Gaminha - 2010

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Gaminha » 22 Oct 2010 09:40

Anibunny wrote:Eu tenho o 1º volume em pt, por isso não sei se faça a colecção toda. Não achei muita piada ao 1º, mas como li a tua review achei bem dar uma chance ao 2º volume um dia destes... se calhar passo pela biblioteca de gaia e requisito.


Mas se não achaste piada ao 1º não deves achar piada aos restantes. Mas é isso, requisita na biblioteca.

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Gaminha » 23 Oct 2010 13:59

Comecei o Som e a Fúria - William Fulkner! Preprara-te Sam que vou começar os "clássicos"/livros que aparecem nas listas! Heheheheheh

Image

Primeiras impressões - "Que desarrumado que este "gajo" (William Faulkner) é!"
Sim é a escrita dele é desarrumada.

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Gaminha » 05 Dec 2010 21:54

No mês de Novembro li:

35) O Homem Pintado - Peter V. Brett [7/10]
36) Por detrás da Magnólia - Vasco Graça Moura [9/10]
37) O pequeno-almoço do Sargento Beauchamp - Vasco Graça Moura [8/10]

runa
Rascunho
Posts: 6
Joined: 17 Dec 2010 02:38
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby runa » 17 Dec 2010 02:45

Gaminha wrote:Comecei o Som e a Fúria - William Fulkner! Preprara-te Sam que vou começar os "clássicos"/livros que aparecem nas listas! Heheheheheh

Image

Primeiras impressões - "Que desarrumado que este "gajo" (William Faulkner) é!"
Sim é a escrita dele é desarrumada.


Não diria isso. Tudo o que ele escreve tem uma ordem, e as frases, muito ritmo. Até a divisão desse livro é uma questão de arrumar a casa por divisórias. É um daqueles tipos que se reparares, está a levar o leitor pela mão, a descrever cada passo, talvez pela ligação ao aspecto visual do cinema (ou os convites vieram em condição dessa capacidade).

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Gaminha » 27 Dec 2010 01:50

Actualizei a lista de livros lidos, assim como as "notas" atribuídas. Baixaram na maioria.

Estou a ler "As Brumas de Avalon" - Marion Zimmer Bradley.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Thanatos » 27 Dec 2010 09:21

Ou seja, quanto mais portugueses lês, mais baixa a nota dos estrangeiros. :P

Mas... 6 (médio) ao Wizard of Earthsea? Não haja dúvida que cada livro tem o seu leitor. Por muitos anos que passem acho que nunca vou esquecer a magia que se elevou da leitura das façanhas de Ged (ou Gued na tradução da Presença).
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Gaminha » 27 Dec 2010 11:33

Thanatos wrote:Ou seja, quanto mais portugueses lês, mais baixa a nota dos estrangeiros. :P

Mas... 6 (médio) ao Wizard of Earthsea? Não haja dúvida que cada livro tem o seu leitor. Por muitos anos que passem acho que nunca vou esquecer a magia que se elevou da leitura das façanhas de Ged (ou Gued na tradução da Presença).


Pois é, mas sabes que nem me lembrava que tinha lido isso... ainda a semana passada a Ripley me falava desse livro e dizia, "mas tu leste isso". E eu não me lembrava da história. Tenho ideia de um miudo, de um barco e de umas ilhas, mas não me marcou anda.
É um livro muito marcado pela época na minha opinião, ou a tradução que eu apanhei era má.

E sim, quanto mais leio os portugueses, menos gosto do que se escreve actualmente (ou mais recentemente) lá fora, mas verdade seja dita que não tenho pegado em "clássicos" estrangeiros, ou os que pego, aborrecem-me e não os continuo, exemplo: O som e a fúria e as Vinhas da Ira.

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Gaminha » 28 Dec 2010 12:27

Terminado o ano de leituras aqui fica a estatística.

Os números de 2010:

- 40 livros lidos (bastante abaixo do objectivo);
- 11 autores portugueses;
- 18 novos autores;
- 6,75 de uma média geral;
- 3 antologias lidas;

Top 3 (2010):
Firmin - Sam Savage (Não levou um 10, mas nunca mais me esquecerei do pequeno Firmin)
Os rios sem nome - Manuel Seabra (por me ter feito chorar muito)
Os pilares da terra - Ken Follett (notável e diferente)

Menção Honrosa:
Os livros que devoraram o meu pai - Afonso Cruz (pela agradável surpresa de poder ler algo novo e fresco)
As Atribulações de Jacques Bonhomme - Telmo Marça (por provar que o horror e as histórias que não acabam necessáriamente bem, não precisam de ser nojentas)

Os piores (2010):
Brinca Comigo! [4/10]
Ficções Científicas & Fantásticas [2/10]
Precious - A força de uma mulher [1/10]


Nota: faltaram os clássicos; <_<

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Thanatos » 28 Dec 2010 21:00

Gaminha wrote:E sim, quanto mais leio os portugueses, menos gosto do que se escreve actualmente (ou mais recentemente) lá fora, mas verdade seja dita que não tenho pegado em "clássicos" estrangeiros, ou os que pego, aborrecem-me e não os continuo, exemplo: O som e a fúria e as Vinhas da Ira.



Claro que nisto que acima escreves existe um desequilíbrio que eu noto que é o seguinte: comparas autores de género com contemporâneos mainstream e nalguns casos pior do que isso é comparares autores de género com traduções manhosas com autores contemporâneos de mainstream. Seja lá por que lado se pegue os de género ficam sempre a perder. Agora se começares a ler na língua original autores como Jonatham Lethem, Frederick Reiken ou Ali Shaw lado a lado com Vasco Graça Moura ou Manuel Seabra já não vais sentir tanto o fosso da diferença qualitativa. Digo eu, mas que sei lá disso.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Gaminha
Edição Limitada
Posts: 1363
Joined: 10 Jun 2009 16:53
Location: Porto
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Gaminha » 29 Dec 2010 11:45

Thanatos wrote:
Gaminha wrote:E sim, quanto mais leio os portugueses, menos gosto do que se escreve actualmente (ou mais recentemente) lá fora, mas verdade seja dita que não tenho pegado em "clássicos" estrangeiros, ou os que pego, aborrecem-me e não os continuo, exemplo: O som e a fúria e as Vinhas da Ira.



Claro que nisto que acima escreves existe um desequilíbrio que eu noto que é o seguinte: comparas autores de género com contemporâneos mainstream e nalguns casos pior do que isso é comparares autores de género com traduções manhosas com autores contemporâneos de mainstream. Seja lá por que lado se pegue os de género ficam sempre a perder. Agora se começares a ler na língua original autores como Jonatham Lethem, Frederick Reiken ou Ali Shaw lado a lado com Vasco Graça Moura ou Manuel Seabra já não vais sentir tanto o fosso da diferença qualitativa. Digo eu, mas que sei lá disso.


Só falo do que leio, e obviamente que quando dou pontuações uso a mesma escala independentemente do género, edição ou tradução.
Não concordo que os de género fiquem sempre a perder. Alias os meus livros preferidos comprovam exactamente o contrário: 1984, Admirável mundo novo, farenheit e a Estrada.
São Grandes livros que não são mainstream.

Quanto ao ler em língua original, para mim não faz qualquer sentido. Não vou apreender russo para ler o Crime e Castigo e o meu alemão não é suficientemente bom para ler A montanha mágica. Vou continuar a ler em português porque sou mais rápida a ler, porque percebo à primeira o que leio e porque os tenho já aqui em casa.
As más traduções/edições prejudicam a minha avaliação de alguns livros? Certamente.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Gaminha - 2010

Postby Bugman » 29 Dec 2010 12:58

Hum... Que rica ideia essa de fazer a estatística do ano. :)
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela


Return to “Arquivo - 2010”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 4 guests

cron