Estás distante há demasiado tempo!

O lugar onde são arquivados os textos mais antigos de membros ainda sem espaço próprio.
Cat Skywalker
Comic Book
Posts: 99
Joined: 23 Jul 2008 21:05
Location: Setúbal
Contact:

Estás distante há demasiado tempo!

Postby Cat Skywalker » 27 Aug 2008 22:06

Estás distante há demasiado tempo!

Há tanto tempo que, quando me tento lembrar de ti, mal consigo desenhar as linhas do teu rosto na minha mente, Só me vem à memória a tua voz… Sim, essa voz é inolvidável por mais tempo que passe. Não sei porquê… Só sei que ressoa permanentemente nos meus ouvidos, permanece comigo, sempre.

Também não esqueço o teu cheiro. Carolina Herrera 212. Há algo nesse perfume. É forte e penetrante e viril e reconfortante. Como a tua voz. Como tu.

Dantes chegava a ir ver as fotografias tuas que tenho guardadas, mas deixei-me disso. Não têm o teu cheiro, a tua voz, o teu toque. Não és tu, só uma reprodução barata de algo maravilhoso que eu possuo. Não gosto das tuas fotografias porque não quero meras reproduções, só aceito e só adoro aquilo que és na íntegra, o pacote completo, com todos os defeitos perfeitos.

Nada disto faz sentido, eu sei. E, ao fim de tanto tempo a reflectir, descobri que nunca fará sentido. Considero seriamente a hipótese de não querer que alguma vez venha a fazer sentido.

Estar contigo, conversar contigo, rir-me contigo, isso faz sentido. E, de tudo aquilo que temos, o que mais sentido faz é reconfortar-te, ouvir-te desabafar e perceber que não contaste aquilo que me estás a dizer a mais ninguém.

Querer-te é apenas algo com que aprendi a viver e a que já me habituei a gostar, de vez em quando. É algo que já consigo ligar e desligar quando é preciso, mas que não quero abandonar. Tem um toque de comodidade, algo a que não estou acostumada e que geralmente não aprecio.

As coisas estão óptimas do modo como são actualmente, quero mantê-las assim e sei que tu também.

Mas tenho saudades e sinto a falta de estar contigo, só contigo. Porque mudas, nunca perceberei porquê, mas mudas tremendamente quando estamos só nós dois e é essa parte de ti que adoro, aquela que é minha. Única e exclusivamente minha.

Vem, estás distante há demasiado tempo!
<!--coloro:#800080--><span style="color:#800080"><!--/coloro--><b><!--sizeo:3--><span style="font-size:12pt;line-height:100%"><!--/sizeo--><i><!--fonto:Book Antiqua--><span style="font-family:Book Antiqua"><!--/fonto-->"We are all in the gutter, but some of us are looking at the stars" - Oscar Wilde<br /><br />"I have promisses to keep and miles to go before I sleep." - Albert Frost<br /><!--fontc--></span><!--/fontc--></i><!--sizec--></span><!--/sizec--></b><!--colorc--></span><!--/colorc-->

Return to “Arquivo”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron