menos). Logo... é de suspeitar que ela possa ter  sido uma das razões para o Tom se afastar de Paul por uns tempos. Um catalizador para a separação dos dois amigos. O Paul pode não achar grande piada à coisa...


Que a Katie foi o motivo da separação de Paul e Tom é por demais evidente, e se formos a ver é algo que acontece vezes e vezes sem conta na vida real. Muitas vezes os nossos amigos são «ultrapassados» por outras amizades ou interesses amorosos. Agora não penso que o Paul nutra ressentimentos quer contra Tom quer contra Katie. O que me parece é que o Paul anda muito fechado em relação ao que descobriu sobre o enigma do livro.

P.S.: Excelente ideia essa do resumos das referências. Chama-se a isso uma Concordata. ;)
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Samwise » 02 Mar 2005 16:20

Thanatos wrote: Eu reparei. E nos capítulos que se vão discutir esta semana existe outra. O giro é que este «plantar» de sugestões futuras é um método muito usado em policiais (e não só) mas que dá sempre resultado.

Desculpem-me lá o Off-Topic... mas não consigo resistir....
O Stephen King utiliza muito esta técnica nos seus livros.
Normalmente são frases do género... "It was the last time Jane kissed Marie." Capítulos mais tarde ou o Jane ou a Marie deixam este mundo via circustâncias dramáticas.... LOL

Chama-se a isso uma Concordata.


Uma pessoa está sempre a aprender.

Estou a gostar mais do livro do que inicialmente pensei. Uma das coisas que está a contribuir para o facto é mesmo a quantidade de referências literárias que são mencionadas.
Vou ver se me despacho com a lista...

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Thanatos » 02 Mar 2005 16:47

Samwise wrote: Desculpem-me lá o Off-Topic... mas não consigo resistir....
O Stephen King utiliza muito esta técnica nos seus livros.
(...)

Estás a ficar previsível! :lol: Quando escrevi aquilo ainda pensei mencionar o King, mas depois pensei cá com os meus botões e decidi ver se tu «apanhavas» a deixa. B)

Outro que usa muito essa técnica é o Dean Koontz e em menor medida o Michael Crichton.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

White_Lady
Dicionário
Posts: 666
Joined: 01 Jan 2005 15:34
Location: Lisboa
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby White_Lady » 02 Mar 2005 18:22

Samwise wrote: Alguém reparou na frase que encerra a Introdução???
Se ninguem reparou... então voltem a lê-la... é feita uma referência aos mensageiros decapitados e.... "tcham tcham"... aum novo par que será vitimado, 500 anos mais tarde... quem serão as vítimas????

Reparei e já tenho uma ideia... Só tenho uma dúvida... Será que os dois têm que morrer na mesma altura? Ou podem morrer com alguns anos de diferença?

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Samwise » 02 Mar 2005 18:46

White_Lady wrote:
Samwise wrote: Alguém reparou na frase que encerra a Introdução???
Se ninguem reparou... então voltem a lê-la... é feita uma referência aos mensageiros decapitados e.... "tcham tcham"... aum novo par que será vitimado, 500 anos mais tarde... quem serão as vítimas????

Reparei e já tenho uma ideia... Só tenho uma dúvida... Será que os dois têm que morrer na mesma altura? Ou podem morrer com alguns anos de diferença?

Só o tempo o dirá...

Mas White_Lady... importa saber se morrem juntos ou separados ou com anos de diferença?

A mim parece-me que algo de mau vai acontecer a duas personagens, não necessariamente da mesma forma como aconteceu aos outros dois...

Ou estás a pensar numa outra linha de raciocínio?
Conta-nos lá o que te vai na cabeça...

Sam

Estás a ficar previsível!

É um facto! O King é como uma droga benéfica... não há escapatória às suas malhas e proporciona-me um prazer literário superlativo. Começo é a conhecer-lhe os cantos à casa...
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

White_Lady
Dicionário
Posts: 666
Joined: 01 Jan 2005 15:34
Location: Lisboa
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby White_Lady » 02 Mar 2005 20:22

Eu acho que morrem devido ao livro referido. Agora não sei é se a morte de cada um tem algum significado oculto sendo um complemento ao livro ou se advem do estudo deste (o que pode implicar muitas outras tramas), ou se é devido a um teste (tal como os outros dois).

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Samwise » 04 Mar 2005 20:11

Em quem é que vocês votam para vítimas????

O Charlie e o Gil são os primeiros que me vêm à cabeça... mas são tão óbvios... Será que os autores vão cair nessa?

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Drops
Dicionário
Posts: 709
Joined: 04 Jan 2005 03:49
Location: somewhere over the rainbow
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Drops » 04 Mar 2005 21:07

Bill Stein, tem o perfil de vítima ideal... :D e o Gil, que não anda cá a fazer nada, pra já pelo menos :lol:
"I'm not crazy I'm just a little unwell..."

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 1, 2 e 3

Postby Cerridwen » 05 Mar 2005 14:08

À partida também votaria no Charlie e no Gil. Mas acho que ainda é cedo para tirar conclusões, ainda podem aparecer outras potenciais vítimas. :)


Return to “A Regra de Quatro - The Rule of Four”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron