Saga Luz e Escuridão\Twilight (Stephenie Meyer)

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby Thanatos » 28 Oct 2009 16:51

grayfox wrote:por acaso também tinha a ideia que eles praticamente decidiam os vencedores das guerras de formatos, e pensei que tinham virado para os blu-ray...



Negativo. A AVN andou a propagandear o HD-DVD e a Private e uma outra editora que agora me escapa o nome começaram a lançar os «filmes» nesse formato.

Curiosamente o people consumidor destas obras queixou-se que a alta definição estragava algum do prazer por mostrar demasiado as pústulas e as nódoas negras das starlets, ao mesmo tempo que as miúdas se queixavam que a imagem assim não as favorecia. Por fim as maquilhadoras vieram a terreno dizer que não há maquilhagem que aguente close-ups a 1080p. Enfim, uma desgraça pegada.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby Samwise » 28 Oct 2009 16:56

Thanatos wrote:Curiosamente o people consumidor destas obras queixou-se que a alta definição estragava algum do prazer por mostrar demasiado as pústulas e as nódoas negras das starlets, ao mesmo tempo que as miúdas se queixavam que a imagem assim não as favorecia. Por fim as maquilhadoras vieram a terreno dizer que não há maquilhagem que aguente close-ups a 1080p. Enfim, uma desgraça pegada.


:lol2:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5487
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby pco69 » 28 Oct 2009 16:58

Thanatos wrote:(...)
Curiosamente o people consumidor destas obras queixou-se que a alta definição estragava algum do prazer por mostrar demasiado as pústulas e as nódoas negras das starlets, ao mesmo tempo que as miúdas se queixavam que a imagem assim não as favorecia. Por fim as maquilhadoras vieram a terreno dizer que não há maquilhagem que aguente close-ups a 1080p. Enfim, uma desgraça pegada.

:rofl2: it's not me :hypocrite:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby Thanatos » 28 Oct 2009 17:15

Vocês pensam que estou a inventar, né? :smile: Mas garanto-vos que li isso. Olhem aqui a prova: http://newsgroups.derkeiler.com/pdf/Archiv...01/msg04090.pdf
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Bubbles
Livro Raro
Posts: 1994
Joined: 29 Dec 2004 18:33
Location: Halifax
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby Bubbles » 27 Dec 2009 22:33

Comecei a ler Twilight por recomendação de algumas amigas, duas delas com gostos muito semelhantes aos meus e em quem costumo confiar para experimentar autores.

Como e suposto este livro ser bastante viciante guardei-o propositadamente para a minha longa viagem para casa. Seis horas de voo, outras tantas de espera no aeroporto para o transbordo e mais duas no ultimo voo deviam dar para ler o calhamaço, pensei eu. E realmente não fiz mal as contas, o problema foi mesmo ter achado a parte final do livro tão... inverosímil, digamos assim, que preferi passar as ultimas horas de espera no terminal a ouvir musica. Depois de estar em casa há uns dias respirei fundo e peguei no livro para o acabar. E deixei passar mais uns dias antes de escrever algo aqui :wink:

A escrita e bastante simples, o que funciona porque a historia e contada do ponto de vista de uma adolescente. E bem encadeada, fluida e realmente tem o seu que de viciante, em especial nos primeiros capítulos.

A personagem principal, Bella, deve conseguir apelar a quase todas as mulheres. Quem nunca passou pela fase awkward na adolescência? E fácil identificarmo-nos com ela, em pelo menos algumas características. E Edward e descrito para, propositadamente, nos despertar a curiosidade. E enquanto andam os dois no jogo do gato e do rato, gosto de ti, não gosto, quero, não quero esta e uma historia típica de namoro adolescente (mesmo sendo entre uma humana e um vampiro). Boa para entreter, que apela ao que se sentiu nessa altura da vida.

Mas, aos poucos, houve coisas que me começaram a chatear. A obsessão que tanto Bella como Edward demonstram e arrepiante. E por exemplo o Edward a dizer que espiava a Bella enquanto ela dormia (e ela a achar totalmente normal) e ela a querer ser transformada em vampira por causa dele (que afinal conhece há que, um par de meses?). E tudo isto a ser passado por um amor totalmente normal na historia. A minha suspensão de descrença só vai ate certo ponto...

E a parte que me fez largar o livro foi mesmo a fuga para onde a Bella vivia e tudo o que dai advém. Para alem de nem termos direito a ver os vilões explorados, so temos parvoíce atrás de parvoíce. E acabamos de uma forma totalmente anticlimática, ao não vermos o vilao a ser derrotado.

E já nem vou comentar a cena final no hospital ou do baile. Eu ai já só estava contente por estar a acabar, porque só me apetecia dar estaladas a Bella. E eu nem sou de me irritar com personagens, mas esta miúda tirou-me do serio umas quantas vezes durante a parte final.

Enfim, perspectivas para os próximos livros. Hei-de os ler, eventualmente. Nem que seja para me rir um bocado, porque pelas descrições que encontrei pela net esta saga transforma-se numa comédia :pcorn: Pode ser que os encontre baratinhos na loja em segunda mão, ou mesmo na biblioteca.

Twilight - 13 em 20.
"Não sou obrigada a jurar obediência às palavras de qualquer mestre" Horácio
"Um coração saudável tem um comportamento caótico"
Joana Augusto's Flick Photostream *** The Ground Beneath My Feet

AeGLos
Comic Book
Posts: 95
Joined: 23 Feb 2005 01:28
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby AeGLos » 28 Dec 2009 02:50

Concordo plenamente com a tua opinião sobre o livro: a senhora Meyer não é um prodigio na escrita (alias bem longe disso) mas tenho de lhe reconhecer o mérito de que escreveu este livro de uma maneira que o torna "acessivel" e de fácil leitura para todas as pessoas, e acrescento, de ambos os sexos. Aquilo que a mim me cativou na estória foi mesmo a descrição da tal primeira paixão de adolescente, que tende muitas vezes (e se calhar mais há uns anitos atras quando eu proprio o era, do que hoje em dia) a ser um tanto ou quanto obcessiva. Toda a involvência, as frases "românticas" proferidas quer pela Bella quer pelo Edward que por vezes roçam a tipica "frase de engate, o tal jogo do "gato e do rato", o amor proibido aliados a escrita "simples" como já referi, tornam o livro de facil e rápida leitura e despertou-me tamanha curiosidade que li o livro em tres tempos. Depois peguei no segundo e fiquei decepcionado...pegando nas palavras de uma amiga minha que leu todos os livros e que posso considerar uma fã (e não fanática), disse-me ela que gostou mais do filme "Lua Nova" do que do livro enquanto que o filme "crepusculo" não faz juz ao livro. Tendo dito isto, não estou especialmente curioso em relação aos dois ultimos livros da saga, mas sei que irei (eventualmente) compra-los e le-los.

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby Cerridwen » 20 May 2010 23:10

Opinião sobre Crepúsculo e Lua Nova

A saga Luz e Escuridão, de Stephenie Meyer, é composta pelos romances Crepúsculo (Twilight, 2005), Lua Nova (New Moon, 2006), Eclipse (Eclipse, 2007) e Amanhecer (Breaking Dawn, 2008). Dos quais li Crepúsculo e Lua Nova, editados pela Gailivro e traduzidos por Vera Falcão Martins.

Stephenie Meyer é licenciada em Literatura Inglesa pela Brigham Young University. E tornou-se conhecida mundialmente após a publicação de Crepúsculo, o seu primeiro romance. Todos os romances estiveram em várias listas de bestsellers. A adaptação de Crepúsculo e Lua Nova para o cinema contribuiu para o prolongamento da popularidade da série.

A história de Crepúsculo começa com a mudança de residência de Bella Swan, de Phoenix para Forks. A jovem vai viver com o pai e ingressa no Liceu de Forks, onde conhece o vampiro Edward Cullen. A partir daí a vida de Bella gira em torno de Edward e da sua condição de vampiro. Lua Nova dá continuidade à história dessas duas personagens.

Estas obras são bons exemplos de que um grande volume de vendas não demonstra que um livro tem qualidade. Os diálogos das personagens e a acção dos romances são fracos. Há demasiadas linhas de texto com a descrição física de personagens e sobre os pequenos gestos do quotidiano de Bella. A acção progride com poucos desenvolvimentos, chegando por vezes a ser repetitiva e, a introdução de seres míticos foi pouco aproveitada, vampiros e lobisomens parecem marcar presença apenas para tornar uma história de adolescentes apaixonados em algo mais complexo e original, o que é prejudicado pelos actos das personagens. A determinada altura de Crepúsculo, com agravamento em Lua Nova, os actos de Bella e de Edward, deixam de ser o reflexo de amor e afastam-se do que é considerado normal. No caso de Bella, em Lua Nova há várias situações em que os seus actos revelam perturbações mentais graves.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4347
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby Bugman » 25 May 2010 08:30

Cerridwen wrote:No caso de Bella, em Lua Nova há várias situações em que os seus actos revelam perturbações mentais graves.


Não consigo deixar de ler isto e :rotfl:
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby Cerridwen » 05 Jul 2010 14:44

Crítica de Alexandre Borges ao filme Eclipse: http://www.ionline.pt/conteudo/67235-acordem-nos-quando-isto-acabar

Parte do texto é aplicável aos livros da saga, destaco o seguinte:
Uma história sem sabor nem emoção, que anda a passo de caracol, suspense para acontecimentos sem qualquer importância, diálogos vazios e uma intrigante falta de contacto com o universo que deveria servir de matriz ao filme: os vampiros. Sabemos que os Cullen, a família de Edward (Pattinson), são vampiros porque de vez em quando uma personagem o recorda, porque na verdade podiam ser góticos, albinos, modelos no desemprego, mormons, técnicos oficiais de contas. No eixo da trama persiste o mesmo problema: Bella (Stewart) ama muito Edward e ele ama-a muito também. Ela quer ser vampira como ele e ele aceita, desde que casem. Mas nunca mais casam nem ele a transforma em vampira, porque se arriscavam a ficar sem assunto e afinal ainda há dois filmes e uns quantos milhões de dólares a fazer. Em todo o caso, Edward devia apressar-se: é que ele é imortal; já Bella, qualquer dia, ou entra na menopausa ou bate a bota.

Em cima deste terrível drama que só importa aos dois meninos, há, de novo, Jacob (Lautner). Para que serve ele, além de vender posters a moças de 12 anos? Para que Bella, a tal que ama muito Edward, fuja para os braços de outro, assim que o jovem pálido lhe disser uma palavra menos conveniente. Tudo muito maduro, portanto.

User avatar
Anibunny
Edição Única
Posts: 2814
Joined: 10 Jun 2009 23:11
Location: Porto
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby Anibunny » 05 Jul 2010 16:46

O filme alimenta-se da expectativa criada para esse confronto final, alegadamente temível. Mas, quando vem, o exército é afinal uma dúzia de zombies desastrados, a luta um exercício académico de finalistas do curso de efeitos digitais e tudo acaba quando ainda mal tinha começado


quando os críticos virem o Breaking Dawn vão chorar de tanto rir que foi o que eu fiz XD

Spoiler! :
Edward: Oh nao vem aí os Volturi para nos matar a todos
Bella: mas eu agora sou vampira e vou lutar
... passado 400 páginas

Edward: Oh não os Volturi estão aí
Bella: Querem chá?
Volturi: Sim obrigado... adoro a vossa casa nova

Leitor: -.-" onde é que está o sangue?????

User avatar
Leo Turilli
Edição Limitada
Posts: 1167
Joined: 29 Oct 2007 18:39
Location: Lisboa
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby Leo Turilli » 06 Jul 2010 20:14

Anibunny wrote:
Spoiler! :
Leitor: -.-" onde é que está o sangue????


Hmm... sangue num livro da Vampiros? Onde foste buscar essa ideia? :whistle:

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5487
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Crepúsculo

Postby pco69 » 10 Mar 2011 19:03

Image
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4347
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Saga Luz e Escuridão\Twilight (Stephenie Meyer)

Postby Bugman » 23 Jan 2013 10:33

Scandalous: 8 Reasons Intelligent Writers Must Read Twilight

Rob D. Young wrote:1. Twilight sells
(...)
2. Meyer employs a powerful archetypal story
(...)
3. Bella may be an effective "projection screen" protagonist
(...)
4. Meyer isn't as bad as we like to pretend
(...)
5. The world and characters are interesting
(...)
6. Meyer's sense of suspense is brilliant
You'll forgive me for ruining the plot of the second book for you. Here's what happens:
Edward leaves. A few hundred pages later, Edward comes back. The end.
(...)
7. You can learn from Meyer's weaknesses
(...)
8. Reading Twilight gives you the right to bash on it
(...)
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Saga Luz e Escuridão\Twilight (Stephenie Meyer)

Postby Samwise » 23 Jan 2013 14:41

O ponto 4 tem um texto associado que achei interessante - e que no seu inverso também funciona.

Twilight suffers at the sentence level. For practiced writers, it can sometimes be painful to read. However, being godawful at some things doesn't preclude being good at others.

Meyer is good at the macro level. As writers, you and I often obsess over the micro level. Beautiful sentences matter to us. But not to all of our readers. To them, a worn cliche may be indistinguishable from a beautifully novel display of craft. There's nothing wrong with taking care of that audience---by both decreasing our obsession with the micro level and paying more attention to the macro level of our storytelling.


Granted! - melhor, melhor é mesmo ter os dois níveis preenchidos (muito à semelhança do se passa em relação ao "estilo" vs "conteúdo") - mas o que importa salientar é que as "fraquezas" não tem necessariamente de eclipsar as "forças", e que o nosso sentido de "aproveitamento" pode à mesma servir-se de pormenores que por vezes não sabemos onde estão para moldar o gosto - este é um caso. Sei que vou ser apedrejado pelo que vou dizer a seguir, mas como não li o Twilight, tenho de me basear em casos que conheça para identificar um padrão. Kafka e Huxley, nas versões traduzidas. Em termos "micro", os textos andam perto do horripilante, mesmo que aqui não se esteja a falar de clichés. Em termos "macro" estão entre os melhores.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4347
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Saga Luz e Escuridão\Twilight (Stephenie Meyer)

Postby Bugman » 23 Jan 2013 17:32

Mas para fazer essa avaliaçao temos, parece-me, de recorrer ao original. Como dizem os italianos traduttore, traditore e pode bem acontecer que um tradutor "mais ofendido" acabe por conferir à obra uma qualidade que originalmente nao tinha. Pode também acontecer que um tipo menos hábil se perca ou que simplesmente as diferenças linguísticas tornem quase impossível uma traduçao fiel. O que pode ser o caso com o Twilight, face às naturais diferenças de léxico do português para o inglês. Ou alemao para português. ;)
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela


Return to “Autores K - O”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron