A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

1ª Leitura Conjunta
User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Samwise » 23 Mar 2005 11:12

Resumo
Os Quatro amigos acabam por voltar ao quarto. Tom e Gil juntos, depois Charlie e por fim Paul.
Gil Não consegue lidar com a situação e resolve enfrascar-se. Vai para a cama mais cedo. Charlie está muito preocupado e o seu espírito voluntarioso começa já a preparar o próximo dia.
Paul está, aparentemente, em estado de choque. Ele teve que identificar o corpo de Bill Stein, o estudante que morreu em circinstâncias misteriosas. Mesmo assim resolve pegar em Tom e levá-lo para novas aventuras.
Os dois dirigem-se ao local de trabalho de Paul no Campus. Paul descbrira o "mapa" desaparecido do diário do capitão e tenta, com ajuda de Tom, encontrar o local da cripta de Colonna. Sem sucesso.

Dirigem-se depois, às escondidas, ao ecritório de Stein, onde esperam encontrar pistas sobre o que se está a passar. O que encontram é um duro golpe: Aparentemente Stein, Taft e a até Richard Curry estavam a tentar apoderar-se do trabalho de Paul. Estavam a usá-lo para depois ficarem com os créditos das suas descobertas.
A polícia chega e os dois são obrigados a fugir pelas traseiras do edifício.

Antes de adormencer Paul informa Tom que tem um convite para um doutoramenteo em Chicago e convida-o para ir com ele.
Tom relembra como Paul e Richard se envolveram.
Tom recorda também o que o levou a afastar-se do "trabalho" do seu Pai.

Tópico para discussão

É só um... mas é de tal forma importante... que os outros surgirão a partir deste.
E o tópico é....

O estranho comportamento de Paul ao longo dos capítulos 13 e 14.

Quando os li pela primeira vez fiquei com uma sensação estranha na cabeça... quando os li pela segunda vez... as peças do puzzle começaram a encaixar...
Posso estar errado, admito, mas os indícios são muito fortes.... e mais não digo!
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Thanatos » 23 Mar 2005 11:17

Mas mais não dizes o quê? <_< Dizes e é já! É que estou a ver que me escapou algo de muito importante e por mais voltas que dê à cabeça :blink: não estou a ver o que pode ser.

Vá lá, detesto suspense ;)
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Samwise » 23 Mar 2005 11:36

Posso estar errado... (a tal coisa da ver teorias da conspiração em todo o lado)....

Tudo começou quando o Paul diz que encontrou o tal mapa que estava dentro do diário.

Onde é que ele o encontrou??? Não dão explicação.

Segundo... Quem eram as pessoas que estava ausentes quando o Stein foi defenestrado? O Taft, o Curry e..... o Paul.

Terceiro... nos capítulos anteriores o Paul estava muito interessado em estudar o diário com o Tom nessa noite. Mudou de ideias. Porquê? O que foi ele afinal fazer ao seu local de trabalho?

Quarto....Toda a conversa que o Paul tem com o Tom sugere outras coisas ainda...
O que é que vocês entenderam da atitude do Paul em relação, por exemplo, ao Taft?

Há mais coisas ainda... depois desenvolvo...

Se antes pensava que o Taft era o maior suspeito no meio disto tudo... agora estou com dúvidas....

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Thanatos » 23 Mar 2005 11:50

De facto o Paul tinha bastante a lucrar em «remover» o Stein do quadro. Além disso e corrige-me se estou enganado iremos mais à frente apercebermo-nos de que o Stein não era movido propriamente pela bondade do seu coração nesta matéria. Hummm és bem capaz de ter alguma razão, Samwise. Confesso que não reli os capítulos. Fá-lo-ei esta noite.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Samwise » 23 Mar 2005 12:03

Ainda não li mais à frente...

Já que vais reler os capítulos... atenta na maneira como o Paul orienta a conversa que eles têm em realção ao Taft. Essa parte é particularmente sugestiva...

Depois destes capítulos, também não fiquei com muito boa ideia do Curry.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

White_Lady
Dicionário
Posts: 666
Joined: 01 Jan 2005 15:34
Location: Lisboa
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby White_Lady » 23 Mar 2005 15:11

Achei sem dúvida muito estranha a reacção do Paul ao que aconteceu e sobretudo como descobriu ele o mapa. Parece-me que falta algo por explicar, mas não consigo imaginá-lo a cometer um crime... acredito que o tenha presenciado, mas que não o tenha cometido.

Também acho que preciso de reler algumas coisas... Vou tentar fazer isso esta noite, enquanto descanso da minha "leitura obrigatória".

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Samwise » 23 Mar 2005 16:13

Talvez tenhamos todos uma ideia errada acerca do Paul.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Thanatos » 23 Mar 2005 20:35

Samwise wrote: Talvez tenhamos todos uma ideia errada acerca do Paul.

Sam

Atão? :blink: Lanças o repto e róis a corda? :D Eu que me lembre nunca tive essa ideia do Paul logo quando li da primeira vez, mas tal como a White Lady irei reler hoje à noite. Depois elaboro...

UPDATE: Já reli os capítulos e mantenho a minha ideia de que o Paul me parece inocente. Mas por outro lado pode, dissimuladamente, estar a arranjar um alibi usando o Tom como tal. E de facto tem os meios (chaves e códigos de entrada) para poder se mover à vontade. E pode ter fingido consternação ao saber das cartas de Stein. Lá que tinha motivos para «abafar» o Stein, tinha. Mas continuo a achá-lo incapaz de assassinar a sangue-frio. Quanto ao mapa... o Paul explica que: "Encontrei a referência em que o capitão do porto faz alusão ao conjunto de direcções que o ladrão copiou dos papéis de Francesco(...)" Portanto o Paul refez o mapa a partir de instruções escritas no diário. os mapas que eles usam para determinar a posição são os da biblioteca.

Uma outra frase curiosa é pensada pelo Tom (pág. 169): "Mas parece-me que ele já construiu na sua cabeça todos os enredos possíveis". Ele pensa isto em relação às «teorias» do Paul sobre o Taft. A mim não me pareceu uma maquinação maquiavélica do Paul mas apenas as ideias tumultuosas de um puto algo assustado que se recordou de histórias da carochinha contadas pelo Taft como a do cão do Epp Lang.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Samwise » 24 Mar 2005 11:16

Mais alguns pontos....

- Foi o Paul que se "atirou" ao Tom e se fez amigo dele (pode ser um falso indício, uma vez que a razão apontada pelo Tom faz sentido).
Para mim o Paul está a tentar aproveitar-se do Tom para conseguir avançar no livro.

- A investigação ao escritório de Stein foi a verdadeira razão para a deslocação do Paul ao local de trabalho. A ideia do mapa de localização do túmulo não justificava a sua saída. Não depois do que aconteceu naquela noite. Por outro lado, a possibilidade de encontrar pistas novas nas coisas pessoais do Stein faz todo o sentido como móbil para a deslocação. Vasculhar as coisas do morto antes da polícia o fazer (e não entendo como é que a polícia ainda não tinha ido ao local).

- A frieza de Paul ao longo dos capítulos 13 e 14. Tom refere que ele ainda não tinha caído em si... mas mesmo assim... parece-me muito estranho. Então o rapaz ainda não caiu em si e já anda a mexer-se para novas pripécias? Frio e calculista! Será?

- Finalmente, parece-me que durante a conversa que se desenrola entre o Paul e o Tom, o Paul está quase sempre a tentar incriminar o Taft. Seja a através de frases directas, seja através de indícios que o apontam como o possível homicida.
Verdade seja dita... O Taft continua a ser um possível suspeito. E continuam a haver motivos para que ele o seja.


Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Cerridwen » 24 Mar 2005 12:09

- Foi o Paul que se "atirou" ao Tom e se fez amigo dele (pode ser um falso indício, uma vez que a razão apontada pelo Tom faz sentido).
Para mim o Paul está a tentar aproveitar-se do Tom para conseguir avançar no livro.

- A investigação ao escritório de Stein foi a verdadeira razão para a deslocação do Paul ao local de trabalho. A ideia do mapa de localização do túmulo não justificava a sua saída. Não depois do que aconteceu naquela noite. Por outro lado, a possibilidade de encontrar pistas novas nas coisas pessoais do Stein faz todo o sentido como móbil para a deslocação. Vasculhar as coisas do morto antes da polícia o fazer (e não entendo como é que a polícia ainda não tinha ido ao local).


Parece-me que o Paul sempre teve uma fixação pelo Hypnerotomachia, e tendo tantos conhecimentos acerca do pai de Tom como ele tinha, pode ter andado à procura do filho para conseguir ser amigo dele. Quanto ao aproveitar-se, tenho muitas dúvidas em relação a isso, mas o que me parece credível é que Paul está a tentar a todo o custo arranjar um companheiro para a sua investigação, e como o pai do Tom, era um óptimo investigador, nada melhor do que o seu filho.


A ideia com que fiquei é que poderá ter acontecido algo para que o Paul demonstre tanta antipatia para com o Taft. O Taft também é muito misterioso e calculista, não sabemos ao certo, que anda ele a planear.

Para mim o Paul está a tornar-se muito estranho, mesmo depois de ver a carta de Stein a Curry, e a resposta do mesmo, continua a dar a entender que confia cegamente em Curry. Haverá algo mais que faça com que ele tenha tanta confiança em Curry? :unsure:

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Thanatos » 24 Mar 2005 12:17

Serei só eu?

Será que ninguém ainda referiu que aparentemente o Curry e o Paul andam a fazer um qualquer trabalho arqueológico? Percebi isso logo pela conversa entre eles no museu e cada vez mais me capacito de que o Paul «desvendou» o "X" que marca o local do «tesouro».

Estarei errado?

E concordo com a Cerridwen: para mim o Paul fixou-se no Tom por causa do pai dele, mas não numa relação parasítica mas mais de admiração. Daí ele ver com tão maus olhos a Katie...
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

White_Lady
Dicionário
Posts: 666
Joined: 01 Jan 2005 15:34
Location: Lisboa
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby White_Lady » 24 Mar 2005 12:51

Thanatos wrote: Serei só eu?

Será que ninguém ainda referiu que aparentemente o Curry e o Paul andam a fazer um qualquer trabalho arqueológico? Percebi isso logo pela conversa entre eles no museu e cada vez mais me capacito de que o Paul «desvendou» o "X" que marca o local do «tesouro».

Estarei errado?

Tanto que o Paul passava tempo na Itália às custas do Curry. Julgo que andem atrás da cripta e o mapa pode vir a ajudar. Acho que antes do Stein dar o diário andavam um pouco às cegas, ao reaver o mapa qual foi a primeira intenção do Paul? Ir ver os mapas da cidade de Roma, para tentar perceber onde poderia estar a cripta.

Quanto à relação do Paul com o Tom, concordo que seja por causa do pai do Tom. Também acredito que seja por admiração e talvez esperando que o Tom tenha a mesma mente que o pai, interessando-se pelos segredos da Hyperotomachia e empenhando-se em desvendá-los. Afinal o Tom conviveu com um dos grandes estudiosos do livro e pode ter ficado com um bichinho ou ter ouvido, visto algo em criança, que mais tarde pode vir a ajudar o Paul. Não estou a dizer que o Paul se esteja a aproveitar do Tom, mas espera que ele seja um parceiro de trabalho, um pouco à semelhança do que seria a relação entre o Curry e o pai do Tom.

User avatar
Drops
Dicionário
Posts: 709
Joined: 04 Jan 2005 03:49
Location: somewhere over the rainbow
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Drops » 28 Mar 2005 23:06

Desculpem a ausência... :unsure: dias complicados impediram-me de acompanhar a leitura... mas estou de volta ;)

Ora bem... eu acho que foi o Curry que matou o Bill... simplesmente porque o Taft é demasiado óbvio, e já todos sabemos que ele "é um pulha"... talvez o Bill o tenha ameaçado com a carta... ou não tenha querido entregar-lhe o mapa que estava dentro do diário...

O Paul tem o mapa??? continuei com a ideia que esse mapa ainda não tinha aparecido, e que ele apenas tinha tirado as coordenadas do diário, e daí não conseguir situar ao certo a localização da cripta.

O Paul é uma personagem muito complexa... um introvertido, que não pensa em nada senão no livro... acho que como o pai de Tom era assim, ele resolver ir descobrir se ele também o seria. E Tom está-se a deixar levar pelo mistério que Paul "criou" para o cativar.

et voilá... não percam a crítica aos próximos capítulos, porque eu tb ñ... (vou tentar pelo menos :D )
"I'm not crazy I'm just a little unwell..."

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby Thanatos » 29 Mar 2005 10:59

Drops wrote: O Paul tem o mapa??? continuei com a ideia que esse mapa ainda não tinha aparecido, e que ele apenas tinha tirado as coordenadas do diário, e daí não conseguir situar ao certo a localização da cripta.

Tens tu essa ideia e tenho eu essa ideia. O Samwise é que avançou essa proposta do «mapa» para ver se conseguia provocar uma discussão sobre a possibilidade de ser Paul o assassino.

Eu expliquei no meu anterior post donde tinham vindo as coordenadas para a discussão sobre a localização da cripta.

Quanto à tua sugestão de ter sido o Curry a matar o Stein... qual o motivo? O que teria o Curry a ganhar com isso?
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

White_Lady
Dicionário
Posts: 666
Joined: 01 Jan 2005 15:34
Location: Lisboa
Contact:

Re: A Regra de Quatro - Capítulos 13, 14 e 15

Postby White_Lady » 29 Mar 2005 14:58

Pode-se ter arrependido da carta que trocou com o Stein em relação a aproveitarem-se da tese do Paul...


Return to “A Regra de Quatro - The Rule of Four”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron