Torre

User avatar
zé.chove
Encadernado a Couro
Posts: 410
Joined: 29 Oct 2007 16:39
Location: Lisboa
Contact:

Torre

Postby zé.chove » 15 Feb 2010 12:34

Viver no prédio das mil fachadas
Milhares de janelas
Os rostos prisioneiros no inverno
Carne encarcerada no ascensor
Da botoneira negra e sangue escarrado no espelho
O sórdido betão inumano
As primaveras floridas de sardinheiras
No parapeito e os lençóis lavados
Pandos de tanto branco
Longos dias e mais longas noites no verão
Assados no carvão na escada de incêndio
O sol arrastado lento pelo saguão
Mil fachadas de oiro mil sombras nas varandas
No Outono procuro um rosto
Esquecido nas paredes dum apartamento
Mas entre as esquinas de mil paredes
Só passa o vento, só passa o vento.

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: Torre

Postby urukai » 15 Feb 2010 12:41

Este gostei muito mais! Destaco:

Esquinas de mil paredes

O facto de ter aprendido uma palavra nova: pando

Piscaste um olho à rima e isso é de louvar.

User avatar
zé.chove
Encadernado a Couro
Posts: 410
Joined: 29 Oct 2007 16:39
Location: Lisboa
Contact:

Re: Torre

Postby zé.chove » 16 Feb 2010 19:35

Rimas :tu:


Return to “Zé Chove”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 7 guests

cron