Page 2 of 2

Re: La Belle et la Bête

Posted: 15 Apr 2010 21:08
by annawen
Samwise wrote:Nunca cheguei a gostar do filme da Disney. :(


Are you kidding???!!! :o Um dos melhores do estúdio. Adoro a Angela Lansbury como Mrs Potts.

Entretanto estive a ler o texto que o Manuel Cintra Ferreira escreveu sobre o filme, por ocasião da lista sobre os 100 melhores filmes europeus. "A Bela e o Monstro" ficou em 21º. O texto é fraquinho, na minha opinião, mas confirma as influências de Vermeer na obra, que tu tão bem exemplificaste, e também as de Doré, em especial as ilustrações que fez para os contos de Perrault. Diz o Cintra Ferreira que terão servido de inspiração na cenografia do castelo.

Quanto à relação Monstro / Bela / Avenant (que no texto ele confunde com o Ludovic, o irmão da Bela) ele refere Jung em vez de Freud. Como nunca li Jung, não sei.

Re: La Belle et la Bête

Posted: 16 Apr 2010 00:49
by MAGG
Samwise wrote:Já alguém olhou para as ilustrações de Gustave Doré?

Espectaculares!!!


x 2

annawen wrote:Are you kidding???!!! :o Um dos melhores do estúdio. Adoro a Angela Lansbury como Mrs Potts.


x 2

( aliás fiquei a sonhar em ter uma biblioteca como aquela )
^_^

Re: La Belle et la Bête

Posted: 16 Apr 2010 08:08
by Thanatos
annawen wrote:(...)Quanto à relação Monstro / Bela / Avenant (que no texto ele confunde com o Ludovic, o irmão da Bela) ele refere Jung em vez de Freud. Como nunca li Jung, não sei.



Adianto já que não (re)vi ainda o filme (para mal dos meus pecados um dos que eu sugeri!) nem li a crítica do Cintra, mas não queria deixar de dizer que é habitual uma certa «confusão» entre teorias freudianas e jungianas. No entanto o traço principal do jungianismo é o ID que acaba por ser o nosso inconsciente (coletivo e não só). A confusão deve-se provavelmente aos dois, Jung e Freud terem sido amigos e colaborado nos trabalhos um do outro.

Re: La Belle et la Bête

Posted: 16 Apr 2010 10:09
by Samwise
annawen wrote:
Samwise wrote:Nunca cheguei a gostar do filme da Disney. :(


Are you kidding???!!! :o Um dos melhores do estúdio. Adoro a Angela Lansbury como Mrs Potts.


Não contesto, só que não é para o meu gosto. Tem as suas particularidades engraçadas, mas a história já de si não me diz muito e acrescentando aquela vertente musical - das coisas que mais rapidamente me faz perder o interesse nos filmes da Disney- - resultado: secante, secante, secante. :gen068:

Os grandes filmes da Disney para mim são mesmo os clássicos de antigamente, assim de memória: a Branca de Neve e o Pinóquio, A Bela Adormecida, o Bambi e o Dumbo.

--------

Quanto ao ciclo de cinema, sugeria estender a discussão deste filme durante mais uma semana. Já começou com uma semana de atraso e ainda tem muita polpa para espremer. Vou manter-me à margem das discussões Freudianas e Jungianas (não dou uma para a caixa nesse campo), mas vou estar com atenção àquilo que vocês disserem. :mrgreen:

Entretanto fui encontrando algumas ilustrações de Doré que se enquadram bem nos cenários do filme. Depois organizo e apresento.

Re: La Belle et la Bête

Posted: 16 Apr 2010 11:03
by annawen
Thanatos wrote: No entanto o traço principal do jungianismo é o ID que acaba por ser o nosso inconsciente (coletivo e não só). A confusão deve-se provavelmente aos dois, Jung e Freud terem sido amigos e colaborado nos trabalhos um do outro.


Não é bem assim. O Id, Ego e Super-ego foram definidos por Freud como as partes que compõem a psique. O que diferencia Jung de Freud é que para Jung o inconsciente não era só pessoal como também colectivo. Resumindo: o contributo de Jung para a Psicanálise foi a criação do inconsciente colectivo, não foi a criação do Id. Essa é de Freud.

Re: La Belle et la Bête

Posted: 16 Apr 2010 13:13
by Thanatos
annawen wrote:
Thanatos wrote: No entanto o traço principal do jungianismo é o ID que acaba por ser o nosso inconsciente (coletivo e não só). A confusão deve-se provavelmente aos dois, Jung e Freud terem sido amigos e colaborado nos trabalhos um do outro.


Não é bem assim. O Id, Ego e Super-ego foram definidos por Freud como as partes que compõem a psique. O que diferencia Jung de Freud é que para Jung o inconsciente não era só pessoal como também colectivo. Resumindo: o contributo de Jung para a Psicanálise foi a criação do inconsciente colectivo, não foi a criação do Id. Essa é de Freud.


Expressei-me mal (é o que dá ter net com minutos contados) mas no fundo queria dizer precisamente o que escreveste annawen.

Re: La Belle et la Bête

Posted: 16 Apr 2010 13:20
by annawen
Thanatos wrote:Expressei-me mal (é o que dá ter net com minutos contados) mas no fundo queria dizer precisamente o que escreveste annawen.


Eu percebi. :) Só quis esclarecer melhor.

Re: La Belle et la Bête

Posted: 22 Apr 2010 00:00
by Samwise
Regressando à vaca fria: as ilustrações de Doré e o filme de Cocteau. Arranjei três exemplos, dois deles retirados dos tais contos de Perrault, em concreto de A Bela Adormecida. O terceiro exemplo é de uma ilustração para o The Raven, de Poe.

Image
Image

-

Image
Image
Não dá para perceber muito bem no fotograma, mas a cama no quarto de Bela está rodeada de ramos e folhas. O quarto todo parece ter sido invadido por uma floresta em desenfreada expansão, à semelhança da ilustração.

-

Image
Image
Aqui é o enquadramento da porta, a sua ornamentação, e os trajes da mulher que está a sair...

Re: La Belle et la Bête

Posted: 22 Apr 2010 10:10
by annawen
Muito fixe!

Não tinha reparado que a cama da Bela estava rodeada de folhas.

Na última imagem, gosto dos candeeiros/pessoas.

Re: La Belle et la Bête

Posted: 22 Apr 2010 13:27
by Samwise
annawen wrote:Na última imagem, gosto dos candeeiros/pessoas.


Há estátuas daquelas espalhadas pela casa, que olham para as pessoas mas não dizem nada(acho até que há um busto no quarto da Bela, o que me levou a pensar que ela não tinha assim tanta privacidade quando fosse altura do duche... :mrgreen: )

Re: La Belle et la Bête

Posted: 22 Apr 2010 13:47
by annawen
Samwise wrote:Há estátuas daquelas espalhadas pela casa, que olham para as pessoas mas não dizem nada(acho até que há um busto no quarto da Bela, o que me levou a pensar que ela não tinha assim tanta privacidade quando fosse altura do duche... :mrgreen: )


My thoughts exactly. Eu, se fosse a Bela, não iria para a cama com muito à vontade com toda aquela mobília a olhar. :P