Mil Novecentos e Oitenta e Quatro

User avatar
Steerpike
Edição Limitada
Posts: 1187
Joined: 07 Jan 2006 19:09
Location: Lisboa, Portugal
Contact:

Re: Mil Novecentos e Oitenta e Quatro

Postby Steerpike » 29 May 2007 03:10

Muito boa capa. O rosa irónico, a imagem posterizada (pelo menos assim parece) para uma distopia que não aceita meios termos, a machadinha das câmaras de circuito fechado hoje tão comuns nas ruas de Londres . . . O posicionamento e dimensão do título não me agrada tanto, mas as letras garrafais na capa parecem ser imagem de marca da Antígona, por isso seja. Very nice.

Abraços,
Luís
The vorpal blade went snicker-snack!

srd
Dicionário
Posts: 534
Joined: 22 Feb 2008 11:59
Contact:

Re: 1984

Postby srd » 01 Aug 2008 13:01

Mais uma vez a ressuscitar um tópico antigo :hypocrite:

em minha defesa tenho a dizer que " mais vale tarde do que nunca" para ler o livro ....

Eu gostei muito, mas mesmo muito do livro, e, recomendo a todos os que ainda não leram (que devem ser poucos os que andam por aqui).

Não é um livro que fiquemos indiferentes ou que nos passe ao lado ... uma distopia teria que trazer necessariamente emoções .... mais quando são postos em causa valores/elementos que valorizamos tais como a liberdade, informação, segurança, ....

Irei certamente ler mais sobre o assunto o "Admirável Mundo Novo" já está na lista...

Do autor a seguir irei ler "Animal Farm"

SD

User avatar
Dharma
Enciclopédia
Posts: 782
Joined: 02 Aug 2007 12:13
Location: Vialonga
Contact:

Re: 1984

Postby Dharma » 07 Aug 2008 10:31

Bem, estou a ver que tenho de ser a voz discordante....














Tou a gozar. Li este livro há uns anitos e fiquei simplesmente fascinada. O ambiente, as personagens (e achei que o John Hurt fez um papel soberbo no filme)... a opressão da sociedade, o Big Brother... Como o Stabb disse antes, e muito bem, "Quem a certas alturas não sente que está a ser controlado como Winston?".

Está na minha lista dos "10 melhores livros que li".

D.
"The mind is its own place, and in it self
Can make a heaven of hell, a hell of heaven."

srd
Dicionário
Posts: 534
Joined: 22 Feb 2008 11:59
Contact:

Re: 1984

Postby srd » 07 Aug 2008 14:59

Dharma wrote:Bem, estou a ver que tenho de ser a voz discordante....

Aqui comecei a arregaçar as mangas ....


Dharma wrote:Tou a gozar.
(...)
Está na minha lista dos "10 melhores livros que li".
D.

E aqui voltei a puxá-las para baixo! :laugh:

Também ficou na minha lista dos melhores livros que li :wink:

SD

User avatar
virose_pt
Dicionário
Posts: 542
Joined: 01 Feb 2008 15:13
Location: Malcasa Point
Contact:

Re: 1984

Postby virose_pt » 07 Aug 2008 15:29

Apesar de gostar do 1984, sempre gostei mais do Animal Farm, seguramente no meu Top 10.

O outro livro que li do Orwell foi o "Na penúria em Paris e Londres" e gostei muito mesmo. Lembro-me que o comprei num daqueles alfarrabistas do Porto há uns 10 anos. Relata as andanças dele por aquelas duas cidades.

Livros2amao
Comic Book
Posts: 105
Joined: 26 Jan 2008 22:37
Location: Portugal
Contact:

Re: 1984

Postby Livros2amao » 07 Aug 2008 18:22

virose_pt wrote:Apesar de gostar do 1984, sempre gostei mais do Animal Farm, seguramente no meu Top 10.

O outro livro que li do Orwell foi o "Na penúria em Paris e Londres" e gostei muito mesmo. Lembro-me que o comprei num daqueles alfarrabistas do Porto há uns 10 anos. Relata as andanças dele por aquelas duas cidades.



Também já li esses 3 livro de Orwell, e apesar de serem bem diferentes, gostei de todos. Estou curiosa pelo resto da sua obra.
<a href="http://livros2amao.blogspot.com/" target="_blank"><!--coloro:#0000ff--><span style="color:#0000ff"><!--/coloro-->http://livros2amao.blogspot.com/<!--colorc--></span><!--/colorc--></a><br />Venda de livros em 2ª mão

Ray_of_Darkness
Encadernado a Couro
Posts: 342
Joined: 14 Aug 2007 17:28
Location: Porto
Contact:

Re: 1984

Postby Ray_of_Darkness » 13 Oct 2008 21:51

Ora aqui fica a opinião de quem só à 3ª tentativa conseguiu ler o livro até ao fim. :whistling:

Devo confessar que mudei a minha opinião. Desta vez não senti vontade de pousar o livro, embora em algumas alturas me tenha aborrecido (na parte em que Winston lê o livro do Goldstein). Fora isso, li a um bom ritmo, sempre com curiosidade para saber o que viria a seguir. Achei a escrita agradável e em certos momentos conseguia visualizar aquele ambiente. O final do livro não foi inesperado; no entanto fiquei como que enternecida e com pena do Winston. Gostei bastante desta personagem, ao contrário da Julia. Talvez por o livro ser contado do ponto de vista dele, não sei... Achei este livro bastante bom e surpreendeu-me depois de eu o ter rejeitado por 2 vezes.

De resto só tenho a dizer que não considero, pessoalmente, o 1984 como ficção científica. Isto porque não acho que a ciência esteja muito presente na história. Qual a base para considerar este romance nessa categoria? Parece-me mais centrado em situações/problemas sociológicos do que propriamente científicos. Consideram FC apenas por ser uma sociedade constantemente vigiada e controlada? Não sei... Se a minha biblioteca estivesse por temas, este não estaria em FC. Ao contrário do "Admirável Mundo Novo", já que nesse vejo bem a presença da ciência em toda a história.

Alguém que me faça mudar de ideias? :unsure:
<a href="http://madebynatercia.blogspot.com" target="_blank">Made By...Natércia</a>

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: 1984

Postby Samwise » 14 Oct 2008 10:40

Ray_of_Darkness wrote:De resto só tenho a dizer que não considero, pessoalmente, o 1984 como ficção científica. Isto porque não acho que a ciência esteja muito presente na história. Qual a base para considerar este romance nessa categoria? Parece-me mais centrado em situações/problemas sociológicos do que propriamente científicos. Consideram FC apenas por ser uma sociedade constantemente vigiada e controlada? Não sei... Se a minha biblioteca estivesse por temas, este não estaria em FC. Ao contrário do "Admirável Mundo Novo", já que nesse vejo bem a presença da ciência em toda a história.

Alguém que me faça mudar de ideias? :unsure:


Eu! Eu! :devil2:

É defensável a colocação do livro na prateleira da Ficção Científica por vários motivos, embora a minha opinião esteja mais de acordo com a tua.

Lê aqui este tópico (e ignora o que eu escrevi na altura, mesmo a propósito do 1984): http://www.bbde.org/index.php?showtopic=2130

Se hoje surgisse um livro de falasse de uma sociedade vergada por uma distopia (um dos sub-géneros identificados na explicação), situando-se a intriga vinte ou trinta anos no futuro, e em que o estado vigia, por imposição, os cidadãos no próprio "conforto" dos seus lares enquanto controla toda a informação que é divulgada por qualquer orgão/instituição... então podemos aceitar que essa opinião seja válida.

A minha perspectiva sobre este assunto é a de que não podemos exclusivisar a dependência de um livro atando-o a um género só porque nele encontramos algumas ideias que nele encaixam. Por outras palavras, por abordar uma distopia, e por se situar vagamente no futuro, o "1984" não tem de ser automaticamente FC - é muito mais apropriada a expressão: "contém elementos de FC". Fazer o contrário seria mais ou menos como colocar o "Baudolino" do Eco numa secção de Fantasia por causa de alguns seres imaginários que por lá habitam...

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

J_Adonis
Livro de Bolso
Posts: 176
Joined: 09 May 2007 12:06
Location: Portela
Contact:

Re: 1984

Postby J_Adonis » 14 Oct 2008 10:56

Samwise wrote:Fazer o contrário seria mais ou menos como colocar o "Baudolino" do Eco numa secção de Fantasia por causa de alguns seres imaginários que por lá habitam...


Ou o Camões.... estou-me agora a lembrar, só para não ir mais longe, de umas ninfas, monstros e quejandos que habitam a obra maior do velho Luís...
Com um martelo na mão, tudo nos parece a cabeça de um prego. <br /><img src="http://www.stickergiant.com/Merchant2/imgs/125/mcs87_125.gif" border="0" class="linked-sig-image" />

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: 1984

Postby grayfox » 14 Oct 2008 11:27

Cada livro é um livro, rotular por géneros é sempre redutor IMHO!
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

Ray_of_Darkness
Encadernado a Couro
Posts: 342
Joined: 14 Aug 2007 17:28
Location: Porto
Contact:

Re: 1984

Postby Ray_of_Darkness » 14 Oct 2008 13:34

Samwise wrote:Eu! Eu! :devil2:

É defensável a colocação do livro na prateleira da Ficção Científica por vários motivos, embora a minha opinião esteja mais de acordo com a tua.

Lê aqui este tópico (e ignora o que eu escrevi na altura, mesmo a propósito do 1984): http://www.bbde.org/index.php?showtopic=2130

Se hoje surgisse um livro de falasse de uma sociedade vergada por uma distopia (um dos sub-géneros identificados na explicação), situando-se a intriga vinte ou trinta anos no futuro, e em que o estado vigia, por imposição, os cidadãos no próprio "conforto" dos seus lares enquanto controla toda a informação que é divulgada por qualquer orgão/instituição... então podemos aceitar que essa opinião seja válida.

A minha perspectiva sobre este assunto é a de que não podemos exclusivisar a dependência de um livro atando-o a um género só porque nele encontramos algumas ideias que nele encaixam. Por outras palavras, por abordar uma distopia, e por se situar vagamente no futuro, o "1984" não tem de ser automaticamente FC - é muito mais apropriada a expressão: "contém elementos de FC". Fazer o contrário seria mais ou menos como colocar o "Baudolino" do Eco numa secção de Fantasia por causa de alguns seres imaginários que por lá habitam...

Sam


Estive a ler o tópico e ainda não estou muito convencida. Partilho a tua perspectiva, o livro tem elementos de FC, mas não creio que seja o suficiente para ser esse o seu rótulo. Concordo com o grayfoxpt, colocar por géneros é redutor, mas sempre dá uma ajuda para poder compartimentar e conversar sobre. Um dos problemas que agora identifico, é que vi sempre o livro como passado; ou seja, não me lembrei que quando foi escrito pelo autor, 1984 seria no futuro. Como no início do livro, o Winston tenta fazer uma previsão do ano em que está e tende para 1984, a noção de "futuro" passou-me ao lado.

Não sei, vou vendo aproximações com a FC, mas ainda não consigo "enfiá-lo" nessa categoria. É verdade que aquela sociedade só é possível graças à ciência que desenvolveu as formas de vigia constante dos cidadãos... Acho que ainda tenho de reflectir mais sobre isto.
<a href="http://madebynatercia.blogspot.com" target="_blank">Made By...Natércia</a>

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: 1984

Postby Pedro Farinha » 24 Mar 2010 00:17

(a presente opinião pode conter alguns spoilers)

A acção deste livro de George Orwell decorre em 1984, num futuro próximo, uma vez que foi escrito em 1949. A terra está dividida em três estados totalitários, auto-suficientes, em guerra permanente e muito parecidos entre si.

