encontro com uma personagem

Aberto a todos, quer para colocação de propostas, quer para participação nas mesmas. Atenção: ler regulamento antes de participar.
User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Thanatos » 24 Apr 2009 12:18

White Rabbit wrote:Bolas, e eu a pensar que me ia cair tudo em cima... :crying:


E porque carga d'água havias tu de querer uma coisa dessas? :dry:

De resto discordo profundamente do Pedro no que concerne ao quase nada. É evidente que é uma sátira às actuais "polémicas" acerca do acordo ortográfico que soube duma forma quase genial aproveitar-se duma linguagem inventada para gozar com a tempestade em copo de água que anda por esses meios de comunicação ao mesmo tempo que não fugia ao tema proposto do encontro com uma personagem. Diria até que está muitos furos acima do encontro com Ms. Valmont!

Nota 10 em 10! :thumbsup:

P.S.: Emendei uma minúscula gralha (tempo por tempoi) que maculava o texto.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Samwise » 24 Apr 2009 13:02

Sofiushka wrote:Caramba, White Rabbit, muito impressionante! Isso é que é dominar o nadsat! :blink:


Indeed!
Ainda por cima li o original. Percebo pouco ou nada deste nadsat traduzido... :lol2:
Pedro Farinha wrote:Por acaso não gostei WR. Eu que gosto de quase tudo o que escreves, o ritmo que impões às palavras, ou mesmo quando não o fazes como no teu outro encontro... desta feita achei que tirando a piada da linguagem utilizada o resto é um quase nada.

Acho que tens de ter um terceiro encontro... :thumbsup:


Tal como o T., estou completamente em desacordo.

Thanatos wrote:Diria até que está muitos furos acima do encontro com Ms. Valmont!


Também gostei bastante mais deste. Está muito bem pensado e executado, mas se calhar a piada passa ao lado de quem não passou pela experiência de ler o objecto em que se baseou.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Ripley » 24 Apr 2009 14:57

White Rabbit wrote::blush: Obrigada, meninos.

Agora vou eu apresentar um desafio: alguém me quer ajudar a decidir com quem será o meu próximo encontro? :hypocrite:


És um coelho branco ... faria sentido que fosse com outro personagem do universo Alice embora pudesses dar um twist pessoal (como um Cheshire Cat hipocondríaco ou um Mad Hatter algo parecido com o Bart Crouch Sr). Ou o teu próprio primo e homónimo numa versão Emo ou gótica. Farias disso algo bem interessante, tenho a certeza :wink:
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby pco69 » 24 Apr 2009 15:48

White Rabbit wrote::blush: Obrigada, meninos.

Agora vou eu apresentar um desafio: alguém me quer ajudar a decidir com quem será o meu próximo encontro? :hypocrite:

E que tal o coelho da publicidade da Duracell? :whistling:
A minha "mente distorcida" já vê aí montes de possibilidades..."distorcidas" :whistling:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Sharky
Edição Única
Posts: 4587
Joined: 19 Jun 2008 00:04
Location: Margem Sul
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Sharky » 24 Apr 2009 15:55

White Rabbit wrote::blush: Obrigada, meninos.

Agora vou eu apresentar um desafio: alguém me quer ajudar a decidir com quem será o meu próximo encontro? :hypocrite:



Que tal o Roger Rabitt? Aproveita enquanto eu ando metido com a Jessica :dribble:

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Samwise » 29 Apr 2009 13:06

Está bom, White.

Fizeste-te passar por personagem do "Misery", levando debaixo do braço um livro do Sheldon. A imagem física e psicológica confere mais ou menos com a que tenho da Annie (com aqueles traços de fria competência profissional cruzados com uma psicose qualquer), e durante a leitura fiquei à espera de algumas atitudes mais violentas, mas foi inteligente colocares a acção antes da do livro. :smile: (bem, depois também não podia ser...)

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby azert » 29 Apr 2009 16:29

<!--sizeo:3-->[size=100]<!--/sizeo-->
<!--sizeo:3-->[size=100]<!--/sizeo-->No momento em que a obra é produzida, separa-se do seu criador, e a obra passa a valer por si, e quem a criou torna-se o casulo inútil de onde a borboleta saiu.<!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->


<!--sizeo:2-->[size=85]<!--/sizeo-->Gostei muito desta ideia<!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->. :thumbsup: <!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->
Image Image

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Samwise » 29 Apr 2009 16:51

azert wrote:<!--sizeo:3-->[size=100]<!--/sizeo-->
<!--sizeo:3-->[size=100]<!--/sizeo-->No momento em que a obra é produzida, separa-se do seu criador, e a obra passa a valer por si, e quem a criou torna-se o casulo inútil de onde a borboleta saiu.<!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->


<!--sizeo:2-->[size=85]<!--/sizeo-->Gostei muito desta ideia<!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->. :thumbsup: <!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->


Eu gostei mais da do sentido melódico e metafórico da frase do que da ideia.

(o autor não se torna num casulo inútil depois da saída do bicho. quando muito começa um novo período de gestação para que nova borboleta possa nascer. daí a idolatria aos casulos, que considero justificada.)

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby azert » 29 Apr 2009 18:10

Samwise wrote:(o autor não se torna num casulo inútil depois da saída do bicho. quando muito começa um novo período de gestação para que nova borboleta possa nascer.


Torna-se num casulo inútil em relação à obra feita, não à obra por fazer.
Image Image

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Samwise » 29 Apr 2009 18:39

azert wrote:
Samwise wrote:(o autor não se torna num casulo inútil depois da saída do bicho. quando muito começa um novo período de gestação para que nova borboleta possa nascer.


Torna-se num casulo inútil em relação à obra feita, não à obra por fazer.


Mas isso é uma evidência, qualquer que seja o campo considerado. Quando um artesão termina/publica/apresenta uma nova obra, deixa de ter utilidade face a essa obra, precisamente porque a terminou, já não há mais nada que deva fazer sobre ela. :mrgreen4nw:

Voltando à frase da White:

No momento em que a obra é produzida, separa-se do seu criador, e a obra passa a valer por si, e quem a criou torna-se o casulo inútil de onde a borboleta saiu.


Separo-a em duas: aprovo até à parte "a obra passa a valer por si", e desaprovo daí em diante - qualquer que seja a perspectiva temporal considerada, futura, presente, passada, ou outras que possa haver (:tongue:). Embora não seja apologista de a ideia de ter de se gostar do autor para gostar da sua obra, ou vice versa quanto a mecanismos de implicação lógicos, considero que um autor deve ter reconhecimento por aquilo que fez no global - em contrapartida à ideia de que apenas a obras têm mérito. No caso de ser uma primeira obra, e visto nesse caso o global ser igual a 1, se essa obra for boa o público tenderá a ficar entusiasmado com a expectativa de novas obras. Eu, pelo menos, ficaria (e fico).

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Pedro Farinha » 29 Apr 2009 19:29

Sendo óbvio que as obras valem por si elas nunca deixam de fazer parte do autor. Na minha opinião uma obra acaba por ser sempre uma projecção do autor, tal e qual como quando falamos com alguém projectamos parte de nós. Pois cada um tem sempre um reduto seu que acaba por nunca ser projectado mas que pode ser percepcionado através das suas múltiplas projecções nomeadamente se for em diferentes contextos.

Existe um livro do David Lodge, muito interessante, Pensamentos secretos, onde o personagem principal tenta captar esse reduto (esses pensamentos) que ele próprio (no caso) normalmente não chega sequer a assumir que lhe passa pela cabeça.

Agora existe para mim, ainda, uma outra coisa. Que é o que cada leitor vê em dado livro que diverge, naturalmente, de pessoa para pessoa ou mesmo na própria pessoa de momento para momento. E portanto quando falamos do valor da obra, sendo esta um livro ou outra manifestação artística, não estamos a falar do valor íntrinseco da obra mas sim de uma espécie de média dos valores considerados pelos vários leitores, ou pior ainda pelos críticos ou opinion-makers.

Pronto WR já não perturbo mais o teu "encontro" vou meter-me no meu casulo.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Samwise » 07 May 2009 15:35

Tu tens um fraquinho qualquer por psicopatas maníacos assassinos, não tens? :tongue:

Sugiro-te um dos melhores exemplos do último século: o Hannibal Lecter.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby Pedro Farinha » 07 May 2009 19:24

Se viesses à Tertúlia podias escrever Encontros com uns <!--sizeo:7-->[size=200]<!--/sizeo-->P<!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->ersonagens, assim com <!--sizeo:7-->[size=200]<!--/sizeo-->P<!--sizec-->[/color]<!--/sizec--> maiúsculo e tudo.

E também eram mais ou menos assassinos psicopatas.

Por exemplo:

A Lazy assassina chocolates minorcas

A Tzimbi assassina quem não gosta dos livros que ela gosta

O Thanatos assassina o juizo a toda a gente

A Ripley assassina fotografias

O Sam assassina discretamente, de forma samwuisada, mas igualmente mortífero

e isto digo eu sem falar dos nortenhos em que

A azert deve assassinar a torto e a direito quem lhe aparecer pela frente

O Gray assassina Léonidas

e a Annaween assassina quem gosta de filmes a cores

(eu como sou tímido só observo as mortes alheias)

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby azert » 07 May 2009 20:49

Pedro Farinha wrote:A azert deve assassinar a torto e a direito quem lhe aparecer pela frente

(eu como sou tímido só observo as mortes alheias)


A azert ladra mais do que morde! :mrgreen4nw:

Yeah, right! :rolleyes:
Image Image

User avatar
annawen
Livro Raro
Posts: 1953
Joined: 18 Jan 2006 11:34
Location: Gaia
Contact:

Re: encontro com uma personagem

Postby annawen » 07 May 2009 23:25

Pedro Farinha wrote:e a Annaween assassina quem gosta de filmes a cores


E não só! também assassino quem gosta de filmes com menos de 50 anos! :mrgreen4nw:


Return to “Desafios BBdE”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 6 guests