Sicko Boy

User avatar
Arsénio Mata
Livro Raro
Posts: 1773
Joined: 01 Oct 2009 20:41
Location: Portimão
Contact:

Sicko Boy

Postby Arsénio Mata » 30 Mar 2010 01:10

As minhas mãos estão sujas de sangue. Eu ainda sou tão pequeno mas já sei que o que fiz foi errado. Não tenho pena. Eu queria mesmo matar aquele cão. Nunca me vou esquecer deste momento, vou lembrar-me dele para sempre

câmara lenta

os olhos dele, molhados, aqueles olhos que só os cães sabem fazer

câmara lenta

a pedra na minha mão, o movimento preciso e o sangue a jorrar para a minha blusa, para as minhas mãos

câmara lenta

os olhos dele, mortos, aqueles olhos que só os mortos podem ter

câmara lenta

os meus olhos reflexo dos dele.

Tem que haver uma razão para tudo? O meu irmão e os meus pais vão hoje a um funeral. Eu fico por casa. A brincar.
Only in the bloodline is this terror exposed
A knife to the eye of modern day times
Exactly what you've worked for.

A price for the pride
I can feel the distance coming
The holes in my lungs
Won't let me take this anymore.

http://umhomemsimpatico.tumblr.com/

Return to “Arsénio Mata”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron