Space Oddity

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Space Oddity

Postby Ripley » 23 Sep 2009 16:44

Inicia-se a contagem decrescente.
Segundos depois, a aceleração brutal cola-me ao assento. Quantos G? Não sei ao certo.

Parto sem saber muito bem como será o regresso. A nave é velha, reparada à última da hora para esta missão com painéis isoladores colocados de forma apressada. Quase apostaria que os fixaram com agrafos e fita-cola em vez dos rebites de liga de titânio necessários - isso levaria muito mais horas do que as usadas.


O tempo passa silencioso. Trauteio entredentes uma canção cujo nome não recordo.


Larguei o satélite na órbita prevista e vou agora entregar os abastecimentos urgentes à Estação Espacial.
Um alarme na consola. Já o esperava. Desligo o audio e fica uma luz laranja piscando como que frustrada.


Contentores entregues na doca. O que raio estaria ali de tão importante?

São agora duas as luzes que piscam alternadamente, dando à cabine um aspecto lúgubre de discoteca de província em noite de futebolada na TV.


Mais algumas horas. Aproxima-se a reentrada e as luzes passam a vermelho.


Tenho pena de não ter conseguido falar contigo antes de partir. Não deixei mensagem no voicemail, sei que nunca as ouves. Volto a trautear a mesma canção e desta vez reconheço-a: David Bowie. Adequado, não te parece?


Do intercom saem vozes histéricas. Desligo-o, não me apetece ouvi-los. Sei melhor do que eles o que se passa. Pela pequena vigia de plexiglass na comporta vislumbrei um pedaço de painel afastando-se lentamente a gravidade zero. Bem me parecia que os agrafos não aguentariam ...



Se olhares para o céu verás a minha despedida, vazia de beijos mas plena de luz.

Esta noite serei uma estrela.
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Space Oddity

Postby Gaminha » 23 Sep 2009 16:59

Ripley wrote:Se olhares para o céu verás a minha despedida, vazia de beijos mas plena de luz.

Esta noite serei uma estrela.


Muito bonito. :smile:

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Space Oddity

Postby pco69 » 23 Sep 2009 17:03

Não achei bonito*
Achei aterrador e fez-me lembrar o vaivem que explodiu na reentrada da atmosfera (que era o que se pretendia?)



* o tema e não o texto que está excelente
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...


Return to “Lt. Ripley”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron