O Halloween é só o inicio... do terror!

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby grayfox » 08 Nov 2011 11:37

Migrei as 4 imagens do Vampyr para o imageshack, conseguem todos ver?
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby Samwise » 08 Nov 2011 11:59

grayfox wrote:Migrei as 4 imagens do Vampyr para o imageshack, conseguem todos ver?


Eu vejo todas.

Se estão no imageshack, não deve haver mais problemas. ;)
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
MAGG
Livro Raro
Posts: 2010
Joined: 11 Sep 2009 13:26
Location: Mar de Dentro ...
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby MAGG » 11 Nov 2011 04:51

Agora sim :tu: ... está tudo à mostra.

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby grayfox » 12 Nov 2011 21:25

Dead of Night [1945]
Alberto Cavalcanti
Charles Crichton
Basil Dearden
Robert Hamer

Image


Um arquitecto, ao chegar a uma pequena casa de turismo rural, e assim que se depara com os outros residentes na sala de estar demonstra grande inquietação. Instado pelos demais presentes a explicar o que lhe aflige, o homem explica que a pouco e pouco se está a lembrar de um sonho em que os encontra a todos naquela mesma sala. Tentando acalmar o recém-chegado os residentes começam a contar também historias bizarras com que se depararam ao longo das suas vidas.

Image

Dead of Night é uma pequena colectânea de histórias de horror contando com a participação de vários realizadores, sendo que cada um realizou apenas um ou dois segmentos. As histórias são todas intrigantes mas nem sempre assustadoras. Para quem já viu Twilight Zone, o tipo de histórias aqui apresentadas não será totalmente novo, aliás não fiquei surpreendido ao saber que alguns dos episódios da série foram inspirados neste filme. Para além de ser um bom filme e ter algumas histórias intrigantes ou mesmo assustadoras o filme tem o mérito de ter iniciado alguns sub-géneros dentro do horror que foram repetidos vezes sem conta.

Image

A primeira história conta de como após sofrer um acidente, um piloto tem um sonho estranho envolvendo uma carruagem mortuária. Não dando muita importância ao caso, após sair do hospital algo muito semelhante lhe faz lembrar esse sonho, algo que o faz mudar de ideias e tomar uma decisão que lhe irá mudar o resto da sua vida. Esta primeira historia é a mais curta e simples, não apresenta nenhum horror apenas uma premissa muito intrigante. É uma história de facto demasiado curta e simples, que serve apenas de introdução ao que se seguirá.

Numa festa de natal as crianças jogam às escondidas. Vagueando por uma mansão que desconhece, uma rapariga acaba por descobrir um pequeno quarto onde um rapaz chora. Conversando com a criança descobre que talvez ela esteja sujeita a abusos físicos, ou talvez seja tudo fruto da imaginação do petiz. Regressando à presença do resto das crianças, a rapariga descobre que afinal o rapazinho que chorava poderá não ser quem ela pensava. Outra história que termina de uma forma intrigante mas que não mostra nada particularmente assustador. O ambiente soturno quando a rapariga vagueia pela mansão está bem conseguido, mas as origens da criança que chora são relativamente previsíveis pelo que o suposto twist final acaba por não funcionar tão bem.

Image

Um homem recebe da noiva um presente de aniversário que adora, um espelho para colocar no seu quarto. No entanto o presente perde o seu encanto quando começa a reflectir coisas que não devia. Esta é a primeira história de longa duração e, para mim, uma das melhores. Espelhos transmitem sempre algo de incompreensível e de único numa divisão, confesso que nunca gostei muito de estar sozinho em divisões com espelhos, especialmente em sítios com uma decoração antiquada e exagerada, por isso acabei por gostar mais deste conto também porque explora um temor que compreendo. Este conto explora dois pontos de receio que podem ser comuns a muita gente: o desconhecido que representa um espelho e o acontecimento de algo repetido mas apenas uma pessoa, levando a que toda a gente, incluindo a própria, duvidem da sua sanidade mental. Uma história bem conseguida, consegue transmitir algum temor ao espectador uma vez que nem sempre que o espelho é mostrado, algo de anormal acontece, pelo que somos colocados na mesma situação da personagem principal. O que é mostrado no espelho não vou revelar apenas digo que não foi necessário mostrar nada de horroroso, para criar uma situação de puro terror para a personagem.

Dois amigos e amantes do golfe conhecem uma rapariga pela qual se apaixonam. estando em pé de igualdade e com a revelação de que a rapariga se sente também incapaz de escolher um deles, decidem resolver o caso com uma partida de golfe. Algumas críticas que li apontam esta como a história mais bem conseguida do filme. Pessoalmente não podia discordar mais. Não só a situação me parece absurda (a rapariga fica contente por decidirem com quem ficar com um jogo de golfe), como o seu desenvolvimento é pouco intrigante parecendo por vezes uma história de comédia. Ao contrário de todas as outras histórias, aqui tudo é mostrado, não há um sentimento de temor ou de curiosidade pelo desconhecido e portanto não é dada ao espectador a possibilidade de se sentir intrigado sobre os desenvolvimentos. A história tem elementos sobrenaturais mas são mostrados tão abertamente e banalizados que o espectador acaba por se habituar a eles e não sentir nenhum respeito pelas forças do oculto.

Image

A última história é talvez a mais famosa e uma que já foi de certa forma copiada vezes sem conta. Um jovem ventriloquista tem um número tão bom, que parece que o boneco tem vida própria... A história de um boneco de ventríloquo que é mais do que um boneco inanimado, já foi utilizada muitas vezes, penso que em algumas delas de forma bastante mais eficaz. Obviamente na altura esta história terá sido bem assustadora, mas confesso que com o potencial que a típica cena do boneco tem, esperava um pouco mais. De qualquer forma está muito bem conseguida, dá para sentir o tormento pelo qual o ventriloquista passa e pode sentir-se a tensão de procurar um movimento espontâneo do boneco. Um pormenor muito bem conseguido é que nos é dada sempre a hipótese de acreditar ou não que o boneco tem vida, apesar de parecer bem evidente que sim, a verdade é que nunca o vemos em movimento sem ser nas mãos do ventriloquista. Gostei bastante da história, não foi tão assustadora como pensava mas ainda assim está muito bem conseguida, fico indeciso entre esta a a do espelho como a melhor das que entram no filme.

Isto sem contar com a história global do filme, também essa muito bem conseguida, em que acompanhamos como o desenrolar dos acontecimentos parece seguir aquilo que o homem havia sonhado, até se chegar ao final surpreendente.

Image

Não sei se este filme foi lançado em Portugal, é possível comprar na Amazon inglesa o DVD da The Ealing Studios Collection que não tem legendas. Eu vi essa versão, a qualidade de imagem é q.b. tendo em conta a idade do filme. O som também não é nada de especial e no que toca a extras também não há nada a registar. Parece unânime que o DVD americano da Anchor bay está bastante melhor conseguido no que toca a qualidade de imagem e som, pelo que para quem puder ver essa versão, recomendo.

Em suma, um bom filme, uma colectânea de histórias intrigante, umas de terror outras nem tanto. Este filme é considerado um clássico de terror do Reino unido tendo sido imitado muitas e muitas vezes, sem dúvida que não dou o meu tempo por perdido.
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
annawen
Livro Raro
Posts: 1953
Joined: 18 Jan 2006 11:34
Location: Gaia
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby annawen » 12 Nov 2011 23:00

Eu tenho este filme em VHS. Já não me lembro do título em português. A melhor história é sem dúvida a realizada pelo Alberto Cavalcanti (a do ventríloquo), que conta com uma extraordinária performance do Michael Redgrave. Principalmente na cena final, que é mesmo assustadora. Um excelente filme também baseado na mesma premissa é "Magic" com o Anthony Hopkins.

O "Dead of Night" foi exibido na RTP 2, num ciclo dedicado ao Alberto Cavalcanti.
Last edited by annawen on 13 Nov 2011 01:34, edited 1 time in total.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby Samwise » 13 Nov 2011 01:13

Não vi, mas já tinha ouvido falar, precisamente por causa da história do ventríloquo. :P

Desde que começaste este ciclo vi quatro filmes "fantásticos"(a apontar para o terror) que não conhecia, com resultados variáveis a nível de satisfação:

Cronos, de Guillermo del Toro, o primeiro filme deste realizador, que mais tarde viria a filmar coisas como os dois Hellboy, o Labirinto do Fauno e o segundo capítulo de "saga" Blade (o único que se aproveita dos três da séria). Gostei - é a história de um mecanismo elaborado na idade média por um alquimista que procurava a eternidade e que através de um processo de "partilha de sangue", semelhante ao da mitologia dos vampiros, concede ao seu utilizador uma "energia adicional". É passado nos nossos dias e a intriga divide-se entre o antiquário que descobre o artefacto e o milionário sem escrúpulos que passou toda uma vida a tentar encontrá-lo. Pelo meio entrecruzam-se as vidas quotidianas e as sensibilidades familiares. Bom filme. 8/10

Ju-on - The Curse, Takashi Shimizu - Uma história algo bizarra e bastante incompreensível (muito por culpa da montagem cronológica do filme e da forma como mistura uma certa personagem) sobre a "maldição em cadeia" que um crime de homicídio origina. Não gostei muito, embora tenha um ou outro momento em que o suspense e transmissão do terror são eficazes. 5/10

Ringu, de Hideo Nakata - filme que partilha alguma semelhanças com o anterior (e que o precede no tempo) - fala de uma maldição que se propaga em cadeia, e segue as movimentações dos personagens para tentarem chegar à sua origem, de modo a tentarem salvar-se e a terminarem com ela. Já é célebre por esta altura a ideia base da narrativa: uma pessoa vê um filme que lhe foi passado em VHS, logo após recebe um telefonema esquisito, e passado uma semana morre em circunstancia misteriosas. Gostei da ambiguidade em torno do tema, ao início, e da "estocada final", mas o desenvolvimento narrativo é bastante frouxo... 6/10

Don't Look Now, Nicholas Roeg - Excelente montagem e estruturação cénica, cheia de referência circulares e falsas redundâncias visuais, numa narrativa de contornos arrepiantes, a fazer lembrar um pouco os mecanismos de mistério utilizados por Hitchcock mas com uma vertente mais macabra e surreal, quase a apontar aquilo que David Lynch viria a fazer mais tarde. Já não me agradou tanto a forma como são explorados os afectos e as motivações do casal Sutherland+Christie . Em várias alturas tudo me pareceu muito forçado e irrealista - apesar do filme ser famoso exatamente pelo contrário (e pela cena de sexo, também :D ) -, não só por parte deste par principal, mas pela forma propositadamente ambígua como são mostrados as demais personagens. 8/10
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby grayfox » 13 Nov 2011 09:45

Sam, desses quatro filmes, três já vi e o que falta vai entrar nesta iniciativa. :)
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby Thanatos » 13 Nov 2011 11:10

Sam, naturalmente que já vi esses quatro filmes (ainda tenho os DVDs algures, até) mas se bem me lembro não eras tu que afiançavas que o Cronos era filme de vampiros? Então agora fica-se pela mitologia? :P

Quanto ao filme do Roeg só o adquiri porque o homem tinha realizado um belo filme de Ficção Científica muito underrated e pensei... olha calhando também sabe filmar Horror. Mas já percebi que não. É para mim um filmito muito fraquinho mesmo. Pouco ou nada se salva, nem mesmo a cinematografia que era o ponto forte de Roeg. Também pode suceder que seja da minha cópia em DVD mas a verdade é que as cores e o som são do piorio, tipicamente anos 70. É preciso muita paciência para lentes embaciadas... :rolleyes:

Pergunto-me se neste Ciclo vai haver menção de Coscarelli, Fulci, Argento e Bava? E embora não pareça um deles não é italiano. :D
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby grayfox » 13 Nov 2011 11:27

Thanatos wrote:Pergunto-me se neste Ciclo vai haver menção de Coscarelli, Fulci, Argento e Bava? E embora não pareça um deles não é italiano. :D


da minha parte, no que toca aos 10 filmes inicialmente planeados, não!
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby Thanatos » 13 Nov 2011 11:31

grayfox wrote:
Thanatos wrote:Pergunto-me se neste Ciclo vai haver menção de Coscarelli, Fulci, Argento e Bava? E embora não pareça um deles não é italiano. :D


da minha parte, no que toca aos 10 filmes inicialmente planeados, não!



Ninguém gosta de giallo. :(
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby Samwise » 13 Nov 2011 12:32

grayfox wrote:Sam, desses quatro filmes, três já vi e o que falta vai entrar nesta iniciativa. :)


Pelo teu historial passado, até aposto que sei qual é. :P But let's wait and see...

Thanatos wrote:Sam, naturalmente que já vi esses quatro filmes (ainda tenho os DVDs algures, até) mas se bem me lembro não eras tu que afiançavas que o Cronos era filme de vampiros? Então agora fica-se pela mitologia? :P


Da perspectiva de quem não viu o filme e sobre ele pesquisou com brevidade a net, é normal que essa ideia prevaleça - só na wiki tens duas referências taxativas a essa categorização, uma na página do próprio filme e outra na lista de "filmes de vampiros".

Mas concordo contigo - o tema é tocado tangencialmente, apenas e só.

Quanto ao filme do Roeg só o adquiri porque o homem tinha realizado um belo filme de Ficção Científica muito underrated e pensei... olha calhando também sabe filmar Horror. Mas já percebi que não. É para mim um filmito muito fraquinho mesmo. Pouco ou nada se salva, nem mesmo a cinematografia que era o ponto forte de Roeg. Também pode suceder que seja da minha cópia em DVD mas a verdade é que as cores e o som são do piorio, tipicamente anos 70. É preciso muita paciência para lentes embaciadas... :rolleyes:


Eu vi esse outro filme por tua indicação e valeu bem a pena. Em relação ao Don't Look Now, tem de facto um look ( :mrgreen: ) à seventies bastante vincado.

Thanatos wrote:Ninguém gosta de giallo. :(


Dos poucos que vi, foram mais galos do que giallos... :P A minha atitude em relação a este sub-género é um pouco como em relação aos western spaggheti: há um grupinho que vale a pena ver e o resto é para esquecer. Vale mais olhar para outros lados, inclusivamente para o aos-meus-olhos-tão-detestável torture-porn. :P

O último que calhou ver foi o Opera, do Argento, na Cinemateca. Meu rico Brian De Palma... :rolleyes:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby grayfox » 13 Nov 2011 12:46

Samwise wrote:
Pelo teu historial passado, até aposto que sei qual é. :P But let's wait and see...


por acaso acho que sei qual pensas que é, e se eu estiver certo, tu estas errado :P
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby grayfox » 14 Nov 2011 00:56

por motivos de falha técnica do equipamento lá de casa perdi momentaneamente a possibilidade de ver a maioria dos filmes que tinha planeado. assim sendo vou inverter um pouco a ordem para ver em seguida os filmes que posso ver, mas mesmo assim as coisas deverão atrasar consideravelmente.

ps: definitivamente vou comprar equipamento para protecção de picos de corrente.
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby Samwise » 14 Nov 2011 19:03

Eu também tenho de tratar de arranjar um equipamento desses... ainda não me aconteceu nada, mas os relatos de pessoas conhecidas sucedem-se. :(

Entretanto vi o Vampyr e gostei bastante, embora não tenha percebido o filme todo, em particular os instantes logo após o Allan começar a sonhar e a parte em que o ser dele "se divide" em dois :X . A "cinematografia" e as técnicas de filmagem são excepcionais, e não é só para a época. A parte do ponto de vista de dentro do caixão... :ph34r: :bow: É um filme que vou rever nos próximos dias.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: O Halloween é só o inicio... do terror!

Postby grayfox » 27 Nov 2011 13:25

estou a refazer-me da perda dos dados todos que tinha no meu NAS. com algumas alterações ao alinhamento originalmente planeado espero poder em breve retomar esta iniciativa.
A melhor assinatura chinesa da actualidade.


Return to “Ciclos de Cinema”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron