Bestiário - Julio Cortázar

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Bestiário - Julio Cortázar

Postby Cerridwen » 30 Apr 2015 11:29

Bestiário
Julio Cortázar


Editor: Cavalo de Ferro
ISBN: 9789896232054
Páginas: 128

Sinopse: Volume composto por oito famosos contos, publicado originalmente em 1951, Bestiário de Julio Cortázar é um dos marcos da carreira deste autor e da moderna literatura. Animais invisíveis, como o tigre do conto que dá título ao volume, que se desloca a seu bel-prazer pelos quartos de uma casa, obrigando a família que ali vive a mil cuidados e precauções a fim de evitar encontros indesejados; animais imaginários, como as mancúspias que anunciam as fases da Cefaleia; animais que despontam do nada, como os coelhinhos da Carta a uma rapariga em Paris; ou outros ainda subjugados ao poder de feitiçarias arcaicas que ganham novas formas e sentidos em Circe, todos eles compõem este bestiário fantástico de Julio Cortázar, no qual a descrição realista de atmosferas familiares faz luz sobre a vida secreta de uma sociedade povoada por tensões misteriosas e irracionais.

O escritor argentino Julio Cortázar nasceu na Bélgica em 1914, durante uma viagem de negócios dos seus pais. A família regressou a Buenos Aires em 1918, onde o escritor estudou e obteve habilitações para exercer a profissão de professor do ensino secundário. Mais tarde, ingressou na Universidade de Buenos Aires, que abandonou devido a problemas económicos. E leccionou nas escolas secundárias de Bolívar, Chivilcoy e Mendonza. Em 1944, conseguiu tornar-se professor de Literatura Francesa na Universidade de Cuyo, todavia, devido a envolvimento numa manifestação contra a política populista e sindicalista de Juan Domingo Peron, foi-lhe vedada a carreira académica. Assumiu a direcção de uma editora em Buenos Aires, de 1946 a 1948, altura em que completou a sua licenciatura em Direito e Línguas. Então começou a trabalhar como tradutor. A sua primeira obra de relevo, Los Reyes, foi publicada em 1949. Em 1951 publicou a sua primeira colectânea de contos, numa revista mantida por Jorge Luis Borges, com o título Bestiário e no mesmo ano, exilou-se em Paris, cidade onde morreu. Começou a trabalhar para a UNESCO, como tradutor independente, em 1952. E continuou a publicar colectâneas de contos, incluindo Final de Juego (1956), Las Armas Secretas (1959), obra adaptada para cinema pelo realizador Michelangelo Antonioni, com o título Blow Up. Publicou também romances, nomeadamente Los Premios e Rayuela (1963, O jogo do mundo). Viajou pela América do Sul como investigador das violações dos direitos humanos no continente e, com as receitas da venda das suas obras, apoiou os Sandinistas e as famílias de prisioneiros políticos. Também foi professor convidado nas Universidades de Oklahoma e do Barnard College de Nova Iorque, em 1975.

Return to “Autores A - E”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 5 guests