Desafio: Loucura

Aberto a todos, quer para colocação de propostas, quer para participação nas mesmas. Atenção: ler regulamento antes de participar.
User avatar
virose_pt
Dicionário
Posts: 542
Joined: 01 Feb 2008 15:13
Location: Malcasa Point
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby virose_pt » 10 Nov 2008 12:33

Pedro Farinha wrote:
virose_pt wrote:1. E sim, detesto 99% dos escritores portugueses e de minha parte não levam um tostão. Acho quase todos uma valente merda.

2. O Miguel Esteves Cardoso, o João Pedro George e o Pulido Valente são os únicos em Portugal a colocar o dedo na ferida. Não vão em seguidismos e o que tiverem de dizer, dizem com toda a frontalidade. Arrasam completamente os vossos ídolos em duas penadas que até dá pena.

3. Leiam a entrevista do MEC na LER deste mês. Disse uma coisa que eu já sentia há muito tempo: os escritores portugueses são poetas frustrados que escrevem poesia em prosa.

4. Quanto ao facto de eu não colocar textos... Mas por que raio os colocaria aqui? Não tenho essas necessidades narcisísticas. Mas nada contra quem os coloca aqui.




1. Gostos não se discutem... lamentam-se.



Tradução: "Tens direito a gostar do que quiseres, mas se não gostares do que eu gosto és um idiota".

Por questões de educação, vou-me abster de comentar... isto.

User avatar
virose_pt
Dicionário
Posts: 542
Joined: 01 Feb 2008 15:13
Location: Malcasa Point
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby virose_pt » 10 Nov 2008 12:51

Pedro Farinha wrote:
virose_pt wrote:1. E sim, detesto 99% dos escritores portugueses e de minha parte não levam um tostão. Acho quase todos uma valente merda.

2. O Miguel Esteves Cardoso, o João Pedro George e o Pulido Valente são os únicos em Portugal a colocar o dedo na ferida. Não vão em seguidismos e o que tiverem de dizer, dizem com toda a frontalidade. Arrasam completamente os vossos ídolos em duas penadas que até dá pena.

3. Leiam a entrevista do MEC na LER deste mês. Disse uma coisa que eu já sentia há muito tempo: os escritores portugueses são poetas frustrados que escrevem poesia em prosa.

4. Quanto ao facto de eu não colocar textos... Mas por que raio os colocaria aqui? Não tenho essas necessidades narcisísticas. Mas nada contra quem os coloca aqui.




3. Escrever prosa poética é, na minha opinião, a melhor forma de escrever prosa (quanto aos gostos, ver a observação 1.)


Se eu quiser ler textos poéticos leio, por exemplo... sei lá... deixa cá ver... poesia. Olha, é isso mesmo, poesia.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby Samwise » 10 Nov 2008 14:16

Virose, por favor lê outra vez o teu post em que me baseie para escrever o diálogo e pensa lá bem se aquilo faz algum sentido.

Deves ter as tuas razões para não gostares de autores portugueses, mas as que apresentas são um bocado estranhas.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby azert » 10 Nov 2008 18:17

virose_pt wrote:
Pedro Farinha wrote:
virose_pt wrote:1. E sim, detesto 99% dos escritores portugueses e de minha parte não levam um tostão. Acho quase todos uma valente merda.


1. Gostos não se discutem... lamentam-se.



Tradução: "Tens direito a gostar do que quiseres, mas se não gostares do que eu gosto és um idiota".

Por questões de educação, vou-me abster de comentar... isto.



Não pretendo falar em nome do Pedro :rolleyes: , mas a forma como interpretei as palavras dele é a seguinte: lamenta-se quem descarta 99% dos escritores portugueses, por considerar-se que ao não lê-los se está a perder uma oportunidade de disfrutar de bons livros.

Não é necessário eriçarmos o pêlo! :unsure:
Image Image

chinaski
Encadernado a Couro
Posts: 417
Joined: 04 Feb 2008 15:14
Location: Lisboa
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby chinaski » 10 Nov 2008 18:26

Mas o que é que se passa aqui?!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby Samwise » 10 Nov 2008 18:36

Henry Chinaski wrote:Mas o que é que se passa aqui?!


É o Sr. Virose, que apesar de ter "pt" no nick, anda com um certo pó aos "autores portugueses". :biggrin:

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
virose_pt
Dicionário
Posts: 542
Joined: 01 Feb 2008 15:13
Location: Malcasa Point
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby virose_pt » 10 Nov 2008 18:44

azert wrote:
virose_pt wrote:
Pedro Farinha wrote:[quote="virose_pt"]1. E sim, detesto 99% dos escritores portugueses e de minha parte não levam um tostão. Acho quase todos uma valente merda.


1. Gostos não se discutem... lamentam-se.



Tradução: "Tens direito a gostar do que quiseres, mas se não gostares do que eu gosto és um idiota".

Por questões de educação, vou-me abster de comentar... isto.



lamenta-se quem descarta 99% dos escritores portugueses, por considerar-se que ao não lê-los se está a perder uma oportunidade de disfrutar de bons livros.

[/quote]

São bons para TI. Se gostas, aproveita. Nada contra.

chinaski
Encadernado a Couro
Posts: 417
Joined: 04 Feb 2008 15:14
Location: Lisboa
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby chinaski » 10 Nov 2008 19:00

Bem, volta e meia aparece alguém a dizer "Os portugueses não sabem escrever", "A literatura portuguesa não vale nada", "A literatura X é melhor que a literatura portuguesa". É nessa altura que me começa a dar a náusea e a vontade e esbofetear alguém.

Mas será que não percebem a patusquice que dizem?

Ninguém nesta terra leu sequer um décimo da literatura que este país produziu e produz, e vêm cá com quantificadores universais para cima da malta.

Desculpem-me a linguagem, mas Literatura não é nenhuma pila. Não faz sentido nenhum andar a dizer "A minha literatura é maior que a tua", "Os portugueses têm literatura pequena". É uma parvoíce. Literatura, seja de que país/língua fôr, é um vasto universo abstracto paralelo aplicado ao universo do concreto
do real e do irreal. A expressão última da nossa qualidade de inventores, de criadores e de seres culturais.

Que um tipo não tenha gostado do que leu em Português, porreiro. Não venha é para cima de mim com expressões idiotas que são completamente falsas e sintomáticas de uma fraca capacidade para o juízo crítico.

Beh!

"Quem quer ler, quer saber, Quem não quer ler, quer errar"

User avatar
virose_pt
Dicionário
Posts: 542
Joined: 01 Feb 2008 15:13
Location: Malcasa Point
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby virose_pt » 10 Nov 2008 21:21

Henry Chinaski wrote:Bem, volta e meia aparece alguém a dizer "Os portugueses não sabem escrever", "A literatura portuguesa não vale nada", "A literatura X é melhor que a literatura portuguesa". É nessa altura que me começa a dar a náusea e a vontade e esbofetear alguém.

Mas será que não percebem a patusquice que dizem?

Ninguém nesta terra leu sequer um décimo da literatura que este país produziu e produz, e vêm cá com quantificadores universais para cima da malta.

Desculpem-me a linguagem, mas Literatura não é nenhuma pila. Não faz sentido nenhum andar a dizer "A minha literatura é maior que a tua", "Os portugueses têm literatura pequena". É uma parvoíce. Literatura, seja de que país/língua fôr, é um vasto universo abstracto paralelo aplicado ao universo do concreto
do real e do irreal. A expressão última da nossa qualidade de inventores, de criadores e de seres culturais.

Que um tipo não tenha gostado do que leu em Português, porreiro. Não venha é para cima de mim com expressões idiotas que são completamente falsas e sintomáticas de uma fraca capacidade para o juízo crítico.

Beh!

"Quem quer ler, quer saber, Quem não quer ler, quer errar"


Pronto, pá, leva lá a taça.

gajomailindo
Brochura
Posts: 42
Joined: 18 Dec 2008 20:13
Location: uma cidade pimba
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby gajomailindo » 19 Dec 2008 04:50

<!--fonto:Franklin Gothic Medium--><span style="font-family:Franklin Gothic Medium"><!--/fonto--><!--sizeo:2-->[size=85]<!--/sizeo-->Minha Querida,

Espero qualquer coisa desta carta. E tu?
Escrevo-te porque sim.
Lembro com saudade o dia em que brincámos aos submarinos dentro da máquina de lavar da tua avó. A contorção incontrolável dos nossos corpos, os teus dedos no meu nariz. O violento cocktail agitado pelo tal "programa 3 para lã, angorá e perucas fetichistas". Foi tão bom, tão enriquecedor!
E de repente, é como se as ondas dessa memória me cuspissem nos olhos uma espuma macia de alfazema lilás ou coisa assim.<!--sizec-->[/color]<!--/sizec--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc--><!--fonto:Franklin Gothic Medium--><span style="font-family:Franklin Gothic Medium"><!--/fonto--><!--sizeo:2-->[size=85]<!--/sizeo--> Sinto que escorro cano abaixo rumo a um par de olhos vermelhos e secos de cansaço.
Ainda gosto de ti. Confesso tudo. Confesso que guardei todos os teus bocejos e suspiros no estômago da minha fome. Um petisco!
E é verdade que ainda procuro o som dos teus passos no crepitar dos electrodomésticos.
Mas não sei. Duvido de ti!
Já não me lembro se gostas das minhas tostas com pasta de dentes, "contra o tártaro e por uma cárie submissa" como costumavas dizer.
Não sei.
<!--sizec-->[/color]<!--/sizec--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc--><!--fonto:Franklin Gothic Medium--><span style="font-family:Franklin Gothic Medium"><!--/fonto-->
<!--fontc-->[/color]<!--/fontc--><!--fonto:Franklin Gothic Medium--><span style="font-family:Franklin Gothic Medium"><!--/fonto-->Teu,
<!--fonto:Garamond--><span style="font-family:Garamond"><!--/fonto-->Eu<!--fontc-->[/color]<!--/fontc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Sed nulla purus, ultrices at, imperdiet in, faucibus eget, lacus. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Nunc egestas ullamcorper diam. Nulla est nisi, placerat ut, accumsan non, varius eu, pede.

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby pco69 » 19 Dec 2008 09:36

gajomailindo wrote:<!--fonto:Franklin Gothic Medium--><span style="font-family:Franklin Gothic Medium"><!--/fonto--><!--sizeo:2-->[size=85]<!--/sizeo-->Minha Querida,

Espero qualquer coisa desta carta. E tu?
Escrevo-te porque sim.
Lembro com saudade o dia em que brincámos aos submarinos dentro da máquina de lavar da tua avó. A contorção incontrolável dos nossos corpos, os teus dedos no meu nariz. O violento cocktail agitado pelo tal "programa 3 para lã, angorá e perucas fetichistas". Foi tão bom, tão enriquecedor!
E de repente, é como se as ondas dessa memória me cuspissem nos olhos uma espuma macia de alfazema lilás ou coisa assim.<!--sizec-->[/color]<!--/sizec--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc--><!--fonto:Franklin Gothic Medium--><span style="font-family:Franklin Gothic Medium"><!--/fonto--><!--sizeo:2-->[size=85]<!--/sizeo--> Sinto que escorro cano abaixo rumo a um par de olhos vermelhos e secos de cansaço.
Ainda gosto de ti. Confesso tudo. Confesso que guardei todos os teus bocejos e suspiros no estômago da minha fome. Um petisco!
E é verdade que ainda procuro o som dos teus passos no crepitar dos electrodomésticos.
Mas não sei. Duvido de ti!
Já não me lembro se gostas das minhas tostas com pasta de dentes, "contra o tártaro e por uma cárie submissa" como costumavas dizer.
Não sei.
<!--sizec-->[/color]<!--/sizec--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc--><!--fonto:Franklin Gothic Medium--><span style="font-family:Franklin Gothic Medium"><!--/fonto-->
<!--fontc-->[/color]<!--/fontc--><!--fonto:Franklin Gothic Medium--><span style="font-family:Franklin Gothic Medium"><!--/fonto-->Teu,
<!--fonto:Garamond--><span style="font-family:Garamond"><!--/fonto-->Eu<!--fontc-->[/color]<!--/fontc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->


Confesso que desta...não estava à espera!!! :mrgreen4nw:

Entrei nesta thread (seguindo o 'view new posts') e estava a reler alguns dos posts anteriores antes de chegar oa mais recente...e....

Os meu parabéns (recuso-me a escrever o teu nick, antes que me chamem maricas :lol2: )
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby Pedro Farinha » 19 Dec 2008 09:42

Realmente foi um bom inicio da tua participação aqui no BBdE. Gostei especialmente do crepitar dos electrodomésticos e da cárie submissa.

Bom trabalho gajomailindo (esta é só para demonstrar ao PCO69 que ao escrever o teu nick não me caíram os adereços masculinos ao chão)

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby azert » 19 Dec 2008 11:24

Pois é, vão-se habituando, que aqui com o sr. gajomailindo é sempre assim! :mrgreen4nw:

(Tens aqui umas preciosidades, pá) :mrgreen4nw:
Image Image

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby Samwise » 19 Dec 2008 11:45

E de repente, é como se as ondas dessa memória me cuspissem nos olhos uma espuma macia de alfazema lilás ou coisa assim.


:laugh:

Escolhi esta parte como podia ter escolhido qualquer outra. Estão todas tão bem... centrifugadas (programa pós-Lã-90º).

Sr. lindezas, mas que saudades dessa tua transpiração perfumada a óleo de lubrificar baterias que escorre em blocos compactos pela ponta de aparo das tuas criações literárias; dessas tuas impressões digitais enfiadas fossas nasais acima palpando a quantos centímetros de profundidade ainda há tufos de pelos atados aos pares em nós; dos cães lavradores de que alguém se gabava nas tuas memórias artísticas...

Seja bem-venido.

MarlonBrandy
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: Desafio: Loucura

Postby azert » 19 Dec 2008 11:49

Sam, olha que tu agora não ficaste nada atrás! :ohmy:
<!--sizeo:1-->[size=50]<!--/sizeo-->
<!--sizeo:1-->[size=50]<!--/sizeo-->tua transpiração perfumada a óleo de lubrificar baterias que escorre em blocos compactos pela ponta de aparo das tuas criações literárias; dessas tuas impressões digitais enfiadas fossas nasais acima palpando a quantos centímetros de profundidade ainda há tufos de pelos atados aos pares em nós<!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->
<!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->
Image Image


Return to “Desafios BBdE”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 21 guests

cron