Winston é um dos homens do partido externo, que trabalha no Ministério da Verdade e tem como profissão reescrever a história, pois o passado é permanentemente alterado neste regime, de forma a não haver contradições ou comparações perniciosas. Mas, Winston por vezes tem pequenos vislumbres do tempo antes da revolução e um dia apaixona-se, acto altamente proibido. Tudo isto o leva a questionar cada vez mais a doutrina do Partido.

Mas 1984 não é apenas a história de Winston e da sua amada Júlia, ou sequer dos opressores e oprimidos. É um livro que detalha uma doutrina totalitária, com pontes sólidas com o nazismo e o estalinismo, mas levada a um extremo. Uma verdadeira distopia.

Existe uma profunda análise política e sociológica no livro, aparecendo escrita como sendo o livro do pretenso opositor ao regime Goldstein, chefe da Fraternidade. Uma organização clandestina que combate o Partido mas que, no final, se induz que não existe, mas que é sim, uma falsidade criada pelo Partido. No livro de Goldstein, tal como no apêndice final sobre a novilíngua, o regime é descrito de forma cientifica e bem explicada a forma como o Partido conseguiu acabar com a alternância de poder e eternizar-se no poder.

Esta obra é verdadeiramente brilhante e fui feliz em ter resolvido relê-la, porque na verdade já a tinha lido, aos dez anos ou assim, e a imagem que tinha não era muito mais que de um livro tipo V de Vendetta. E, interessante também, ao lê-la já com esta provecta idade, é perceber as inúmeras referências que já li a esta obra noutras, sem me ter apercebido, sempre, que era a o 1984 que iam buscar a ideia.

Outro facto que me deu que pensar, e poderia ficar aqui a escrever umas quantas páginas sobre isso, é a comparação entre o 1984 e o Admirável mundo novo. Ambos excelentes, ambos visões derrotistas do futuro, nuns pontos muito coincidentes, noutros muito opostos.

Mas, e aprende-se sempre quando se fala com quem sabe, a Tzimbi explicou-me que os dois, entre outras referências, tiveram uma forte influência do Nós de Evgueny Zamiatin, pelo que não se trata de coincidência mas sim de um verdadeiro paralelismo entre os dois livros. E o Nós lá terá de ser um livro para ler um dia destes.

Finalmente, ao ler o perigo destes regimes totalitários, da questão de quem combate o poder querer basicamente, uma vez lá chegado substituir-se no poder e não alterar a forma de o exercer, fiquei com vontade de voltar a ler Kropotkine que diz coisas ingénuas mas lindas como esta:

Nós votamo-nos de corpo e alma á revolução social, e como qualquer programa de governo, tenha o nome que tiver, é um obstáculo à revolução, faremos ineficazes e baniremos todas as ambições individuais daqueles que pretendem erigir-se em legisladores do nosso destino. Basta, pois de governos: passagem livre ao povo, passagem franca à anarquia.


Por ultimo e apesar da enorme pressão que senti sobre os meus ombros que me deu vontade, logo, de dar apenas um 2 ou um 3 a este livro, a verdade é que mais forte que a minha tendência para contrariar os outros é ser honesto comigo próprio e este livro é obviamente um 10.

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: 1984

Postby urukai » 24 Mar 2010 00:29

Os Deuses foram aplacados!
Nice review. :)

User avatar
Arsénio Mata
Livro Raro
Posts: 1773
Joined: 01 Oct 2009 20:41
Location: Portimão
Contact:

Re: 1984

Postby Arsénio Mata » 24 Mar 2010 00:34

Só 10? :pissed: :P
E mais... Leste este livro com 10 anos? Fod*-**
Only in the bloodline is this terror exposed
A knife to the eye of modern day times
Exactly what you've worked for.

A price for the pride
I can feel the distance coming
The holes in my lungs
Won't let me take this anymore.

http://umhomemsimpatico.tumblr.com/

User avatar
Sharky
Edição Única
Posts: 4587
Joined: 19 Jun 2008 00:04
Location: Margem Sul
Contact:

Re: 1984

Postby Sharky » 24 Mar 2010 00:45

O meu deve chegar esta semana, mandei vir o de capa dura, é tão bonito :blush:


Return to “Autores K - O”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests