O filho de mil homens - Valter Hugo Mãe

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

O filho de mil homens - Valter Hugo Mãe

Postby Cerridwen » 25 Sep 2011 10:14

O filho de mil homens
Valter Hugo Mãe


Editora: Alfaguara Portugal
ISBN: 9789896721077
Classificação: Romance
Páginas: 260

Sinopse: «Esta é a história de Crisóstomo que, chegando aos quarenta anos, lida com a tristeza de não ter tido um filho. Do sonho de encontrar uma criança que o prolongue e de outros inesperados encontros, nasce uma família inventada, mas tão pura e fundamental como qualquer outra.

As histórias do Crisóstomo e do Camilo, da Isaura do Antonino e da Matilde mostram que para se ser feliz é preciso aceitar ser o que se pode, nunca deixando contudo de acreditar que é possível estar e ser sempre melhor. As suas vidas ilustram igualmente que o amor, sendo uma pacificação com a nossa natureza, tem o poder de a transformar.

Tocando em temas tão basilares à vida humana como o amor, a paternidade e a família, O filho de mil homens exibe, como sempre, a apurada sensibilidade e o esplendor criativo de Valter Hugo Mãe.»

Valter Hugo Mãe nasceu em Angola, em 1971. É licenciado em Direito e tem uma pós-graduação em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea. Tem alguns romances publicados, O Apocalipse dos Trabalhadores (2008), O Remorso de Baltazar Serapião (2006, Prémio José Saramago) e O Nosso Reino (2004). A sua poesia está no volume Folclore Íntimo (2008). É também vocalista do grupo musical Governo (http://www.myspace.com/ogoverno).

User avatar
João Arctico
Dicionário
Posts: 537
Joined: 23 Oct 2009 23:16
Contact:

Re: O filho de mil homens - Valter Hugo Mãe

Postby João Arctico » 30 Sep 2011 22:14

Eis um desejo para o próximo Natal ;)
Tenho uma pessoa, do meu novo serviço, que mesmo sabendo que uma criança tinha hiv quis adoptá-la. Agora, após o divorcio, mantém uma luta diária para que a alegria não se apague do seu rosto. São estes os heróis do século do xxi,são estes os caminhos duma maternidade/paternidade que merecem todo o meu respeito e admiração.
"É isto o que, de todo em todo, pretendia o autor? Não sei; é a opinião do leitor que eu dou." Jean-Paul Sartre
"Mas mesmo aquilo que a gente não se lembra de ter visto um dia, talvez se possa ver depois de algum viés da lembrança" Chico Buarque in Estorvo


Return to “Autores K - O”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 10 guests

cron