Herança [+18]

User avatar
Arsénio Mata
Livro Raro
Posts: 1773
Joined: 01 Oct 2009 20:41
Location: Portimão
Contact:

Herança [+18]

Postby Arsénio Mata » 11 May 2011 00:58

Esta é a estória de um homem que chega a casa e encontra a mulher com outro na cama. Aconselha-se que seja acompanhada ao som de The Man Who Sold The World, versão original, claro. Para beber o chef sugere um bom vinho tinto, nada dessa zurrapa de pacote para temperar as carnes. Nesta estória as carnes já estão bem temperadas. Esta é a estória de um casal que não sendo casado se amava. Ele amava-a incondicionalmente, ela amava-o moderadamente. Ela tinha como toque de telemóvel Temptation, de Tom Waits. Era culta. Lia livros. Mas não era só no telemóvel que residia a tentação. Ele era um javardo que não limpava a casa.

Esta é a estória de um homem que chega a casa e encontra a mulher com outro na cama e não faz nada. A não ser ir à casa de banho mijar. Esta é a estória de uma mulher que sendo culta é também mentalmente perturbada e gosta de ser humilhada, amarrada, desrespeitada. Sempre ao som de artistas de culto, avant-garde. E talvez ela não o amasse, nem sequer moderadamente. Talvez ela tenha planeado ser apanhada em flagrante por aquele porco insensível que a amava tão loucamente. Talvez ela assim se sinta mais humilhada e consequentemente mais feliz.

Esta é a estória de um homem que parte de casa, foge, esconde-se da realidade. Esta é a estória de um homem que retorna a casa meses depois, velho, cansado, visivelmente mais magro. Ela nunca trocou as fechaduras. Na aparelhagem o Bowie canta outra vez, agora diz-nos And the rain sets in, its the angel man, Im Deranged. Lá fora chove. Nesta estória, todos são dementes. Ela lê um livro enquanto ouve a música. Só as mulheres o podem fazer. Ele caminha para ela e é como se todo o peso que perdeu o transformasse num anjo e na verdade ele não caminha, pelo menos não tanto como levita. Mas as asas deste anjo são da cor do crude.
Ela nem o sente chegar. Mas sente quando ele a agarra e a atira para o chão e sente ainda mais quando ele a penetra. Ela luta mas, e apesar da sua magreza, ele parece ter uma força transcendental. Ela desiste e sente o ódio dele violá-la e talvez sorria um pouco. Ele vem-se e diz-lhe ao ouvido: só quero que saibas que, durante estes meses, fodi as putas mais nojentas que possas imaginar e paguei-lhes bem para me vir dentro delas. Só quero que saibas que tenho SIDA. Está confirmado. Espero sinceramente que tu agora também tenhas. Ela só disse: eu já tinha. Talvez neste momento se amem os dois igualmente.

Esta é a estória de um homem que se vai embora e de uma mulher que muda as fechaduras de casa. Esta é a estória de uma criança que nasce sem pais, mas que carrega às costas uma pesada herança.
Only in the bloodline is this terror exposed
A knife to the eye of modern day times
Exactly what you've worked for.

A price for the pride
I can feel the distance coming
The holes in my lungs
Won't let me take this anymore.

http://umhomemsimpatico.tumblr.com/

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Herança [+18]

Postby Pedro Farinha » 11 May 2011 01:17

Uma história bem ao teu estilo, sexual decadente, e onde a banda sonora deve ser mais Tom Waits que Bowie, ou pelo menos a voz pastosa e arrastada dele me soa melhor. Mas gostei, nomeadamente porque dá para pensar em que nível de gostar os dois se equilibraram. :tu:

User avatar
Arsénio Mata
Livro Raro
Posts: 1773
Joined: 01 Oct 2009 20:41
Location: Portimão
Contact:

Re: Herança [+18]

Postby Arsénio Mata » 12 May 2011 00:10

Obrigado Pedro. :)
Only in the bloodline is this terror exposed
A knife to the eye of modern day times
Exactly what you've worked for.

A price for the pride
I can feel the distance coming
The holes in my lungs
Won't let me take this anymore.

http://umhomemsimpatico.tumblr.com/

User avatar
Sharky
Edição Única
Posts: 4587
Joined: 19 Jun 2008 00:04
Location: Margem Sul
Contact:

Re: Herança [+18]

Postby Sharky » 12 May 2011 00:31

Arsénio Mata wrote:Ele vem-se e diz-lhe ao ouvido: só quero que saibas que, durante estes meses, fodi as putas mais nojentas que possas imaginar e paguei-lhes bem para me vir dentro delas. Só quero que saibas que tenho SIDA. Está confirmado. Espero sinceramente que tu agora também tenhas. Ela só disse: eu já tinha. Talvez neste momento se amem os dois igualmente.


Gostei dessa parte, é daquelas mesmo fdd´s :lol!:

User avatar
Arsénio Mata
Livro Raro
Posts: 1773
Joined: 01 Oct 2009 20:41
Location: Portimão
Contact:

Re: Herança [+18]

Postby Arsénio Mata » 13 May 2011 14:52

Obrigado Sharky. :)
Only in the bloodline is this terror exposed
A knife to the eye of modern day times
Exactly what you've worked for.

A price for the pride
I can feel the distance coming
The holes in my lungs
Won't let me take this anymore.

http://umhomemsimpatico.tumblr.com/


Return to “Arsénio Mata”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron