Enciclopédia da Estória Universal - Afonso Cruz

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Enciclopédia da Estória Universal - Afonso Cruz

Postby Cerridwen » 26 Sep 2009 17:27

Enciclopédia da Estória Universal
Afonso Cruz


Editor: Quetzal
ISBN: 9789725648209
Páginas: 136
Classificação: História, Enciclopédias

Sinopse: «Este é um livro de factos - e de ficções, burlas, citações - esquecidos ou ignorados pela História e encruzilhados uns nos outros em forma de labirinto. Um espaço entre mordomos coronéis, metáfora, mentiras, assassínios, deuses duplos, cabalistas fabulosos, ascetas hindus e narrativas absolutamente orientais.»

Afonso Cruz, nasceu em 1971, na Figueira da Foz. Frequentou locais como a António Arroio, as Belas Artes de Lisboa, o Instituto Superior de Artes Plásticas da Madeira e vários países. Realiza filmes de animação, elabora ilustrações, toca guitarra, banjo, harmónica, ukulele, canta, escreve e compõe para a banda “The Soaked Lamb”.

Pré-publicação: ‘Enciclopédia da Estória Universal’

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby Cerridwen » 11 Dec 2009 18:46


User avatar
Steerpike
Edição Limitada
Posts: 1187
Joined: 07 Jan 2006 19:09
Location: Lisboa, Portugal
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby Steerpike » 08 Jan 2010 00:41

Está aqui um dos melhores livros do ano, meus amigos.

Abraços,
Luís
The vorpal blade went snicker-snack!

User avatar
Steerpike
Edição Limitada
Posts: 1187
Joined: 07 Jan 2006 19:09
Location: Lisboa, Portugal
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby Steerpike » 08 Jan 2010 00:43

Steerpike wrote:Está aqui um dos melhores livros do ano, meus amigos.


E reparem que eu não disse "livros portugueses do ano". Só para que conste.

Abraços,
Luís
The vorpal blade went snicker-snack!


User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby pco69 » 27 Apr 2010 08:30

É pá.
Com um título destes, e com o pequeno resumo que a Cerridwen colocou, nem me despertou o interesse em ir ver o que se escreveu sobre ele.
Mas depois vêm os posts do Steerpike.............

Acabou de entrar na lista a adquirir.... :pipoca:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

Morrighan
Panfleto
Posts: 19
Joined: 06 Sep 2009 10:58
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby Morrighan » 07 May 2010 12:08

É um livro que quero adquirir, sem sombra de dúvidas.

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby urukai » 01 Feb 2011 12:11

Estamos perante um livro que não o é mas que não podia deixar de o ser.

Eu passo a explicar.

Quando comecei a “Enciclopédia da Estória Universal” a minha primeira reacção foi de crítica ao formato escolhido pelo autor, Afonso Cruz. O livro está organizado por secções ordenadas alfabeticamente, uma para cada letra, que contém entradas para diversas temáticas. Contudo, não existe uma linha condutora ou uma estrutura para o tipo de entradas. Cada tema assume-se como fragmentos desgarrados de textos que foram abruptamente surripiados das suas fontes originais e plasmados ali, sem contexto ou ordem. Ou seja, o formato livro não me pareceu o mais adequado para aquilo. Pensei que talvez tivesse resultado melhor um blog em que o autor, à medida da imaginação e vontade, ali ia colocando pensamentos, ideias, teorias, resquícios de sonhos e, também, de pesadelos. Contrafeito, lá segui a leitura.

A rejeição ao formato manteve-se até ao final mas o conteúdo suplantou de tal forma essa questão que a mesma se tornou plenamente secundária. Ao terminar a leitura reconheço que estou perante um portento de imaginação, acutilância, perspicácia, humor, assertividade e ironia que pinta um extraordinário quadro da humanidade. É certo que não há uma abordagem exaustiva como se pretenderia de uma verdadeira enciclopédia; é certo que algumas passagens são demasiado crípticas para a minha cultura; é certo que não existe um enredo coerente ou uma narrativa abrangente com princípio, meio e fim. Mas este é que não depende dessas coisas. É um livro que vive de trechos, que vive de frases e que vive de ideias, todos suspensos numa matéria etérea e indefinida que não se sabe nunca onde começa ou onde vai terminar. É um livro que sustenta a sua existência em observações deliciosas como “O chão é uma parede a dormir” ou a de que “A dúvida é o update da certeza”. É um livro que se foca nos pormenores para descrever o todo. É um livro que sendo inventado parece não ter sido. Por isso mesmo é um livro que, independentemente do formato, tinha de ter sido escrito.

Recomendo incondicionalmente. Mas, se forem adeptos da forma como eu, aconselho uma leitura nos espaços das outras, exactamente da forma como uma ideia se imiscui nos nossos afazeres diários.

User avatar
dracopt
Livro de Bolso
Posts: 222
Joined: 13 Jan 2010 10:42
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby dracopt » 01 Feb 2011 12:38

urukai wrote:...Contudo, não existe uma linha condutora ou uma estrutura para o tipo de entradas. Cada tema assume-se como fragmentos desgarrados de textos que foram abruptamente surripiados das suas fontes originais e plasmados ali, sem contexto ou ordem. Ou seja, o formato livro não me pareceu o mais adequado para aquilo. Pensei que talvez tivesse resultado melhor um blog em que o autor, à medida da imaginação e vontade, ali ia colocando pensamentos, ideias, teorias, resquícios de sonhos e, também, de pesadelos. Contrafeito, lá segui a leitura.

A rejeição ao formato manteve-se até ao final mas o conteúdo suplantou de tal forma essa questão que a mesma se tornou plenamente secundária. Ao terminar a leitura reconheço que estou perante um portento de imaginação, acutilância, perspicácia, humor, assertividade e ironia que pinta um extraordinário quadro da humanidade. É certo que não há uma abordagem exaustiva como se pretenderia de uma verdadeira enciclopédia; é certo que algumas passagens são demasiado crípticas para a minha cultura; é certo que não existe um enredo coerente ou uma narrativa abrangente com princípio, meio e fim. Mas este é que não depende dessas coisas. É um livro que vive de trechos, que vive de frases e que vive de ideias, todos suspensos numa matéria etérea e indefinida que não se sabe nunca onde começa ou onde vai terminar. É um livro que sustenta a sua existência em observações deliciosas como “O chão é uma parede a dormir” ou a de que “A dúvida é o update da certeza”. É um livro que se foca nos pormenores para descrever o todo. É um livro que sendo inventado parece não ter sido. Por isso mesmo é um livro que, independentemente do formato, tinha de ter sido escrito.

Recomendo incondicionalmente. Mas, se forem adeptos da forma como eu, aconselho uma leitura nos espaços das outras, exactamente da forma como uma ideia se imiscui nos nossos afazeres diários.


mmmm, se reparares, há de certa forma uma estrutura que vai sendo sendo criada ao longo do livro, na forma como as obras e personagens ficcionais se começam a citar umas às outras. É uma forma interessante de, a certo ponto, o livro ganhar uma "credibilidade" que de outra maneira seria mais difícil (impossível?) de atingir. E no modo como estas citações cruzadas se vão enrolando, tecendo umas nas outras, e os temas em que tocam, creio que está aí a tal estrutura que te parece faltar.
Assim, a leitura esporádica das entradas pode fazer perder na memória estas ligações. Mas sim, concordo que esta leitura não será para todos, mas principalmente para os mais pacientes... o que também é algo completamente inerente à obra... :D

Abraço,
Rogério

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby urukai » 01 Feb 2011 12:43

Sim,

essa organização e cross-reference eu reparei e penso que é importante e torna a leitura mais coesa. Mas um verdadeiro critério para as escolhas das entradas não consegui identificar.

User avatar
dracopt
Livro de Bolso
Posts: 222
Joined: 13 Jan 2010 10:42
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby dracopt » 01 Feb 2011 12:46

urukai wrote:Sim,

essa organização e cross-reference eu reparei e penso que é importante e torna a leitura mais coesa. Mas um verdadeiro critério para as escolhas das entradas não consegui identificar.

Como um jogo de cartas? Baralhar e voltar a dar? :P

Abraço,
Rogério

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby urukai » 01 Feb 2011 12:47

Sim, talvez,

e eu penso que no final, depois de finda a leitura, a obra ganha por essa aleatorização que representa o todo pelas partes.

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby pco69 » 01 Feb 2011 15:44

dracopt wrote:(...)
Mas sim, concordo que esta leitura não será para todos, mas principalmente para os mais pacientes... o que também é algo completamente inerente à obra... :D

Abraço,
Rogério

A minha paciência não aguentou e encostou o livro com ele +- a meio :mrgreen:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal

Postby urukai » 01 Feb 2011 15:51

O meu tb se foi encostando. Um livro que a Lady leria em 2 horas. A mim, demorou-me cerca de 1 mês! :blush:

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Enciclopédia da Estória Universal (Afonso Cruz)

Postby Cerridwen » 03 Jun 2011 10:52

(...) Trata-se de Enciclopédia da Estória Universal, de Afonso Cruz, e é uma pequena maravilha de invenção e escrita. Construído a partir de entradas alfabéticas, como uma enciclopédia, oferece-nos a mais pura ficção a parecer um conjunto de referências e citações de figuras arcaicas e ilustres (todas inventadas). E, se pode ser lido um pouco ao acaso (como comecei a fazer, saltando páginas), a verdade é que ganha em ser acompanhado de A a Z (o que acabei por fazer), pois frequentemente refere personagens com quem já nos cruzámos noutra entrada e cujo conhecimento é fundamental para tirarmos o máximo proveito de cada texto. Culto, borgesiano e extremamente divertido e sagaz, este é um excelente livro para ler na hora e meia que temos de vez em quando – e para reler, reler, reler...


Maria do Rosário Pedreira, in Horas Extraordinárias


Return to “Autores A - E”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron