E os Hipopótamos Cozeram nos Seus Tanques

Todos os lançamentos e opiniões cuja categorização não caiba nos sub-fórums alfabéticos permanecem aqui.
User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

E os Hipopótamos Cozeram nos Seus Tanques

Postby Cerridwen » 06 Feb 2013 17:31

E os Hipopótamos Cozeram nos Seus Tanques
Jack Kerouac, William S Burroughs


Editora: Quetzal
ISBN: 9789897220760
Classificação: Romance
Publicação: 22 de Fevereiro

Sinopse: ««O assassínio que deu origem aos Beats» tornou-se uma história muitas vezes contada, mas não foi a morte de Kammerer que embalou o berço dos Beats; foi a força vital, intelectual e sexual, do adolescente Lucien Carr, alimentado por Kammerer desde a puberdade numa dieta rica em excessos poéticos: o sopro divino de Baudelaire; os actes gratuits de Gide; e a ligação apaixonada entre Verlaine e Rimbaud. E depois Dave e Lucien caíram na loucura, representando esses papéis malditos nas suas próprias vidas.

Em E os Hipopótamos Cozeram nos seus Tanques, Jack e Bill retrataram um caso trágico de uma relação mentor/discípulo que correu mal e a natural crueldade da juventude. No entanto, a dificuldade ficcional [neste romance] estava em que a morte de Kammerer não foi o termo de uma história, mas o começo de uma outra. Com Kammerer morto e Carr preso, restavam três: Burroughs, Kerouac, e Ginsberg... E embora nenhum deles tenha visto a sua obra publicada na década que se seguiu à morte de David, foram eles que o destino quis ver reconhecidos, literariamente e não só.”

E os Hipopótamos Cozeram nos seus Tanques é o livro perdido de W.S. Burroughs, o livro perdido de Kerouac, o livro que permaneceu inédito durante mais de 60 anos e se tornou uma lenda.»

Excerto de uma entrevista a Jack Kerouac: http://quetzal.blogs.sapo.pt/382626.html

Return to “Vários”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron