P... que os pariu

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby Bugman » 01 Oct 2013 15:57

Penso que dificilmente se pode dizer que nestes casos se está a atirar dinheiro para cima das pessoas e o próprio artigo deixa a entender várias formas de como o "sistema" pode ajudar sem ter de atirar dinheiro (desde habitaçao, bens essenciais). Gostava de me alongar mas estou demasiado enojado...

Quanto aos políticos: ISALTINO ISALTINO ISALTINO (chega para explicar?).
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby Samwise » 01 Oct 2013 16:28

Não tiro razão ao que o elsefire referiu sobre a necessidade de agir sem esperar pelos políticos, mas não chega. Não chega por duas razões essenciais: uma, não é possível na sociedade actual fazer chegar essa sensibilização a toda gente - nem sequer a uma quantidade suficiente de gente para arranhar minimamente o problema -, e duas, a maior parte das pessoas que se predispõem a ajudar terceiros fazem-no dentro de um círculo limitado de quem lhes é próximo ou chegado, compreensivelmente.

Olhar para os casos relatados na reportagem, sabendo que são um punhado representativo de muitos mais que permanecem incógnitos, faz-me pensar que afinal os campos de concentração, longe de terem desaparecido, espalham-se e multiplicam-se mesmo debaixo nos nossos olhares indiferentes e complacentes. Um tipo diferente de campos de concentração, tão terríveis quanto os outros relatados em regimes como o de Hitler ou Staline, mas talvez ainda mais condenáveis de um ponto de vista moral, porque nascem dentro de supostas democracias, ao "abrigo" de escolhas políticas deliberadas.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby elsefire » 01 Oct 2013 17:09

A cidadania é feita de pequenas coisas, pequenas obras, não de grandes feitos. Não é pedido a ninguém para mudar sozinho o nosso país, mas se estiver disposto a ocupar o seu lugar como cidadão responsável disposto a votar responsavelmente, a agir responsavelmente já estará a fazer a sua parte e nada mais se lhe pode exigir. Basta simplesmente ajudar a quem estiver debaixo do seu olhar, basta simplesmente separar o lixo, basta simplesmente não deitar lixo para o chão, basta simplesmente votar com sentido de responsabilidade, de quem tem consciência que o seu voto afeta milhares de vidas, de bocas de crianças que vão para a escola, muitas vezes sem um pão na mala. Basta participar nas assembleias da junta de freguesia da sua aldeia. temos que antes de tudo ser exigentes connosco próprios antes de exigir de alguém alguma coisa. Ter uma cidadania responsável de quem exige dos candidatos um esclarecimento cabal das suas propostas, não como se viu nas últimas autárquicas em que os cartazes apenas figuravam frases para encher chouriços, como aveiro unida, ou porto unido, e nada sobre o programa de governo. Não é possível votar responsavelmente com candidatos assim. Estão-nos a fazer de tolos e muitos deixam.

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby pco69 » 01 Oct 2013 19:36

Quantos não ouvi/li a resmungar que o RSI é dar dinheiro aos arrumadores de carros e outros chulos que não querem é trabalhar....

Quantos não ouvi a reclamar isso que escrevi acima, a começar logo quando começou (se não estou enganado, com o Guterres),com o nome de Rendimento Mínimo (http://www.academia.edu/1901386/Rendime ... m_Portugal)

http://janusonline.pt/2003/2003_1_4_7.html

http://sicnoticias.sapo.pt/economia/201 ... o-de-20111

http://www.publico.pt/politica/noticia/ ... ao-1540233
(...
Fonte oficial do Ministério da Solidariedade e Segurança Social, citada pelo Correio da Manhã, afirma que o Governo pretende cortar em cerca de 70 milhões de euros o valor total destas prestações sociais. Assim, desenhou um conjunto de novas regras que permitirá baixar o custo do RSI de 440 milhões de euros (valor previsto para 2012) para 370 milhões.
(...)


O valor orçamental do RSI (de janeiro a junho) era de 218,0milhões de euros em 2012 e é de 162,4 em 2013... (disponível aqui: http://www4.seg-social.pt/documents/101 ... 902b2bff07)

Como dizia a Susaninha:
Image
Image
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby urukai » 02 Oct 2013 08:59

Eu defendo o rendimento mínimo (desde que bem controlado) o que acho é que se um casal está dois anos a receber rendimento mínimo e, findo esses dois anos, a situação está ainda pior é porque algo não está a funcionar bem.

E quando eu disse "atirar dinheiro para cima das pessoas", não me expliquei. O que queria dizer é que é mt fácil para os governantes aprovarem um DL para atribuir rendimentos minimos ou subsidios e que estão a atirar dinheiro para cima dos problemas. Actuar verdadeiramente no terrendo para mudar a vida das pessoas, isso é que devia estar a ser feito mas nenhum dos governantes quer saber.

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby pco69 » 07 Oct 2013 10:46

http://expresso.sapo.pt/ministro-confir ... ia=f834299

Parece que nem a palavra 'sobrevivência' comove os tecnocratas... :gen068:

http://www4.seg-social.pt/pensao-de-sobrevivencia

(...)
O valor da pensão de sobrevivência é calculado pela aplicação das percentagens abaixo indicadas ao valor da pensão de invalidez ou velhice que o beneficiário recebia ou daquela a que teria direito a receber à data do falecimento.

Quando houver mais do que um titular, o montante é repartido em partes iguais.

•Cônjuge/ex-cônjuge/pessoa em união de facto
◦60%, se for só um titular
◦70%, se for mais do que um
No caso de ex-cônjuge, cônjuge separado judicialmente de pessoas e bens e pessoa cujo casamento tenha sido declarado nulo ou anulado, o montante da pensão de sobrevivência não pode exceder o valor da pensão de alimentos que recebia do beneficiário à data do seu falecimento.

•Descendentes
◦20%, um descendente
◦30%, dois descendentes
◦40%, três ou mais descendentes
Estas percentagens passam para o dobro, caso não haja cônjuge ou ex-cônjuge com direito à pensão.

•Ascendentes
◦30%, um ascendente
◦50%, dois ascendentes
◦80%, três ou mais ascendentes
(...)
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby pco69 » 11 Oct 2013 09:05

Samwise wrote:Transcrevo abaixo uma reportagem do Público sobre o limiar da pobreza em Portugal.
(...)

Na sequência da reportagem referida:

http://www.publico.pt/sociedade/noticia ... iu-1608713

(...)
Francisco José Martinho dos Santos tinha 30 anos. Vivia em condições miseráveis com a mulher, de 21, e o filho, de quatro, na “ilha” de Campanhã que o PÚBLICO retratou na reportagem “SOS na zona pobre”. Francisco José, feito “homem fantasma” numa rixa que o deixou impossibilitado de trabalhar, esperava que a Câmara do Porto lhe atribuísse uma casa. Esteve perto de o conseguir, mas um engano deixou a família a viver entre as mesmas paredes podres
(...)
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby Samwise » 11 Oct 2013 12:40

Vinha cá fazer um update ao post, mas já te antecipaste.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
MAGG
Livro Raro
Posts: 2010
Joined: 11 Sep 2009 13:26
Location: Mar de Dentro ...
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby MAGG » 25 Nov 2013 17:39

"O cinema King, perto da Avenida da Roma, fecha portas amanhã após quase 24 anos de atividade porque não consegue pagar a nova renda. Os trabalhadores serão recolocados noutros cinemas do mesmo gestor, mas há casos em que não é assim (...)


A nova lei das rendas e o forte interesse de marcas de luxo internacionais pelas zonas históricas das cidades já está a ter impacto no imobiliário nacional. Em Lisboa, são vários os espaços comerciais que já estão a fechados ou a fechar, porque não conseguem pagar as rendas atualizadas ou porque foram despejados para dar lugar a escritórios, hotéis, casas ou lojas de luxo com rendas bem mais altas que as atuais."


:ph34r:

fonte: http://www.dinheirovivo.pt/Empresas/Art ... tml?page=1

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby pco69 » 26 Nov 2013 09:24

MAGG wrote:
"O cinema King, perto da Avenida da Roma, fecha portas amanhã após quase 24 anos de atividade porque não consegue pagar a nova renda. Os trabalhadores serão recolocados noutros cinemas do mesmo gestor, mas há casos em que não é assim (...)


A nova lei das rendas e o forte interesse de marcas de luxo internacionais pelas zonas históricas das cidades já está a ter impacto no imobiliário nacional. Em Lisboa, são vários os espaços comerciais que já estão a fechados ou a fechar, porque não conseguem pagar as rendas atualizadas ou porque foram despejados para dar lugar a escritórios, hotéis, casas ou lojas de luxo com rendas bem mais altas que as atuais."


:ph34r:

fonte: http://www.dinheirovivo.pt/Empresas/Art ... tml?page=1


Pois....
Não entrando em polémica com o cinema King que merece todo o respeito pela cultura que divulgou durante anos e anos, pergunto; nestes anos todos não teria sido possível a aquisição do imóvel, ou foi preferível ir pagando uma renda baixa em vez de uma amortização da aquisição?

Tal como o "King" preferiu (não sei se é assim ,mas presumo que sim) ir pagando uma renda baixa, milhares de inquilinos por esse país, assim preferiram.

Agora.... queixam-se.... :bbde:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby Bugman » 26 Nov 2013 15:20

Concordo com o que dizes e não concordo.

Por um lado é verdade que numa vertente a longo prazo, a aquisição do/dum imóvel, poderia ter sido pensada, até porque a ameaça sobre um certo tipo de cinema já paira há algum tempo. Por outro, nenhuma lei que conduza a um aumento do preço de algo na ordem dos "centos" porcento é uma lei justa e equilibrada. Muito menos o será se não contemplar um período de transição, se não tiver em conta os rendimentos de quem ajustou a sua vida/negócio às condições legais que lhe foram propostas, etc.

Dessa forma esse comentário do "agora queixam-se" é bastante descabido... (E para o perceberes, imagina uma hipoteca que tenhas amanhã chegar com mais um "algarismo significativo" à esquerda da vírgula.)
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby urukai » 27 Nov 2013 10:28

Vou meter o bedelho apenas para dizer que 300% de 1000€ é uma coisa, 300% de 60€ é outra totalmente diferente.

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby pco69 » 27 Nov 2013 22:39

Não conheço a lei, pelo que nesse aspecto não me pronuncio.

Um irmão do meu avô era construtor. Obviamente há muitos anos. Em alguns dos prédios que construiu, guardou uma série de andares que alugou para melhorar os seus rendimentos na velhice.

Veio o 25 de abril (não notem aqui nada contra o acontecimento, mas como sabemos, muito de bom derivou daí mas também algumas coisas erradas) e as rendas foram congeladas. Os rendimentos dos alugueres... passaram a ser reduzidos e cada vez mais reduzidos.

À alguns anos, o meu tio-avô ofereceu alguns desses andares aos seus irmãos e um veio para o meu avô que entretanto faleceu, pelo que o referido andar passou por herança para os meus pais. O aluguer rende, creio eu, à volta de 80€ por mês.

O IMI é pago pelos proprietários...

Retirem as conclusões que quiserem.... :whistle:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby Thanatos » 28 Nov 2013 14:35

O IMI é diretamente deduzido aos rendimentos brutos prediais... se os declararem...
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: P... que os pariu

Postby Samwise » 28 Nov 2013 15:16

Estou plenamente de acordo com o Bugman.

É imoral e irresponsável promulgar uma lei que atinge drasticamente (o tal aumento de ordem dos "centos") a capacidade económica de uma fatia larga da população num curto espaço de tempo, especialmente quando e porque os hábitos de vida dessa fatia estão adaptados a uma certa realidade (e nem sequer vou falar da crise). Para muita gente (não na ordem dos "centos", mas na ordem dos "centos de milhar"), isto significou deixar de ter dinheiro para pagar comida e medicamentos e passar a viver no limiar da pobreza. Para outros passou a significar deixar de ajudar a educação dos filhos. Para outros significa deixar de poder ter filhos. E para outros ainda significou deixar pura e simplesmente de ter hipóteses de habitar o local arrendado.

Em termos económicos generalizados, isto significa tirar dinheiro a quem tem menos e dar a quem tem mais. Por lei. Não consigo ver as coisas de outra maneira, por mais que me expliquem as "dores dos propietários".

Eu só queria saber como estaríamos hoje em termos estratos populacionais se os tais aumentos progressivos que estiveram tanto tempo congelados tivessem realmente sido aplicados.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -


Return to “Geral”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 7 guests