Jornais e "Jornalistas"

croquete
Edição Limitada
Posts: 1038
Joined: 11 Feb 2009 16:29
Contact:

Re: Jornais e "Jornalistas"

Postby croquete » 10 May 2012 14:15

Sinceramente, não compreendo o espanto perante a incorrecção de determinadas notícias.
É um sinal dos tempos, a velocidade é mais importante que a precisão.
Além disso o sistema parece ser auto-regulável, se há coisa que vende melhor que uma notícia é o seu desmentido.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Jornais e "Jornalistas"

Postby Samwise » 10 May 2012 16:27

pco69 wrote:
Samwise wrote:(...)
Qualquer dia estamos presos numa variação do "eterno retorno", imposto pela sociedade de informação e revisto por Orwell...


Regressando ao Palestiniano...

Na Venezuela, os meios de comunicação (Jornais e sobretudo Televisões) são na sua esmagadora maioria pertença de grupos económicos completamente antagónicos ao Hugo Chavez. E tudo serve para o atacar.

À alguns anos, alguém publicou que havia campos de treina da AlQaeda na Ilha Margarita. (http://en.wikipedia.org/wiki/Isla_Margarita). Esses meios de comunicação agarraram no tema e amplificaram-no de forma a atacarem o referido Chavez "porque este dava abrigo a terroristas"! Os meios internacionais, pura e simplesmente, replicaram essas 'noticias', novamente sem qualquer verificação.

O autor foi à ilha à procura desses campos... nada, nicles, zip....

Cada vez que surge o fantasma do terrorismo ou da ameaça islâmica, la regressa(m) a(s) mesma(s) noticias, novamente sem qualquer verificação. Novamente replicadas nos Media internacionais.


Este caso é algo diferente daquilo que estamos a falar, por eventuais pressões políticias e ideológicas (algo na onda do teu segundo post, onde falas da maior isenção por parte do Correio da Manhã). Não quer dizer que eu "aprove" esta ideia, mas afinal de contas as tendências e as cores políticas sempre foram uma realidade na impressa - mesmo na dita imparcial -, com ou sem verificação das fontes pelo meio.

A questão aqui é outra (porventura menos importante): o puro desleixo perante as regras básicas do jornalismo.

croquete wrote:Sinceramente, não compreendo o espanto perante a incorrecção de determinadas notícias.
É um sinal dos tempos, a velocidade é mais importante que a precisão.
Além disso o sistema parece ser auto-regulável, se há coisa que vende melhor que uma notícia é o seu desmentido.


Eu quero acreditar que não seja essa a política editorial do Expresso. Não são "determinadas" notícias que afligem, é um meio de comunicação social que tem história em Portugal.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Jornais e "Jornalistas"

Postby Bugman » 22 Oct 2012 08:58

Como isto andava muito fraquito neste tópico decidi partilhar uma pérola da nossa eloquente imprensa desportiva:

Atentado linguístico
Record wrote:Eliseu confessou ao jornal brasileiro "Lancenet" que teve muito perto de assinar pelo Benfica. (...) Eliseu falou ainda sobre a questão de não ter sido convocado por Paulo Bento para a Seleção - recorde-se que o selecionador optou por chamar Nélson do Bétis quando Coentrão lesionou-se.


:o
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Jornais e "Jornalistas"

Postby Samwise » 15 Jan 2015 10:53

No Negócios Online... :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :bow:

Triplicaram em dois anos os esquemas piramidais conhecidos pelo BdP

A entidade supervisora já tinha alertado para estes esquemas, em que o "colapso é inevitável" e que, segundo o Diário de Notícias, dispararam desde 2012. O número de queixas dos consumidores também quase duplicou.

O número de esquemas de pirâmide financeira – também conhecidos por vendas em cadeia ou de bola de neve – que chegaram ao conhecimento do Bando de Portugal (BdP) aumentou quase três vezes nos últimos dois anos.

Os valores são adiantados esta quinta-feira, 15 de Janeiro, pelo Diário de Notícias, poucos dias depois da entidade supervisora ter emitido uma nota em que chama a atenção para as características destes esquemas em que o "colapso é inevitável", pois "os rendimentos auferidos pelos participantes mais antigos derivam exclusiva ou maioritariamente dos capitais entregues pelos novos membros e não da eventual receita gerada com as actividades comerciais publicitadas".

E é inevitável, sublinhou o BdP, porque a sustentabilidade desses esquemas só está garantida "se e enquanto a entrada de novos membros for superior ao número de participantes dentro da pirâmide". A entidade liderada por Carlos Costa dispõe de algumas ferramentas sancionatórias, podendo as punições chegar a cinco milhões de euros e pena de prisão até cinco anos. E disponibiliza "online" uma lista das instituições registadas e autorizadas.

Com o crescimento destas actividades nos anos mais recentes, não surpreende também que suba o número de reclamações. Segundo o mesmo jornal, a Deco recebeu 150 queixas em 2014, quase o dobro das 80 recebidas no ano anterior. Entre as empresas que foram visadas recentemente estão a Telexfree e a Get Easy, em que a associação de defesa do consumidor não aconselha o investimento.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Jornais e "Jornalistas"

Postby pco69 » 24 Jul 2015 11:45

Um em cada dez alunos do secundário nunca leu um livro até ao fim
(...)



http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.as ... did=193217

A notícia era apresentada como um drama nacional, com algumas implicações um pouco abusivas: que cada vez se lê menos, que os jovens estão perdidos, e por aí fora. É o típico pessimismo fácil de muitas peças de jornal.

Ora, vejam lá bem isto: 9 em cada 10 adolescentes já leu um livro. Para dizer a verdade, acho isto excessivamente optimista. Mas a quem acha que isto é muito mau sinal, pergunto: será que 9 em cada 10 adultos leu um livro nos últimos 15 anos? Talvez não. Vai na volta, os nossos jovens até andam a ler mais que os pais e avós deles…
(...)


http://www.certaspalavras.net/estamos-a ... -leitores/


(...)
Já agora, eu, leitor assumido, quero confessar-me: dou-me com pessoas que não lêem e não tenho vergonha disso. Devia ir preso?
(...)


:whistle:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...


Return to “Geral”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 9 guests

cron