Manhãs

User avatar
zé.chove
Encadernado a Couro
Posts: 410
Joined: 29 Oct 2007 16:39
Location: Lisboa
Contact:

Manhãs

Postby zé.chove » 15 Mar 2010 16:24

Têmporas das brisas de loiro damasco
Olhos cerzidos de pijama dá-me asco
Amansa o murmurar de teu manto de garança
E verte as ânforas de etéreas lembranças
Oh manhãs rubiáceas dos ecos
De argentinos risos secos
Dos arrepios de descalço pé-travertino
Indolência infantil menino

Possibilidade possível infinito aspergido
Na relva viçosa do jardim querido
Num suspiro tanto brilho
O vapor do duche transido
Nas corolas vergadas do tomilho

Return to “Zé Chove”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron