Capas

User avatar
Arsénio Mata
Livro Raro
Posts: 1773
Joined: 01 Oct 2009 20:41
Location: Portimão
Contact:

Capas

Postby Arsénio Mata » 12 Apr 2010 01:52

All i see is black
disse ela o corpo torto
estendido na cama
o fumo saindo-lhe da boca
enquanto falava
a voz rouca cansada de olhar

Eu não sou preto e podes ver-me
podes tocar o meu corpo e sentir
como não sou preto ver como há
tantas cores em mim, cheirar o
arco-íris em que me tornei.

Ela riu-se e retomou o seu discurso:
all i see is black filho.
E estou a olhar para ti, não estou?
Only in the bloodline is this terror exposed
A knife to the eye of modern day times
Exactly what you've worked for.

A price for the pride
I can feel the distance coming
The holes in my lungs
Won't let me take this anymore.

http://umhomemsimpatico.tumblr.com/

Return to “Arsénio Mata”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron