Saudades

User avatar
Aignes
Enciclopédia
Posts: 858
Joined: 05 Jan 2006 23:59
Contact:

Saudades

Postby Aignes » 01 Dec 2008 00:30

Tenho saudades de ser velha e ter rugas de conhecimento traçadas na pele, de sentir o corpo cansado por tudo quanto já fiz, e o alívio enorme no peito de já não ter de me preocupar em fazê-lo. Tenho saudades de ter as expectativas igualadas, ou desfeitas, ou até quem diz superadas, mas finalmente completas, e de poder olhar para trás e exclamar, emocionada: ‘tanta coisa!’. Tenho saudades de muita gente a olhar por mim e de crianças pequenas iguais aos pais que eu conheci em pequenos, que me chamam coisas que eu chamava aos outros, palavras doces que transpiram amor e cheiram a papa de bebé. Tenho saudades daquilo que me lembro dos outros que estão velhos como eu: das afirmações do alto dos vinte anos, essas que foram ditas precisamente para serem contrariadas, dos jeitos, das manias parvas, da arrogância e da prepotência. Tenho saudades de imaginar os miseráveis seres humanos que iriam tornar-se daí a uns anos, tenho saudades porque agora já os vejo, e afinal são tristes. Tenho saudades da calma de quem não anseia, não se importa, fecha já os olhos, devagar. De não esperar nada, já não mais, e do peso da sabedoria e da solidão aos meus ombros em doses iguais. Tenho saudades dos sorrisos melancólicos de sol de Novembro que contêm toda uma vida e que solto apenas quando os meus olhos escorridos registam mais um milagre pequenino, com que me contento. Recordo com saudade e aquece-me o peito a certeza desmedida de que está tudo bem, agora. Está tudo bem.
«The force that through the green fuse drives the flower
Drives my green age; that blasts the roots of trees
Is my destroyer.
And I am dumb to tell the crooked rose
My youth is bent by the same wintry fever.»

User avatar
azert
Edição Única
Posts: 2705
Joined: 14 Sep 2007 12:30
Location: Braga
Contact:

Re: Saudades

Postby azert » 01 Dec 2008 19:51

Muito carinhoso o tom deste texto. Mas talvez a idade não tire expectativas, talvez elas passem apenas a ser mais simples.
Image Image

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Saudades

Postby Pedro Farinha » 02 Dec 2008 10:28

Eu diria antes mais realistas.

Quanto ao texto gostei bastante, tem ritmo e crescendo e acaba muito bem:

Recordo com saudade e aquece-me o peito a certeza desmedida de que está tudo bem, agora. Está tudo bem.


O agora, dá a pausa para respirar e para dar força à frase seguinte.

Queremos mais Aignes :thumbsup:


Return to “Aignes”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron