Uma segunda-feira qualquer

O lugar onde são arquivados os textos mais antigos de membros ainda sem espaço próprio.
User avatar
Sharky
Edição Única
Posts: 4587
Joined: 19 Jun 2008 00:04
Location: Margem Sul
Contact:

Uma segunda-feira qualquer

Postby Sharky » 31 Oct 2008 21:33

<!--sizeo:3-->[size=100]<!--/sizeo--><!--sizeo:2-->[size=85]<!--/sizeo--><!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Raios, perdi a cabeça quando reparei que nas escadas encontrava-se um garrafão de plástico vazio, era meu, tinha-me esquecido de o encher de água para a sr.a encarregue de lavar as escadas do prédio a usar.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Começava bem o dia e já me tinha apercebido que tinha saído de casa sem ter desligado a televisão na qual teria visto as noticías sobre o trânsito, caramba, só espero que aquela velharia não aqueça demasiado.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Ao chegar perto da portagem, olhei para a minha direita, uau que mulher, linda, e por uns breves segundos fixá-mos os olhares um num outro e que click, de repente o meu dia começava a animar, ela fez-me sinal para parar-mos na próxima zona de paragem e assim o fiz, ainda tinha tempo de sobra, saí do meu carro um pouco tímido pois nunca me tinha deparado com tal situação, cheguei perto dela e disse-me:<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- Desculpe ser intrometida e fazer-lhe gastar o seu tempo mas gostaria de lhe fazer umas perguntinhas, pode ser?<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Que raios pensei eu, que fiz eu desta vez...<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- Sim pode.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- Á quanto tempo trabalha com a sua seguradora?<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Ok, agora fiquei a pensar, para por alma de quem é que esta jovem gostosa me faz esta pergunta.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- Há cerca 3 anos, porquê a pergunta?<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- E está satisfeito com o serviço da sua seguradora?<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- Sim estou.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- É que eu reparei que a porta traseira do seu veiculo, do lado direito tem uma grande amolgadela, e vidro partido, há quanto tempo isso aconteceu, pergunto isto porque sou mediadora de seguros e pensei que poderia estar interessado numa nova mudança com preços competitivos.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Isto não pode estar a acontecer, ainda chocado a olhar para a jovem, resolvi virar-me e conferir o que ela me dito, merda, como aconteceu esta bodega, mas que merda, mas que mal fiz eu, raios ma parta, quem foi a criatura que fez isto, não me pode estar a acontecer uma coisa destas.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- Desculpe mas tenho que me ir embora, estou atrasado para o trabalho, adeus.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Fui a viagem toda a chamar nomes a uma pessoa invisível, e agora ainda tenho que ligar para a seguradora para resolver isto, farei á hora de almoço.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Cheguei doze minutos atrasado ao trabalho, o patrão aproveitou a onda e mandou a boca foleira, que se lixe, já tenho o dia estragado.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Chegou a hora de almoço, precisava de comer para aclamar os nervos, fui ao multibanco, introduzi o cartão, passou cinco segundos, dez segundos e a máquina engoliu o cartão, merda, tinha esquecido que o cartão caducava este mês e tinha o novo no envelope na cabeceira do meu quarto, que idiota, agora como vou almoçar e como vou carregar o telemóvel para ligar á seguradora???<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Isto não pode estar a acontecer, só pode ser um pesadelo, fui para o meu carro e estiquei o banco, liguei o rádio e tentei acalmar-me, a música estava calma e eu relaxei...<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Abro os olhos e vejo o relógio, merda, são 18h43, faltei a tarde ao trabalho, não liguei á seguradora, não almocei, raios, mas o que está a acontecer comigo, fraco e sem forças psicológicas resolvi fazer-me á estrada, fui a caminho para casa.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Durante o caminho fui a imaginar uma abordagem diferente, mais sexy e provocadora da mediadora de seguros que me abordou de manhã, aquela blusa ligeiramente desabotuada, aquela saia curta, aqueles lábios carnudos, o meu carro sujo, esponjas nas mãos dela, um balde de água com shampô junto ás pernas dela, o cheiro a praia naquele cabelo, e começa a lavar a janela do meu carro toda molhadinha, que sonho.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->Chego á minha rua e a realidade era outra, um pandemónio, um camião dos bombeiros, uma ambulância, e uma multidão em redor, estacionei o carro e fui ver o que se estava a passar, olhei a escada do camião de baixo a cima e...oh meu deus, oh meu deus, o meu apartamento, não, não, fui a correr mas fui interceptado por um bombeiro que me disse que não me podia aproximar da porta de casa.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- Lamento mas não pode entrar, se inalar o fumo poderá ter que ser assistido no hospital e poderá trazer consequências graves entende?<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- Mas o que aconteceu ao meu apartamento?<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro-->- Lamento dizer, mas a causa aparenta ser do seu televisor que gerou esta confusão toda, aqueceu, rebentou caíndo do suporte da parede e pousou em cima do cesto da roupa, o resto poderá imaginar, mas vamos esperar pelo relatório ok.<!--colorc--><!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc-->

<!--sizec-->[/color]<!--/sizec--><!--fonto:Century Gothic--><span style="font-family:Century Gothic"><!--/fonto--><!--coloro:#000000--><!--/coloro--><!--sizeo:2-->[size=85]<!--/sizeo-->Claro que poderei<!--sizec--><!--/sizec--> imaginar...<!--colorc-->[/color]<!--/colorc--><!--fontc-->[/color]<!--/fontc--><!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->

Return to “Arquivo”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron