Violação

User avatar
zé.chove
Encadernado a Couro
Posts: 410
Joined: 29 Oct 2007 16:39
Location: Lisboa
Contact:

Violação

Postby zé.chove » 29 Oct 2009 01:26

Branco-halogénio
restos. a laranja violentada
sobre o mármore da cozinha.
o sumo reprimido com pudor
se aflora aos citrinos lábios.
A pele é derramado leite
apodrecendo sobre a bancada fria
o corpo inerte como farinha
não leveda
esfriam-se as cores nos azulejos
sem reflexo

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Violação

Postby Gaminha » 29 Oct 2009 10:50

Surpreendeste-me. Tenho de ser sincera que maioritariamente não gosto muito da tua poesia, nem sempre me soa bem. Mas este gosto e muito. Soubeste "brincar" com as cores.
Parabéns.

PS.: Isto é uma opinião de quem pouco percebe de poesia, provavelmente todos te dirão que este é muito simplista e blá, blá, blá e os outros é que são bons. :gen068:

User avatar
zé.chove
Encadernado a Couro
Posts: 410
Joined: 29 Oct 2007 16:39
Location: Lisboa
Contact:

Re: Violação

Postby zé.chove » 29 Oct 2009 11:52

Isto aqui é tipo bazar tenho poesias para vários gostos e paladares. Fico contente que tenhas gostado das "cores".
Obrigado!

croquete
Edição Limitada
Posts: 1038
Joined: 11 Feb 2009 16:29
Contact:

Re: Violação

Postby croquete » 29 Oct 2009 13:41

Gaminha wrote:Surpreendeste-me. Tenho de ser sincera que maioritariamente não gosto muito da tua poesia, nem sempre me soa bem. Mas este gosto e muito. Soubeste "brincar" com as cores.
Parabéns.

PS.: Isto é uma opinião de quem pouco percebe de poesia, provavelmente todos te dirão que este é muito simplista e blá, blá, blá e os outros é que são bons. :gen068:



Por acaso não é o tipo de comentários que eu costumo ver por aqui. Mesmo de quem não gosta.

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Violação

Postby Gaminha » 29 Oct 2009 13:44

croquete wrote:Por acaso não é o tipo de comentários que eu costumo ver por aqui. Mesmo de quem não gosta.


a intenção não era essa, não estava a desvalorizar o poema. E olha que o pessoal aqui sabe ser muito directo, na minha opinião. Se não gostam dizem! Neste caso era mais um, "não é de admirar se vierem contrariar". :rolleyes:

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Violação

Postby Samwise » 29 Oct 2009 14:05

O que gostei neste poema é a associação forçada e incomodativa que fazemos, por conta de um título bem explícito, entre os substantivos utilizados e o corpo inerte de alguém.

A imagem é incomodativa por uma outra razão: fala em cozinha e em coisas que nela encontramos frequentemente. É um espaço familiar que está ligado a duas coisas: ao nosso dia a dia, e à nossa alimentação.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: Violação

Postby azert » 29 Oct 2009 18:20

Como diz o Sam, o título confere ao texto uma leitura violenta.

Interessante o relato de algo a partir dos seus vestígios no cenário.
Image Image

User avatar
zé.chove
Encadernado a Couro
Posts: 410
Joined: 29 Oct 2007 16:39
Location: Lisboa
Contact:

Re: Violação

Postby zé.chove » 29 Oct 2009 18:47

:thumbsup: É isso!

Obrigado


Return to “Zé Chove”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron