Desnavegado

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Desnavegado

Postby urukai » 21 Aug 2008 20:37

Boa tarde,

espero não vos maçar mas, como só lê quem quer, cá vai outro texto resultante de um exercício no meu curso.

Depois de um brainstorming the verbos, tivémos de lhes colocar o prefixo des e criar frases. Eu escolhi o verbo inventado desnavegar. Escrevi uma frase a que se seguiu um pequeno texto. Cá vai disto:

<!--coloro:#0000ff--><!--/coloro-->- Se o Pedro Álvares Cabral tivesse desnavegado nunca teríamos coberto o Brasil - disse o Professor naquele tom monocórdico dos altifalantes do metro que avisam a próxima paragem. Provavelmente, a atenção dos alunos estaria também noutra paragem, à excepção de uma mão que se ergueu no fundo da sala. O Prof. visivelmente irritado pela interrupção pergunta:
- Sim, menino Manuel?
- O Brasil está coberto com quê, senhor Professor?
- O Brasil? Coberto? Mas o menino está tolo? Ou está a fazer pouco de mim?
A turma rebenta numa gargalhada geral, daquelas que racham ardósias e derrubam mapas-múndi.
- O senhor Professor disse que cobrimos o Brasil... Só queria saber com quê!
- Basta! - os óculos de meia haste saltam-lhe da cara com a fúria, qual foguete que anuncia mais uma barrigada de riso dos alunos. - Já para o senhor Director! Não admito essas insubordinações menino Manuel!
O menino Manuel levanta-se e fecha a porta atrás de si abafando os risos, as mãos enroladas à volta da barriga e a locomotiva vermelha que era a cara do Professor ainda a silvar de fúria!
Quando o vê entrar o senhor Director levanta-se com as costas tão rectas que, por momentos, o menino Manuel alegrou-se. Talvez o senhor director tenha engolido a régua dos correctivos e me safe apenas com um raspanete. Mas não, o senhor Director não tinha engolido a régua, era apenas um homem rectílineo e de valores inflexíveis. Na sua voz de trovão, anunciou a tempestade:
- Menino Manuel! Outra vez? Já é a terceira este mês! Estou a ver que tenho mesmo de lhe desbater já que anda tão atinado!
E é assim, com uma vergastada no rabo, que começa a estória do menino Manuel, o rapaz que ouvia os des fora do lugar.<!--colorc-->
<!--/colorc-->

Urukai

ps- agora é só continuar e quando for mais velho leio isto aos meus filhos antes de adormecerem, para ouvirem sempre com muita atenção o que lhes digo!

Return to “Urukai”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests