Atlas das Nuvens - David Mitchell

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Cerridwen » 05 Dec 2011 11:55

Estava a fazer umas alterações ao tópico quando me deparei com os diálogos sobre o preço do livro. E vi que ninguém falou sobre o preço actual - 9,99€. O mesmo que eu paguei por ele há cerca de um ano atrás.

É dificíl compreender os motivos por detrás desta mudança de preço. Será que tem a ver com as vendas? Já reparei que outros livros do grupo Leya foram alvo do mesmo tratamento.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Thanatos » 05 Dec 2011 11:58

Com excesso de stock a baixa de preço pode ser uma estratégia. O pessoal por vezes não se apercebe que o espaço de armazém custa dinheiro. :D
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Samwise » 05 Dec 2011 12:23

Vai já para a lista-de-compras-que-será-a-curto-prazo-a-partir-do-momento-e_reader. Como o Darwinia, que também se perdeu com o passar do tempo.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Samwise » 26 Nov 2012 11:58

Vou a meio. Está a cativar-me o suficiente para a leitura seguir a um bom-ritmo (para os meus parâmetros), mas é um livro estranhíssimo - com um estilo literário bem apurado (e ainda não cheguei à parte do texto à "Laranja Mecânica", pelo que percebi), mas com uma linha narrativa... hmmm... que ainda não é linha (ver post do pco). :mrgreen:

Estou a gostar IMENSO de algumas particularidades, em concreto: as "pequenas" homenagens literárias dispersas ao longo das histórias, que por referênciação directa, quer em jeito de homenagem (a parte da entrevista ao humanóide conjuga de maneira fabulosa o Brave New World e o Flowers for Algernon); e o sentido de humor - por vezes directo, outras vezes desconcertante, quando não estamos mesmo à espera.

À parte disto, estou curioso para perceber o propósito prático da estruturação narrativa "retalhada"... :bbde:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Sharky
Edição Única
Posts: 4587
Joined: 19 Jun 2008 00:04
Location: Margem Sul
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Sharky » 26 Nov 2012 15:28

Tenho esse livro em pt há mais de um ano, mas ainda não me chamou. Não há por aí um filme a estrear com o Tom Hanks sobre este livro?

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Samwise » 26 Nov 2012 17:18

Sharky wrote:Tenho esse livro em pt há mais de um ano, mas ainda não me chamou. Não há por aí um filme a estrear com o Tom Hanks sobre este livro?


Yep. Pela gente que fez o Matrix. :)
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby pco69 » 28 Nov 2012 15:05

Mas com o livro da D. Quixote ainda disponível a 9.9, (http://www.fnac.pt/Atlas-das-Nuvens-Dav ... ll/a197249) porque é que alguém (que não seja um tanso), vai dar 19.9 pela versão da Presença? :ph34r:

TAREIAINZAJERAR? :pipoca:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

urukai
Edição Única
Posts: 3232
Joined: 07 Aug 2008 23:35
Location: Lisboa
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby urukai » 28 Nov 2012 15:08

Samwise wrote:
Sharky wrote:Tenho esse livro em pt há mais de um ano, mas ainda não me chamou. Não há por aí um filme a estrear com o Tom Hanks sobre este livro?


Yep. Pela gente que fez o Matrix. :)


Não é pela mesma gente.

O matrix foi por dois irmãos, este é por um irmão e uma irmã. :twisted:

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Samwise » 28 Nov 2012 15:12

pco69 wrote:TAREIAINZAJERAR? :pipoca:


Já cheguei a essa parte. :clap: (e entretanto li uma página que muda de repente o sentido da narrativa anterior... ^_^ ... numa dimensão que não estava mesmo à espera)


urukai wrote:
Samwise wrote:Yep. Pela gente que fez o Matrix. :)


Não é pela mesma gente.

O matrix foi por dois irmãos, este é por um irmão e uma irmã. :twisted:


lol

Ok - vou argumentar antes que, lá no fundo, ainda são as mesmas pessoas. :devil:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Bugman » 28 Nov 2012 15:46

Samwise wrote:Ok - vou argumentar antes que, lá no fundo, ainda são as mesmas pessoas. :devil:


Eu pensava que essa diferença estava no "fundo"... :whistle:
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Samwise » 28 Nov 2012 17:35

Bugman wrote:
Samwise wrote:Ok - vou argumentar antes que, lá no fundo, ainda são as mesmas pessoas. :devil:


Eu pensava que essa diferença estava no "fundo"... :whistle:


Isto deve vir na sequência da discussão acerca do significado inplícito da beleza no "Espelho, espelho meu..." na Branca de Neve. :P
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Samwise » 05 Dec 2012 20:16

Estou a tentar escrever qualquer coisa sobre o livro e não sei bem por onde começar. Aliás, já é a terceira ou quarta vez que começo o post para depois o deitar fora por completo e tornar ao princípio. Não quero fazer mais uma sinopse com as 6 histórias separadas no tempo que se interligam, blá-blá-blá, etc., etc., e com ela encher 3/4 do texto para rematar com um "gostei muito", porque essa é a abordagem que se encontra aos pontapés aí pela net fora (sobre o livro e sobre o filme).

Vou antes falar daquilo que do meu ponto de vista falhou neste “de outro modo grande romance literário”: o sumo metafísico espremido depois da leitura é praticamente nulo, sob qualquer ponto de vista. A quantidade e a abrangência de temáticas, perspectivas, pormenores e particularidade sobre o significado da vida e sobre a condição humana, bem como o modo como tudo se relaciona, impressionam mais pela inteligência com que são cozidos ordenadamente no meio daquilo que aparenta ser um caldeirão caótico narrativo do que pelo impacto prático na nossa maneira de olhar para o mundo. Dito de outro modo, não é nada que nós já não saibamos (mesmo quando entramos no domínio das crenças) e não é nada que nos vá fazer encarar as coisas de outra maneira, apesar da vertigem artística do revestimento (neste campo é onde o livro marca efectivamente pontos, porque o estilo literário está bem acima da vulgaridade e faz-nos às tantas agarrar numa leitura quase erudita como se de um filme de acção se tratasse: não conseguimos "tirar olhos do ecrã" - a segunda parte do livro é mesmo uma montanha russa emocional). De um ponto de vista narrativo, o suposto elo que liga as personagens entre si (todas elas interessantes e psicologicamente bem desenvolvidas) é demasiado ténue a ponto de não poder ser levado a sério como pretexto para juntar as 6 histórias, para além de ter também pouco significado “filosófico” (ok, acredita-se na reencarnação, mas e depois?). É muito mais o tema dominante que tudo liga e reúne debaixo do mesmo tecto (a nossa natureza predatória implacável vs a nossa vontade de sobreviver) do que as marcas físicas identificadoras da alma, ou as camadas numa consciente "matrioshka-literária" entre as parcelas da história. De um ponto de vista meramente "espiritual", pouco separa este livro de por exemplo algo como "O Alquimista", de Paulo Coelho, embora este último tente vender mais descaradamente a mensagem (também presente em Cloud Atlas) sobre as indefinições do destino, as certezas do mal e sobre os sinais que podemos seguir até "à salvação".

Ainda de outra perspectiva, é muito mais forte a nossa simpatia e apego às personagens, e a vontade de seguir as situações em que as vemos cair, do que a interiorização aquiescente ou tácita das eventuais lições de vida que retiramos no decorrer da leitura - mas a questão é que as duas vertentes estão encadeadas como se de uma coesa estrutura molecular se tratasse, a ponto de ser difícil aventurar uma separação. À conta desse savoir-faire intelectual por parte do autor, lá nos deixamos levar, com vontade, pelo trâmites da história. Torno a referir, do ponto de vista estilístico, o livro é um deleite (muito, muito bom – “gostei muito”) e vai certamente cativar os mais exigentes – é universal porque conjuga uma certa abrangência temática com o apuro formal da prosa, sempre fresca, inventiva, e, ainda que por vezes intrincada, nunca maçadora.

Nota final: 8/10 (com a ressalva de que a prosa por si só vale os 10 pontos).

Estou curioso para saber o que é que a linguagem cinematográfica e a criatividade dos irmãos Wachowski trazem de valor acrescentado ao livro, já que o prazer literário que tanto me agarrou é intransponível para o ecrã - e por esse lado vou certamente perder. Estou também curioso para ver se a atribuição de múltiplos papéis a cada actor traz mais “cola aglomeradora” entre as 6 narrativas do que a forma como a ligação foi tentada no livro.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Thanatos » 05 Dec 2012 20:32

Li o livro há uns anitos... não me disse nada... aliás em bom rigor já nem me lembro do dito cujo.

O mesmo sucedeu ao Life of Pi...

O que não augura nada de bom (na minha ótica) para as versões de Cinema.

Trocando por miúdos como diria o Carlos Cruz, este ano adaptação para Cinema só há uma O Hobbit e mais nenhuma. :bow: (tão estranho eu já contar que vou gostar duma coisa que ainda nem vi, tão out of character vindo de mim <_< )
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Bubbles
Livro Raro
Posts: 1994
Joined: 29 Dec 2004 18:33
Location: Halifax
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby Bubbles » 28 Dec 2012 00:34

O Atlas das Nuvens e realmente um livro dificil de comentar sem cair no cliche de explicar que sao 6 historias entrelaçadas e blablabla... e tentando nao cair nesse cliche, houve dois aspectos que me impressionaram e fizeram adorar o livro.

O primeiro e a mestria de Mitchell a escrever em estilos tao distintos, com personagens diferentes, e conseguir faze-lo de um modo consistente, sem perda de qualidade. A ultima historia entao, com linguagem muito "Laranja Mecanica" consegue ser estranha mas perceptivel o suficiente para o leitor nao se perder.

O segundo e o arco de ideologia geral que liga as seis historias. E nao, nao e a noçao de uma historia de amor que ultrapassa tempo e espaço, ou a noçao de reencarnaçao e procura espiritual que me tocou. Para mim, foi o grande arco de ligaçao entre as historias foi a luta de um individuo contra a sociedade opressora dominante. Apesar desta noçao ser mais tenue em algumas historias (so no final da historia de Adam Ewing nos apercebemos que ele se tornou abolicionista) do que noutras (a mais dominante e a historia de Sonmi) esta sempre presente. E que, qualquer que seja a epoca, ha sempre quem esteja disposto a sacrificar algo para lutar pelo que acredita.
Spoiler! :
What is any ocean but a multitude of drops?


O que me levou a reflectir... se ha sempre quem esteja sempre disposto a lutar, porque e que o ultimo futuro e tao negro? O livro acaba de uma forma optimista, mas se olharmos para o futuro de Zachry, a esperança numa sociedade nao opressiva e algo que nao abunda. A unica explicaçao que para mim faz sentido e porque repetimos sempre os mesmos erros. Talvez estejamos destinados a isso.

4.5/5

Como adenda, vi ontem o filme e fiquei possessa com a alteraçao do final da historia do Zachry. E so depois de me sentar e tentar perceber porque, e que me apercebi do que escrevi acima foi o que mais me tocou no livro. Go figure!
"Não sou obrigada a jurar obediência às palavras de qualquer mestre" Horácio
"Um coração saudável tem um comportamento caótico"
Joana Augusto's Flick Photostream *** The Ground Beneath My Feet

User avatar
MAGG
Livro Raro
Posts: 2010
Joined: 11 Sep 2009 13:26
Location: Mar de Dentro ...
Contact:

Re: Atlas das Nuvens - David Mitchell

Postby MAGG » 28 Dec 2012 02:01

Agora ainda fiquei com mais curiosidade de lêr o livro.


Return to “Autores K - O”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron