Acerca da pornografia

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby Samwise » 09 Jun 2014 13:39

Bugman wrote:Falando na posição de quem não tem (ainda) de se preocupar sobre o papel da pornografia nas crianças, o que é que exactamente se consegue com a proibição? E como é que se vai fiscalizar essa proibição? E se vamos proibir vamos proibir exatamente o quê?


Estas perguntas colocam-se agora tal como se colocavam anteriormente, quando não havia Internet. Mas as minhas questões são basicamente as mesmas que as tuas - gostava era de ouvir opiniões mais esclarecidas (i.e., sem ser na interrogativa :mrgreen: ) sobre o assunto.

O que é factual é que existe uma lei que incide sobre espectáculos e sobre a divulgação cinematográfica comercial de pornografia. Essa proíbição aponta para a idade de 18 anos como fronteira entre o pode e não pode (ou ao contrário).

Se bem que seria desejável que a questão fosse novamente debatida por quem de direito, parece-me que há um fundo argumentativo sustentável que orienta esta legislação. E voltamos novamente ao panorama actual: neste momento essas "proibições" (como lhes chamas) foram tornadas obsoletas pela Internet. Faz sentido repensar as leis, ou deixa-se tudo como esta?

Na vossa opinião, a lei fazia sentido quando não havia Internet? Justificava-se proibir a pornografia a menores de 18 anos? (alguém pode tentar dar uma resposta directa a isto? :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: )

Da forma como referes a pornografia parece que existe apenas uma relação linear: há meios de acesso e consumidores. E os produtores? Se há coisa que a era da tecnologia nos trouxe foi também novos e mais simples meios de produzir conteúdos que alguns vêem como pornográficos. Vamos proibir então exactamente o quê?


Neste nível de debate (que ainda nem passou do "frio"), a relação que consigo apontar é mesmo linear: havia meios de acesso que anteriormente eram limitados e que agora são completamente abertos (sem segundos sentidos..s :P ). O que não mudou nada foi a lei - consequentemente, deixou quase de fazer sentido a sua existência tal como está. Por outro lado não vejo nenhuma hipótese concreta de alterar alguma coisa a nível da produção (seja de pornografia, seja do que quer que ronde a ideia). A ter de se "proibir" alguma coisa, isso teria de ser feito na fase da distribuição.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby Samwise » 09 Jun 2014 13:43

pco69 wrote:A Origem do Mundo :P

Arte? :P
Pornografia? :rolleyes:
Depende de quem vê? ^_^
Depende de quem 'manda'? <_<
Quais os 'especialistas' que devem 'decidir'? Os da Arte? Os da Politica? Os das leis? Os das morais? :blink:

:pipoca:


http://www.dn.pt/inicio/artes/interior. ... ccao=Artes Pl%E1sticas

Uma artista luxemburguesa recriou ao vivo, no Museu d"Orsay, em Paris, o famoso quadro de Gustave Courbet, "A Origem do Mundo". Um vídeo colocado na internet fixa a história e o escândalo.

A cena ocorreu já na quinta-feira, 29 de maio, na sala 20 do Museu d"Orsay, mas só agora foi conhecida do grande público porque a artista decidiu gravar tudo em vídeo, para a posteridade.

Em frente do famoso quadro "A Origem do Mundo", de Gustave Courbet, e ao som do "Ave Maria, de Schubert, Deborah de Robertis, luxemburguesa de 30 anos, iniciou uma "performance" que não durou muito, mas cujos ecos ainda hoje perduram.

Com um vestido de lantejoulas douradas e sem roupa interior, Deborah sentou-se no chão, abriu as pernas e, utilizando as mãos, abriu o sexo à curiosidade dos visitantes.

O vídeo mostra que vários funcionários do Museu surgiram imediatamente e se interpuseram entre a artista e o público e, após alguma movimentação, conseguiram retirá-la da sala.

Ao diário francês "Le Monde", que quis saber mais sobre a "performance", a artista explicou: "A minha obra, batizada "Espelho da Origem", não reflete o sexo, mas o olho do sexo, o buraco negro. Mantive o meu sexo aberto com as duas mãos para o revelar, para mostrar o que não se vê no quadro original."


http://www.ilsecoloxix.it/p/mondo/2014/ ... gine.shtml

http://www.si24.it/2014/06/04/lorigine- ... say/54840/


Que desperdício de sagacidade e voluntarismo (em prol da "arte" :D ). Não lhe ocorreu arranjar um parceiro e fazer da representação uma cópia fiel do processo de reprodução humano. Para mostrar realmente "o que não se vê no quadro original".

Pco, queres mesmo falar em "Arte", ou era só para distrair? :devil:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby pco69 » 09 Jun 2014 15:51

Samwise wrote:(...)
Pco, queres mesmo falar em "Arte", ou era só para distrair? :devil:

Basicamente, era para distrair :P
No entanto, na opinião da senhora, o que ela fez foi arte :whistle: e na opinião dos guarda do museu e possívelmente de muitos que assistiram, era pornografia :devil:

Na minha opinião, foi mero exibicionismo :rolleyes:

Relativamente às minhas crianças e à questão do proibicionisbo... tal como eu procurei a pornografia disponível no 'meu tempo', (revista Gina, alguém se lembra?), as minhas irão procurar a pornografia disponível para elas. E não haverá proibição que funcione. Aliás, antes pelo contrário! Quanto mais proibida é uma coisa, mais vontade temos de a ver/obter.
Creio que faz parte da natureza humana.

Sou contra leis moralistas. :bbde:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby Bugman » 18 Jun 2014 13:59

Sobre o tema em discussão, serve a notícia seguinte para reforçar o quanto o conceito de pudor e de moral tem um fundo cultural muito grande, e que aquilo que é líquido para uns, não o é para outros.

Proibida posse de pornografia infantil

Quanto à lei ou falta dela, no extremo não acredito que o proibicionismo resolva qualquer coisa, quanto muito vai estimular mais o contacto. Claro que isto também se aplica a haver progenitores que têm a noção que aceitarem a sua prole de 8/9 anos num concerto da "Montana Hannah" e expô-las a um espectáculo que elas não sabem interpretar.

Quando refiro insistentemente que é preciso falar sobre as definições é porque essa é a base para se poder actualizar a lei. Concordo que há uma grande possibilidade de a lei estar desatualizada, porque é o que sucede noutros meios (p.e., um método oficial de análise de poluentes envolvia, até meados da primeira década do século XXI a utilização de maiores quantidades de CS2 do que os poluentes que permitia descobrir).

Isto no entanto de simples e linear não tem nada. Para começar, vamos legislar exatamente o quê? A produção, a distribuição ou o consumo de materiais considerados pornográficos? Como te tens focado muito na distribuição, que aparentemente antes de meados da década de 90 era muito mais restrita e regulável, abordemos esse aspecto primeiro. Neste ponto, a primeira pergunta, e aquela que limitará tudo o que decidires daqui para a frente, é se queremos uma sociedade de controlo apertado sobre a internet, uma espécie de Grande Firewall. Obviamente que neste ponto começas com pornografia, algo que até é capaz de ter um consenso alargado, e quando dás por ti isso vai aos conteúdos de notícias e outros. Pessoalmente, não desejo mais bloqueios do que aqueles que já tenho. Se pudesse mesmo através de leis abolir vários, eu fá-lo-ia. Ou seja, neste aspecto, a limitação de acesso não me parece ser função do estado.

Quanto ao consumo, tem sido a abordagem mais comum recentemente no caso da prostituição. Apesar de ter as minhas reservas sobre a justiça da medida, considero-a mais equilibrada do que criminalizar a prostituição, por colocar o ónus sobre quem detém "o poder" (e aqui, mais discussão sobre o que se quer dizer). Será o mesmo caso da pornografia? Não creio, mas vamos assumir por um instante que proíbes o consumo. A primeira questão deve ser logo como te propões a aplicar a lei. A segunda, qual o quadro penal para essa infracção.

Finalmente a produção. Não há produção sem consumo é certo, mas eu não posso comer cenouras se ninguém as vender, a menos que as plante eu. Aqui neste ponto acho que ninguém que me tenha seguido ao longo dos anos de presença no fórum, ache que sou um conservador dos costumes. Pessoalmente tenho algo contra interferência em actividades consensuais entre adultos, na plena posse das suas faculdades (outra vez as definições!). Ou seja, acredito muito mais no poder da educação, em casa e/ou na escola (ui onde me estou a meter) como forma de desenvolver uma personalidade saudável, do que em proibicionismos.

Resumindo, não sou a favor que legalmente proíbir crianças (no sentido de menores de 18) de assitir a pornografia seja o caminho a seguir. Sou a favor no entanto que os conteúdos tenham de facto uma classificação que ajude os pais de facto a decidir. Por exemplo, o espectáculo da Miley Cyrus (a supra referida Montana Hannah) só será para maiores de 6 no sentido que maiores de 16 são maiores de 6, mas apesar de condenar os pais que levam as criancinhas de 8 e 7 ao referido espectáculo, defendo a liberdade de o poderem fazer.
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby Thanatos » 18 Jun 2014 14:26

Bugman a tua última frase lembrou-me Wilde: “I may not agree with you, but I will defend to the death your right to make an ass of yourself.

Já sobre o papel educativo dos pais lá atrás referi-o e fui trucidado. Viva a Era da Desresponsabilização. Os ostros que os eduquem que eu só os gerei.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby Bugman » 18 Jun 2014 14:56

Thanatos wrote:Bugman a tua última frase lembrou-me Wilde: “I may not agree with you, but I will defend to the death your right to make an ass of yourself.

Já sobre o papel educativo dos pais lá atrás referi-o e fui trucidado. Viva a Era da Desresponsabilização. Os ostros que os eduquem que eu só os gerei.


Começando pelo fim, não fiz parte do pelotão de trucidamento. :P

Quanto à primeira é um princípio básico civilizacional. Eu percebo que um país que elege um Presidente como o nosso tem problemas com o chamado contraditório, mas isso não quer dizer que não tenha direito à sua opinião... Assim estivesse disponível a ouvir o contrário. ;)
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby Samwise » 18 Jun 2014 23:22

Thanatos wrote:Bugman a tua última frase lembrou-me Wilde: “I may not agree with you, but I will defend to the death your right to make an ass of yourself.

Já sobre o papel educativo dos pais lá atrás referi-o e fui trucidado.


Acho que temos interpretações diferentes sobre o significado do termo "trucidar". :mrgreen:

Mas a respeito do papel educativo dos pais, seja em que contexto for, penso que estamos em grande sintonia.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby pco69 » 02 Jul 2014 11:24

Ver pornografia faz mal ao cérebro
por Sara Sales, com edição de Lina SantosOntem42 comentários

Um estudo de investigadores alemães do Instituto Max Planck concluiu que ver pornografia pode ser prejudicial para a saúde.
"Encontramos um importante vínculo negativo entre o ato de ver pornografia durante várias horas por semana e o volume de matéria cinzenta no corpo direito do cérebro", afirmam os cientistas do Instituto Max Planck, em Berlim.

A pesquisa, levada a cabo em maio, contava com 64 homens saudáveis, com idades entre os 21 e os 45 anos, que dedicavam em média 4 horas por semana a ver vídeos pornográficos. Os voluntários foram também submetidos a vários exames, como ressonância magnética, a fim de observar como o seu cérebro reagia às imagens pornográficas.

O resultado demonstrou que quanto mais tempo dedicavam a ver pornografia, mais o volume do cérebro e a sua atividade reduzia. Segundo os autores do estudo, não é possível provar que estes fenómenos sejam causados directamente pelo consumo de pornografia, afirmando ser necessário continuar a pesquisa. Ainda assim, os investigadores dizem haver sem dúvida uma ligação entre os dois factores.



http://www.dn.pt/inicio/ciencia/interio ... ao=Sa%FAde

:whistle:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby Samwise » 03 Jul 2014 22:28

pco69 wrote:
Ver pornografia faz mal ao cérebro

O resultado demonstrou que quanto mais tempo dedicavam a ver pornografia, mais o volume do cérebro e a sua atividade reduzia




Se calhar também faz mal dormir a sesta... :mrgreen:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby pco69 » 16 Jul 2014 13:30

Dura Lex, Sed Lex :P


Artista japonesa presa por divulgar imagens da vagina


http://www.dn.pt/inicio/artes/interior. ... 46&page=-1



Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby Bugman » 16 Jul 2014 15:07

Mais acerca da definição de obsceno, mas sim, percebo porque veio aqui parar.
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Acerca da pornografia

Postby pco69 » 15 Jun 2015 21:58

Não me apetece abrir um tópico e numa pesquisa rápida não dei com listas de best off de qq coisa :rolleyes:

http://www.bookgasm.com/features/8-sexy ... ust-reads/
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...


Return to “Geral”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 8 guests