Obras em consideração

Obras Portuguesas em Domínio Público
User avatar
miriuska
Panfleto
Posts: 25
Joined: 17 Feb 2014 12:33
Contact:

Re:

Postby miriuska » 28 Mar 2014 12:00

vampiregrave wrote:
miriuska wrote:
Aquilino Ribeiro não é possível dado que faleceu em 1963. Já Gil Vicente irá decerto integrar o nosso catálogo. Quanto às obras estrangeiras, estão dependentes da existência de tradução em domínio público, dado que são demasiados extensas para o efectuar tradução em grupo aqui no fórum.


OK, pensei que fosse a obra que tivesse de ter mais de 70 anos para estar em domínio público e não tinha percebido isso da tradução em domínio público. É mais um aspecto a incluir nas investigações.
Lembrei-me ainda de Molière. Acho que teatro seria um contributo interessante, possivelmente com mais saída que a poesia, e dei preferência a obras mais pequenas, também mais populares e mais fáceis de processar. A escoha é vasta, mesmo dentro das limitações que temos. Bom trabalho a todos

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Re:

Postby vampiregrave » 28 Mar 2014 12:49

miriuska wrote:
vampiregrave wrote:
miriuska wrote:
Aquilino Ribeiro não é possível dado que faleceu em 1963. Já Gil Vicente irá decerto integrar o nosso catálogo. Quanto às obras estrangeiras, estão dependentes da existência de tradução em domínio público, dado que são demasiados extensas para o efectuar tradução em grupo aqui no fórum.


OK, pensei que fosse a obra que tivesse de ter mais de 70 anos para estar em domínio público e não tinha percebido isso da tradução em domínio público. É mais um aspecto a incluir nas investigações.
Lembrei-me ainda de Molière. Acho que teatro seria um contributo interessante, possivelmente com mais saída que a poesia, e dei preferência a obras mais pequenas, também mais populares e mais fáceis de processar. A escoha é vasta, mesmo dentro das limitações que temos. Bom trabalho a todos


Teatro é, de facto, uma via que gostaria de explorar dentro em breve. O principal problema será garantir uma formatação apropriada em EPUB, mas nada que não se consiga com algum tempo e paciência.

User avatar
Jack
Manifesto
Posts: 55
Joined: 05 Jan 2014 01:33
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby Jack » 04 Apr 2014 22:10

Bugman wrote:Ui os autos... Aqui há uns tempos tive em mãos (está em minha casa em PT) uma edição, alegadamente no português original, dos autos das barcas e aquilo era pior que espanhol!

De qualquer das formas, sou todo a favor dos autos.

A maioria dos Autos de Gil Vicente eram Bilingues. Castelhano e Português Arcaico. E alguns deles foram até escritos numa mistura de ambas as línguas. E no Auto das Fadas até uma língua ele (re)inventou :lol!:

Eu tenho um aqui em casa um calhamaço antiquíssimo que contém todas (sem certeza) as obras de Gil Vicente. Este livro contém também obras de Garcia de Resende, Sá de Miranda, Bernardim Ribeiro, António Ferreira, Diogo Bernardes. Eventualmente poderei estar interessado em ajudar se alguma das obras se debruçar sobre autores do Sec. XV, Sec. XVI e Sec. XVII.

E já agora deixo aqui a minha sugestão: Menina e Moça de Bernardim Ribeiro.

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby vampiregrave » 04 Apr 2014 22:14

Jack wrote:
Bugman wrote:Ui os autos... Aqui há uns tempos tive em mãos (está em minha casa em PT) uma edição, alegadamente no português original, dos autos das barcas e aquilo era pior que espanhol!

De qualquer das formas, sou todo a favor dos autos.

A maioria dos Autos de Gil Vicente eram Bilingues. Castelhano e Português Arcaico. E alguns deles foram até escritos numa mistura de ambas as línguas. E no Auto das Fadas até uma língua ele (re)inventou :lol!:

Eu tenho um aqui em casa um calhamaço antiquíssimo que contém todas (sem certeza) as obras de Gil Vicente. Este livro contém também obras de Garcia de Resende, Sá de Miranda, Bernardim Ribeiro, António Ferreira, Diogo Bernardes. Eventualmente poderei estar interessado em ajudar se alguma das obras se debruçar sobre autores do Sec. XV, Sec. XVI e Sec. XVII.

E já agora deixo aqui a minha sugestão: Menina e Moça de Bernardim Ribeiro.


Dá uma olhada neste tópico então. ;)

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby vampiregrave » 08 Apr 2014 12:17

Ando a ponderar esta (fiquei com certa curiosidade pela obra de Arnaldo Gama depois da entrevista com Rentes de Carvalho):

O Balio de Leça
Romance histórico, de Arnaldo Gama, editado postumamente, em 1872, cuja ação se desenrola no século XIV e que aborda o tema da decadência da Ordem dos Templários. O protagonista, citado no título da obra, é o velho balio (ou bailio) da ordem, que, ao regressar de uma peregrinação à Terra Santa, vem encontrar os seus cavaleiros mergulhados em vícios. A obra prima pelo rigor documental empregue na evocação da Idade Média, evidenciado nas notas e nos comentários explicativos do narrador acerca da terminologia e dos costumes referidos na intriga, e pela acuidade psicológica posta na delineação dos caracteres.


Existe digitalização no Internet Archive.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby Samwise » 08 Apr 2014 13:55

Essa sinopse deixou-me curioso, por conta dessa ideia de fidelidade na descrição dos costumes medieviais. O tema também não é desinteressante...
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby vampiregrave » 08 Apr 2014 13:57

Samwise wrote:Essa sinopse deixou-me curioso, por conta dessa ideia de fidelidade na descrição dos costumes medieviais. O tema também não é desinteressante...


Há muito pouca informação sobre o autor e a sua obra. Exceptuando as digitalizações que constam no Internet Archive (que na realidade são do Google Books) também não são fáceis de encontrar. Mesmo em papel só recorrendo aos sites de leilões ou aos alfarrabistas.

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby vampiregrave » 08 Apr 2014 16:26

Outra que ando a considerar:

Clepsidra, de Camilo Pessanha.

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby vampiregrave » 07 May 2014 09:59

Algumas que espero vir a tratar este ano:
- Húmus, de Raul Brandão (talvez também, Os Pescadores e/ou Os Pobres)
- Amor de Perdição, de Camilo Castelo Branco
- As Pupilas do Senhor Reitor, de Júlio Dinis
- O Balio de Leça, de Arnaldo Gama

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby Bugman » 07 May 2014 12:25

Se o Júlio Dinis se tornar exercício pluri-anual, posso começar (ou continuar o teu trabalho) as pupilas lá para o fim do Verão.
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby vampiregrave » 07 May 2014 12:26

Bugman wrote:Se o Júlio Dinis se tornar exercício pluri-anual, posso começar (ou continuar o teu trabalho) as pupilas lá para o fim do Verão.


Homem ainda temos muito trabalho na Morgadinha :mrgreen: . Como eu suspeitava, as diferenças da 2.ª edição para a 17.ª são consideráveis... Mas, para além disso, não te apetece variar? :P

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby Bugman » 07 May 2014 13:00

Acho que até ao Outono limpo o palato do resto. É um daqueles momentos "tornar-me especialista" em traduzir Júlio Dinis. :mrgreen:
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby Samwise » 07 May 2014 20:03

vampiregrave wrote:Algumas que espero vir a tratar este ano:
- O Balio de Leça, de Arnaldo Gama


Como pensas fazer com este caso? Transcrever o texto "à mão"?

Agora que estou a terminar O Mandarim, começo a pensar na próxima vítima para a minha câmara de tortura ( :mrgreen: ) - parecendo que não, isto de adaptar obras é um bocado viciante. :D

Se por um lado o Camões me está ali a puxar como que por amarras de navio transatlântico, por outro penso que ainda é cedo optar por essa obra. :1sm330office-work:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby vampiregrave » 07 May 2014 20:38

Samwise wrote:
vampiregrave wrote:Algumas que espero vir a tratar este ano:
- O Balio de Leça, de Arnaldo Gama


Como pensas fazer com este caso? Transcrever o texto "à mão"?

Agora que estou a terminar O Mandarim, começo a pensar na próxima vítima para a minha câmara de tortura ( :mrgreen: ) - parecendo que não, isto de adaptar obras é um bocado viciante. :D

Se por um lado o Camões me está ali a puxar como que por amarras de navio transatlântico, por outro penso que ainda é cedo optar por essa obra. :1sm330office-work:


Encontrei texto editável mas já não me recordo onde... mas não foi em nenhum dos suspeitos do costume, como o Gutenberg ou o Wikisource. No Dropbox já se encontra a digitalização e um ficheiro Word com esse texto. Não teremos é edições de referência com a qualidade das que usámos para o Eça...

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Obras em consideração

Postby Samwise » 07 May 2014 23:45

Estou a considerar, assim à distância de um primeiro contacto, algumas colectâneas de poesia de Olavo Bilac, e a obra Menina e Moça, de Bernardim Ribeiro.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -


Return to “Projecto Adamastor”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron