cidade indizível

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

cidade indizível

Postby azert » 10 May 2009 13:04

é tua a cidade
o rio que do alto me mostraste
as ruas pontuadas de casas
que outrora habitaste
sigo-a por dois caminhos
um pé sozinho à frente
outro acompanhando-te atrás
os olhos esses orgãos
de ver e de mostrar
não ocultam o rasto
de passos que sincronizámos
arrítmicos agora
descompassando-me o peito
continua verdade
aquilo que não te disse


EDIT: Foram retirados os acentos impróprios. :tongue:
Image Image

User avatar
Aignes
Enciclopédia
Posts: 858
Joined: 05 Jan 2006 23:59
Contact:

Re: cidade indizível

Postby Aignes » 10 May 2009 14:52

Gostei, acho que acaba de uma forma que resulta bem: versos que parecem não está relacionados, mas que fazem todo o sentido.

May I... :blush:

'mostraste' e 'habitaste' não leva acento e 'órgão' leva.
«The force that through the green fuse drives the flower
Drives my green age; that blasts the roots of trees
Is my destroyer.
And I am dumb to tell the crooked rose
My youth is bent by the same wintry fever.»

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: cidade indizível

Postby azert » 10 May 2009 15:11

Aignes wrote:May I... :blush:

'mostraste' e 'habitaste' não leva acento e 'órgão' leva.


But of course! :smile:
Gosto sempre que me corrijam pois eu, quer acreditem, quer não, não sei tudo. :mrgreen4nw:
Image Image

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: cidade indizível

Postby Pedro Farinha » 10 May 2009 15:42

Muito bonito azert, principalmente a segunda metade:

os olhos esses orgãos
de ver e de mostrar
não ocultam o rasto
de passos que sincronizámos
arrítmicos agora
descompassando-me o peito
continua verdade
aquilo que não te disse

:notworthy:

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: cidade indizível

Postby azert » 10 May 2009 16:18

Sénk iú béri mucho. :smile:
Image Image

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: cidade indizível

Postby Ripley » 10 May 2009 19:57

Ao ler as primeiras linhas pensei que estavas a falar da nossa excursãozinha pela Imbicta ... but then I stood corrected.

Gostei de todo o texto, com especial acento (sim, a escolha da palavra foi propositada...) nas duas linhas finais.
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: cidade indizível

Postby azert » 10 May 2009 22:33

Gracias chica! :smile:
Image Image


Return to “azert”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest