Parte V

5ª leitura conjunta
User avatar
toiota
Livro Raro
Posts: 1554
Joined: 18 Feb 2009 14:27
Location: Casal do Marco
Contact:

Parte V

Postby toiota » 24 Nov 2009 17:53

Nesta última parte é que temos finalmente todo o desenrolar da história.
Começamos com Dick, para os amigos, senhor Hallorann que está na Florida a trabalhar noutro Hotel, e anda pelo mercado às compras de legumes e fruta para a ementa da noite, quando se dirige novamente para o hotel ouve o chamamento de Danny e quase tem um acidente visto o chamamento ter sido tão forte que o deixou atordoado. Depois de parar para se recompor toma a decisão de que vai até ao hotel Overlock para ajudar Danny. Mas antes ainda vai fazer o seu testamento, porque há já vários dias que tem a sensação que vai morrer em breve,confesso que por causa desta observação pensei que ele fosse um dos mortos. Nisto volta a ouvir novamente o pedido de Danny, o que não o deixa surpreendido, pois há muita coisa à solta pelo velho Overlock, também nós antes de o senhor Hallorann ouvir o pedido já tinhámos sido avisados do que ia acontecer, pois foi referido várias vezes que Hallorann estava a senit o famoso cheiro a laranjas e era cada vez mais intenso.
Assim que chega ao Hotel vai falar com Queems o gerente do hotel e conta-lhe uma história mirabolante acerca de o seu filho ter levado um tiro do namorado da mãe e estar entre a vida e a morte. A farse é muito bem representada e o gerente cai e ainda lher quer reservar bilhete.
Quando estava no seu quarto a arrumar as coisas foi "atacado" novamente pelo pedido ficando ainda mais aflito em relação ao miúdo, nisto começou a lembrar-se de tudo o que tinha visto,ouvido e sentido no hotel enquanto lá trabalhava.
Parece que o poder do hotel se estende para atrasar a chegada de Hallorann que depois de reservar bilhete de avião numa lavandaria é mandado parar pela polícia, que pelos vistos já o conhece ao longo de vários anos passar na mesma estrada a grande velocidade. Como se não fosse suficiente chega atrasado ao aeroporto e tem de correr para a casa de banho pois sente que vem aí novo chamamento.

Nisto passamos ao Overlock onde Danny canta uma canção enquanto brinca com uma bola, já sabendo o que vai acontecer, Jack continua fechado na cave entre as papeladas que lá estão a ser ludibriado mentalmente para que faça mal à mulher e ao filho, quase nem dando conta de que a caldeira está prestes a rebentar acordando do seu sonho mesmo a tempo. Tendo tempo de ainda pensar em sair dali com a mulher e o filho deeixando tudo aquilo ir pelos ares, aqui o hotel voltou a fazer das suas lembrando a Jack o pai, e torcendo toda a história que o pai batia na mãe porque ela era uma inútil entre várias coisas, e que o mesmo se estava a passar com ele, a sua mulher tinha se voltado contra ele e feito a cabeça do filho. Voltou a ter vontade de beber e dirige-se para o bar do hotel mesmo asabendo que não havia lá nada.
Mas o hotel não dorme em serviço por assim dizer e Jack vê-se envolvido no baile onde lhe servem bebidas e lhe fazem a cabeça para lhes dar o filho que só assim ele pode ascender ao topo.
Danny tem uma premonição do que quase aconteceu sonhando com uma explosão, tenta entrar na cabeça do pai para saber onde ele está e é corrido pelo hotel. Quando sai do quarto depara-se com um homem vestido de cão que lhe diz que o vai comer, assim não pode passar para poder salvar o pai e volta ao quarto chama por Hallorann e deitou-se e volto a lembrar-se do sonho e de uma coisa que o andava a perseguir com um taco.

Voltamos novamente a Hallorann que no meio de todas as atribulações lá conseguiu um lugar num avião em que a pessoa não apareceu, ficou sentado ao lado de uma senhora muito estranha, mas ele ficou desconfiado que el tinha alguma luz, Houve alguns sustos parecia que o avião não ia chegar ao destino.
Mas antes de partir ainda telefonou para os guardas florestais para irem ao Overlock, mas parece que não teve sorte e eles não ligaram nenhuma, ou pelos menos assim parece.
Depois já dentro do avião volta a ouvir o chamamento de Danny e a tal senhora fica um pouco assustada com o comportamento de Hallorann, que está cada vez mais preocupado com o que se estará a passar no Overlock.

Jack continua no seu delírio, volta para a festa onde vê várias das personagens que estiveram hospedadas no Overlock ao logo de décadas, como se visse um filme em várias camadas. Foi aqui que foi avisado de que Hallorann se dirigia para lá e que estava contra eles tal como o seu filho e mulher. Depois tudo desapareceu e só restou Jack com uma grande bebedeira o que fez com que se estatelasse no chão e perdesse os sentidos.

Nisto Hallorann depois de uma viagem muito atribulada finalmente chega ao aeroporto de Stapleton dirigindo logo para o balcão de aluguer com vista a ir buscar um carro, onde foi avisado de que estava previsto o maior nevão dos últimos anos para aqueles dias, tudo parecia conspirar contra ele.

Nisto Wendy acorda e com tudo está em silêncio decide sair e procurar Jack não o encontrando vai à cozinha fazer um almoço para levar para o quarto para ela e Danny. Mas quando vinha a sair da cozinha com o almoço ouve Jack gemer, que está a recuperar os sentidos, nisto ela segue o som e encontra-o.
Jack tenta sufocá-la, mas com a ajuda da distrição porporcionada por Danny consegue safar-se atingindo-o com uma garrafa na cabeça, aqui é que as coisas começam relamente a dar para o torto, Jack envereda pelo caminho da violência do qual já não parece possível voltar atrás. Depois com a ajuda de Danny tracam Jack na despensa, recuperando novamente os sentidos antes de eles terem tempo de fechar a porta, tendo Danny que ajudar a mãe a fechar a porta.
Depois seguem para o quarto onde se fecham ficando a ouvir os gritos terríveis de Jack que ecoam por todo o hotel.

Depois voltou o Overlock voltou à carga mandando o antigo zelador abrir a porta da despensa a Jack, com o recado de que ele parece não ser o indicado para resolver a situação já que nem o pório filho e mulher consegue dominar. Voltando a lembrar-se do que acontecia entre o seu pai e a sua mãe. Será que Jack não seria tão atreito a ser controlado pelo hotel se tivesse tido uma infância normal sem violência, parece que a sua infância é a causa do seu descontrole com a bebida, visto que o pai fazia o mesmo.

Depois voltamos novamente a Hallorann que quase tem um acidente com um limpa neves, que leh dá a dica do homem que aluga motas de neve, ficando novamente com a sensação de que o condutor do limpa neves tem algo de iluminado. Antes de conseguir chegar à cidade é novamente atacado mentalmente só que desta vez não é Danny é o próprio Overlock ameaçando-o se se aproximar para interferir nos seus planos.

Wendy como deixou de ouvir Jack vai tentar chegar ao comer que deixou no balcão da recepção, encontrando-se com Jack que traz com ele um taco de madeira agridindo-a várias vezes, enquanto ela tenta escapar escada a cima de volta ao quarto e consegue lá chegar até que Jack também consegue entrar no quarto e Wendy fecha-se na casa-de-banhho, quando está prestes a ser novamente atacada, ouve-se um zumbido que é Hallorann que vem a chegar, mas Wendy perde os sentidos.

Nisto Hallorann depois de ter uma luta terrível com um dos arbustos em forma de leão, sinceramnete adorei a parte em que ele pega fogo ao bicho. Já muito ferido consegue voltar a por a mota de nve na posição certa e dirige-se para o hotel.
Quando lá chega depara-se com o átrio do hotel com sangue e põe-se a pensar que cena macabra terá acontecido e começa a chamar por Danny. Tem um encontro com Jack no meio do corredor quando se dirige para o quarto e perde os sentidos.

Jack anda como um louco pelo hotel em busca de Danny, que está no último piso a falar com Tony, deixando-lhe uma pista que o vai salvar. Vê o pai dirigir-se para onde ele se encontra e esconde-se, pensa em se dirigir para o sotão, mas a porta está trancada, coisa da qual ele não se lembra, será que o cadeado foi posto por Jack ainda no início quando lá foi por as ratoeiras para Danny não puder lá entrar, ou será que já foi armação do espírito, digamos assim, do Overlock só para complicar as coisas? Neste trecho outra pergunta se impõe, lembro-me de Hallorann quando começa a recordar-se de tudo de mal que existe no hotel,lembrar-se que foi ao sotão a pedido de Ullman e que fugiu de lá a sete pés porque sentiu que algo de estranho se estava lá a passar visto que ficou às escuras e começou a sentir-se perseguido. O que poderia ter acontecido a Danny se o cadeado não estivesse lá e ele entrasse no sotão para se esconder?

Wendy recobra os sentidos e dá com Hallorann desmaiado no corredor, de início pensa que ele está morto,mas depressa vê que não e começa a abana-lo para ele a poder ajudar. Quando finalmente Hallorann desperta percebem que Jack já encontrou Danny, e receiam que tudo esteja acabado.

Mas Danny ainda tem um último trunfo na manga, enfrenta a coisa como ele lhe chama que tomou conta do seu pai, com bravura e adoro a parte em que ele diz que a coisa com determinação de matar Danny, deixou que Jack se esquece-se de monotorizar a caldeira durante todo o dia. Então a coisa desata a correr em direcção ao elevador com vista a dirigir-se à cave para poder baixar a pressão da caldeira.

Hallorann e Wendy ficam surpreendidos por ver Danny bem, quando ele lhes diz que têem que se ir embora porque aquilo vai explodir, mas ainda volta atrás para ir buscar uns casacos e botas, nisto percebem que pode ser tarde demais, então Hallorann num estilo tipo Indiana Jones pega em cada um fazendo Wendy gritar com as dores e corre pela escadaria abaixo, assim que passam o pórtico o hotel rebenta.

Enquanto isto Jack na cave roda a torneira para aliviar pressão, mas a torneira está a ferver e queima-lhe as mãos mas nem dá por isso, sai alguma pressão mas não é suficiente e todo o hotel rebenta e entra em chamas.

Já neve Hallorann ajuda Wendy e Danny com os casacos e botas, vendo depois uma coisa escura sair e pairar por uns instantes no ar antes de de desvanecer, parece que finalmente todo o terreno do hotel foi purgado.

Montam-se todos na mota e seguem em direcção ao barracão com o intuíto de ir buscar uns cobertores, pois tanto Danny como Wendy não têem roupas adequadas as baixas temperaturas.

Parece que Danny e Wendy presentem que algo não está bem dentro do barracão e Danny começa a chorar, pois lá dentro a coisa tenta Hallorann,sendo a arma novamente os tacos, e insta-o a matar Danny e Wendy, dizendo que é uma forma de lhes agradecer, mas Hallorann parece cair em si agarra nos cobertores e corre com quantas forças ainda lhe restam.

Quando já vão novamente na mota a descer a encosta ouvem um ruído e Danny olha para trás nisto chama Hallorann e vêem aproximar-se uma série de motas de neve, o salvamento finalmente chegou, mas para Jack já foi tarde demais.
O salvamento terá lá aparecido por terem visto as chamas e ouvido a explosão do hotel? Não creio pois parece que levaram pouco tempo a lá chegar. Será que finalmente alguém decidiu acreditar no telefonema de Hallorann?

Depois vamos dar com Halloran a trabalhar num hotel nas montanhas, onde deixa tudo pronto para o jantar, de seguida dirige-se para uma cabana onde se encontra Wendy sentada a ler ainda em recuperação dos ferimentos. E Danny está mais abaixo a pescar no lago.
Depois de uma pequena conversa ficamos a saber que Wendy vai em breve trabalhar para Al, e que Danny vai finalmente para a escola.
Hallorann vai falar com Danny e descobre que o rapazinho ainda pensa bastante no pai, que tudo aquilo foi um grande abalo para Danny, mas tem fé de que o rapazinho com o tempo vai sarar.


Esta parte do livro foi decidamente para mim a melhor sem dúvida nenhuma.
Adorei simplesmente todo aquele suspense e acção da última parte foi o melhor do livro, se todos os livros do autor são assim tenho que ler mais.
Só foi pena tanta gente querer participar e não puder e os que puderam não acompanharem o resto, pode ser que para a próxima seja diferente.

User avatar
Anibunny
Edição Única
Posts: 2814
Joined: 10 Jun 2009 23:11
Location: Porto
Contact:

Re: Parte V

Postby Anibunny » 25 Nov 2009 12:52

Também já acabei de ler o livro :smile: E de facto o que mais se salienta nesta parte é o paralelismo constante entre o "Overlook" e o sr. Hallorann. De facto a viagem de Hallorann é bastante à moda dos heróis que têm de passar por infinitos obstáculos até conseguir chegar ao seu ponto. Creio que também foi uma técnica utilizada para de certo modo aumentar o suspense no leitor. Outra coisa que gostei bastante foram os bailes sucessivos com os mortos (e isto sou eu a especular) de onde o elevador talvez seja o símbolo mais óbvio da fronteira entre o mundo dos vivos e dos mortos onde se podem deslocar. Não percebi (e se calhar foi devido ao adiantar da hora) quem era o raio do Manager? Era um espírito? O próprio Jack que no fundo tinha algo de psicopata nele.

Quando Delbert Grady e Jack conversam Delbert confessa que as suas filhas não gostavam do Overlook mas que depois (de mortas perhaps?) passaram a gostar, e o mesmo acontecerá com a Wendy e o Danny - no fundo antecipando talvez o destino ou pelo menos os próximos acontecimentos na obra. Uma coisa que notamos logo nos primeiros capítulos foi o papel passivo de Wendy (paralelismo também com a mãe de Jack) contudo o Overlook não se alimenta dos fortes mas sim dos fracos, que ao seduzi-los (através do bar) consegue levar as pessoas descaindo-se mas também a ficarem mais fortes na sua loucura. Depois de ser confrontado com o seu papel fraco em contraste com Wendy, Jack fica cego de ambição (diz mesmo que "I own this place" or sth like that) e aprende que para concretizar essas ambições terá de matar a sua própria família, já que são eles os obstáculos ou os traidores.

Outra coisa que achei bastante estranha foi esta quote de um senhor que ajuda Hallorann "Boy? The Overlook closes down at the last September. No percentage keeping it open longer" - aqui fiquei em dúvida se o "manager" dos mortos seria mesmo o mr. Ullman - que deixou Jack, Wendy e Danny sozinhos - mesmo assim após sabermos dos diálogos entre Delbert e Jack aos poucos a dúvida que se impões é : quem vai morrer? Há um sentimento de terror e de medo ao longo desta parte muito bem caracterizado através das descrições dos passos de Wendy.

Outra coisa que "confundiu" e que no entanto não tem importância quase nenhuma para o desenrolar da narrativa, mas mesmo assim pode ser uma boa pista para futuras interpretações. Tony (que é de facto um fragmento da mente de Danny - Anthony Daniel) um Danny do "futuro" revela-lhe que o "Overlook" é um lugar dentro dele onde mais ninguém pode "entrar" (o Overlook será talvez o símbolo mais óbvio dos recantos mais dark na psyché humana?) e também revela que Wendy e o sr. Hallorann vão morrer, deixando assim nas mãos de Danny a tarefa de os salvar. Achei a parte em que o Danny faz o "discurso" habitual de tentar salvar o pai apelando à sua bondade um bocado "fake", no entanto não resulta e Danny depois chega à conclusão que o "Overlook" vai explodir na sequência da negligência por parte de Jack naquele dia da caldeira. Hallorann, Wendy e Danny são os sobreviventes enquanto Jack morre com a sua loucura. (Outra coisa que tenho de ver é a data 1949)

A morte de Jack é quase ou nada sentida, de facto é até um alívio - Wendy ganhou uma nova vida - Danny deixa de ter os pesadelos e Hallorann quase que assume um papel novo de avô. A vida para esta família parece ganhar um novo rumo sendo Jack (tal como o seu pai) o motivo pela qual Wendy (e a sua mãe) tinham um poder tão diminuto na família. Com o marido morto Wendy pode "unmask" e viver a vida normalmente sem medo.

hehehe e depois um tópico sobre: O que acharam do livro? Ou dizemos tudo aqui? :whistling:

User avatar
Sofiushka
Edição Limitada
Posts: 1048
Joined: 14 Dec 2007 22:58
Location: Porto
Contact:

Re: Parte V

Postby Sofiushka » 02 Dec 2009 17:24

Acabei finalmente o livro e posso dizer com toda a certeza que entra para a minha lista de livros preferidos - obrigada, BBDE :thumbsup:

Acho que já disseram tudo relativamente a esta parte, por isso vou só acrescentar os meus pensamentos que foram surgindo com a leitura.

O que me saltou mais em evidência foi a revelação do verdadeiro objectivo do Overlook. Por causa do seu enorme poder de "luz", Danny era perfeito para ser "absorvido" pelo hotel, que assim conseguiria aumentar o seu próprio poder - em que escala, não sei dizer, mas seria algo de terrífico, porque o poder que tinha já não era nada pequeno. Jack foi apenas o veículo para esse fim, já que era o elo mais fragilizado e, ao mesmo tempo, o que tinha aparentemente maior influência junto de Danny. Wendy foi "ignorada" e apenas encarada como um obstáculo simples de superar.

De notar também a formidável evolução das personagens. Wendy passa de esposa preocupada e algo submissa para heroína, Danny torna-se adulto e Jack atinge finalmente a redenção, ao sacrificar-se.

É um livro finely crafted, que me deu imenso gosto ler. Tudo está ligado, não nos é dado nenhum pedaço de informação que não venha a ter algo a ver com outra coisa qualquer no futuro.

É engraçado que agora, que li o livro, o filme perdeu todo o interesse. Até tinha gostado dele na altura, mas se a adaptação tivesse sido mais fiel, que filmaço poderia ter sido...

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: Parte V

Postby grayfox » 02 Dec 2009 21:26

ola toiota desculpa teres tido de tomar as redeas da leitura conjunta mas não deu mesmo.
esta noite terminei a parte IV (incluindo na parte em que aparecem as letras 2 DECEMBER, olhei para o relógio e eram 00:35 de dia 2 de Dezembro, foi muito fixe) quando terminar o livro venho cá opinar.

para a semana fica agendada a discussão do filme?
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
toiota
Livro Raro
Posts: 1554
Joined: 18 Feb 2009 14:27
Location: Casal do Marco
Contact:

Re: Parte V

Postby toiota » 03 Dec 2009 13:52

grayfox wrote:ola toiota desculpa teres tido de tomar as redeas da leitura conjunta mas não deu mesmo.
esta noite terminei a parte IV (incluindo na parte em que aparecem as letras 2 DECEMBER, olhei para o relógio e eram 00:35 de dia 2 de Dezembro, foi muito fixe) quando terminar o livro venho cá opinar.

para a semana fica agendada a discussão do filme?



Não foi nada, até me diverti, tomei-lhe o gosto.

User avatar
Bubbles
Livro Raro
Posts: 1994
Joined: 29 Dec 2004 18:33
Location: Halifax
Contact:

Re: Parte V

Postby Bubbles » 05 Dec 2009 02:14

Consegui acabar o livro hoje. Espectacular. Manteve-me agarrada ate a ultima pagina.

Toda a interacçao do Jack com o manager foi arrepiante. O baile, a cena da bebida... e finalmente a ser possuido, diria eu, pelo manager e todo o caos que dai resulta. O encontro com o Danny ao pe da entrada para o sotao esta muito bem escrito e particularmente perturbador quando ele usa o malho para desfigurar a propria cara.

O epilogo faz todo o sentido, fecha a historia muito bem :smile:

Este livro entrou, directo, para a lista dos meus favoritos :stu:

Agora estou curiosa para ver o filme!
"Não sou obrigada a jurar obediência às palavras de qualquer mestre" Horácio
"Um coração saudável tem um comportamento caótico"
Joana Augusto's Flick Photostream *** The Ground Beneath My Feet

User avatar
leuqar
Encadernado a Couro
Posts: 444
Joined: 12 Apr 2009 21:09
Location: Braga
Contact:

Re: Parte V

Postby leuqar » 29 Dec 2009 12:29

Terminei finalmente. Foi o primeiro que livro que li do King e devo dizer que irei continuar a ler mais, pois gostei muito.
Esta última parte li-a ontem de rajada...de facto ele consegue agarrar o leitor ao livro com o suspense (para mim é mesmo terror) que cria.
Gostei muito da personagem da Wendy nesta última parte, ela ficou mais forte e muito mais corajosa... esta evolução talvez se deva ao facto de ela ter algum brilho (Dick diz que talvez todas as mães o tenham), mas acima de tudo creio que foi a necessidade de proteger o seu filho que lhe deu tal coragem. Quando ela vai ver o Jack ainda estava trancado na despensa é, para mim, uma das parte mais bem conseguidas ao nível do suspense e em alguns momentos da leitura senti mesmo um aumento do batimento cardíaco.
O Jack acabou por ser o elemento mais fraco da família e apenas foi usado pelo Overlook para atingir o verdadeiro objectivo que era ficar com o Danny.
I love Geology...diamonds, emeralds, sapphires and rubies ;)

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Parte V

Postby Pedro Farinha » 10 Jan 2010 22:33

Desculpem lá o OFF-TOPIC

Fiz aqui um pequeno teste. Como eu supunha o problema que se tinha verificado com o Wannabe também se verifica aqui. Ou seja, sempre que o ultimo tópico comentado pertence a um sub-fórum, aparece o nome do utilizador e o link correcto mas o nome do post que aparece é o do tópico não pertencente a um sub-fórum mais recente.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Parte V

Postby Bugman » 23 Feb 2010 12:01

Bom um post muito tardio aqui nesta thread, mas uma vez que quando encomendei o livro era para participar...

Anibunny wrote:Outra coisa que achei bastante estranha foi esta quote de um senhor que ajuda Hallorann "Boy? The Overlook closes down at the last September. No percentage keeping it open longer"


Penso que quando ele diz percentage se refere ao lucro que daí advém. O que ele quereria dizer era que, mesmo que ficasse aberto mais tempo, não se retiraria lucro daí, logo não valia a pena.

Anibunny wrote:Achei a parte em que o Danny faz o "discurso" habitual de tentar salvar o pai apelando à sua bondade um bocado "fake"


Bom aqui não sei se lhe chamaria fachada, acho que uma criança de seis anos, profundamente ligada ao pai, talvez tentasse vir com esse discurso, mesmo que o pai estivesse a pingar sangue das mãos e se dirigisse a ele. Faz parte de uma certa inocência infantil, que procura ver o bom nos outros. Digo eu! :)
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: Parte V

Postby urukai » 15 Sep 2013 22:04

Terminei (a tempo do Dr. Sleep! :cheers: ) e sempre houve a redenção do Jack. Claro que ser possuído é tramado.

Mt melhor final que o do Filme. (mas vou ver o documentário Room 237 para tirar as teimas e perceber o porquê do 3 em vez do 1) Desta vez o King acertou no fim. Gostei mt mas também já sabia que ia gostar.

Encontrei algumas falhas no enredo mas de resto mt fixe. Venha agora o próximo!!!!


Return to “The Shining - A Luz”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron