Colecção de Ficção Especulativa

Obras Portuguesas em Domínio Público
User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Colecção de Ficção Especulativa

Postby vampiregrave » 19 Sep 2014 10:46

Alguns de vocês saberão que tenho tentado, por diversas vezes, ramificar o projecto por forma a acomodar obras de ficção especulativa portuguesa. De quando em quando tento lançar o debate no grupo Trëma, mas o interesse é limitado. Assim sendo, decidi fazer o necessário para avançar com a ideia: por mãos à obra, porque se estou à espera que se alinhem as estrelas...

Criei uma página temporária no website do projecto, expondo os principais pontos da nova colecção:

Ao longo do último ano de actividade do projecto tenho comprovado que a ficção curta é bem aceite, em parte porque é uma ponte acessível para o formato digital, mas também porque serve de introdução à obra dos autores. Planeio vir a criar em breve uma nova colecção dedicada em exclusivo à Ficção Especulativa. Serve esta página para divulgar os moldes gerais dessa colecção, para facilitar o debate e a colaboração de quem estiver interessado na ideia. Vamos então por partes:

1. Catálogo do Projecto Adamastor
O catálogo do projecto passaria a ser dividido em duas colecções, a saber:

Colecção Clássicos da Literatura – Romance, poesia e colectâneas de contos, actualmente em domínio público.
Colecção Ficção Especulativa – Tal como o nome indica (nome esse que ainda é mero placeholder), dedicada a obras que se insiram nos géneros englobados pela dita Ficção Especulativa. O objectivo inicial seria editar ficção curta (contos/novelas) em domínio público e, se possível, também obras contemporâneas, um pouco como aconteceu com a Colecção Fantástico das Edições Rolim. Isto permitiria proporcionar uma visão mais alargada da evolução da Ficção Especulativa em Portugal, assim como divulgar obras que entretanto foram caindo no esquecimento.

2. Visual
O layout de capa actual continuaria a ser utilizado para os clássicos. Para a nova colecção seria criado novo layout, para garantir uma diferenciação em termos visuais.
O ideal seria também poder contar com ilustrações criadas especificamente para cada obra, mas, não sendo possível, podemos recorrer, como tem acontecido até agora, a imagens no domínio público ou com licença Creative Commons.

3. Colaboração
Antes de avançar com a ideia existem alguns aspectos em que tenho de trabalhar, processo que será bastante mais fácil com o auxílio de outros colaboradores:

Criação de uma listagem de obras – Organizada por título, autor e data original de publicação, incluindo também o link para a digitalização do original, quando esta estiver disponível online. A lista actualizada pode ser encontrada no final desta página.

Obras contemporâneas - Listar autores cuja obra não se encontra ainda em domínio público, mas que seria interessante publicar no âmbito da colecção. Serve como base para futuros contactos.

Leitura final – Gostaria de saber quem está disponível para ler os eBooks da colecção antes de estes serem lançados. O processo de revisão/conversão fica ao meu encargo ou de qualquer outro colaborador do projecto que esteja interessado em ajudar, mas no Adamastor não dispensamos esta última fase, que muitas vezes é essencial para identificar erros que escaparam ao responsável pela revisão.

4. Outras ideias
A ponderar, mas que não são essenciais para avançar com a colecção:

Traduções – Incluir também obras estrangeiras? No fórum BBDE temos vindo a efectuar uma tradução em grupo de um conto de Poe, mas é um processo demorado. Se existir algum tradutor que queira colaborar ocasionalmente com o projecto, que se acuse.

Introduções – Acrescentariam valor e contextualizariam a obra.

Ilustrações – Como apontei acima, uma capa exclusivamente criada para cada obra seria interessante, mas é algo que está dependente da colaboração de artistas gráficos.

Notas Finais
Não excluo a possibilidade de editar ficção longa ou trabalhos inéditos nesta colecção a médio/longo prazo. Será uma possibilidade a avaliar no futuro.


Na página podem encontrar também uma folha de cálculo com algumas das obras que estou a ponderar incluir na colecção. Para a inaugurar, considero fortemente a possibilidade de converter «Lisboa no ano três mil», de Cândido de Figueiredo (já encomendei reprodução à BNP, assim como a recente reedição da Frenesi).

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby Thanatos » 23 Sep 2014 09:38

Para além da Trema existem pelo menos duas associações que se dizem empenhadas em apoiar a ficção científica e a fantasia. Já que um dos responsáveis pediu para "usar" o nome num dos prémios porque não pedir-lhes apoio?

São elas a Épica e a Simetria (que diz ser a mais antiga do país).

Quanto às traduções estamos ainda a falar de obras no domínio público correto? É que nesse caso há muito pouco que seja interessante nesta área, normalmente porque são obras que ficam muito depressa datadas e que pouco cativam os leitores.

Há tempos li umas discussões que iam no sentido de porquê ter tanto trabalho se basta andar pelos alfarrabistas para comprar os livros usados. Considerando que pelo menos dois dos autores da famosa colecção azul da Caminho são participativos mas nunca dizem preto-no-branco que autorizam a edição dos seus próprios romances será de avaliar se vale mesmo o empenho para "divulgar" quem não parece assim tão interessado na divulgação.

Ou será um caso de não poderem contribuir porque a ideia não partiu das ditas associações?

Seja como for vai dar ao essencial: para digitalizar os livros que tenho (por exemplo as antologias da Simetria por ocasião das Convenções em Cascais ou as Paradoxos) teria de quase os destruir e visto que são difíceis de obter novas edições não irei por aí.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby vampiregrave » 23 Sep 2014 10:11

Thanatos wrote:Para além da Trema existem pelo menos duas associações que se dizem empenhadas em apoiar a ficção científica e a fantasia. Já que um dos responsáveis pediu para "usar" o nome num dos prémios porque não pedir-lhes apoio?

São elas a Épica e a Simetria (que diz ser a mais antiga do país).


Eu já por diversas vezes tentei arranjar voluntários no grupo Trëma, mas sem grande sucesso. Algumas pessoas têm ajudado na escolha das obras, outras disponibilizaram-se para ler os eBooks antes de serem lançados, mas fora isso... Ou não há interesse, ou têm outros projectos em mãos.

Quanto às traduções estamos ainda a falar de obras no domínio público correto? É que nesse caso há muito pouco que seja interessante nesta área, normalmente porque são obras que ficam muito depressa datadas e que pouco cativam os leitores.


Esta componente depende da colaboração de tradutores. Creio que seria interessante disponibilizar versões gratuitas dos clássicos mais conhecidos (e que suspeito que a grande maioria conhece, mas nunca leu) como Frankenstein, Dracula, ou algo de menor extensão como o The Picture of Dorian Gray, The Turn of the Screw, etc.

Há tempos li umas discussões que iam no sentido de porquê ter tanto trabalho se basta andar pelos alfarrabistas para comprar os livros usados. Considerando que pelo menos dois dos autores da famosa colecção azul da Caminho são participativos mas nunca dizem preto-no-branco que autorizam a edição dos seus próprios romances será de avaliar se vale mesmo o empenho para "divulgar" quem não parece assim tão interessado na divulgação.

Esse argumento surgiu várias vezes no tal grupo Trëma. É uma opinião da qual não compartilho por diversos motivos, especialmente quando vejo tantas queixas de que não há leitores, de que não há mercado. Se não se tenta criar mercado, se não se tenta captivar novos leitores, as coisas não vão acontecer por obra e graça do Espírito Santo.
Quanto à colecção azul, estou a tentar arranjar autorização para editar algumas das obras nela incluídas, para não nos limitarmos, como tem acontecido até agora, apenas a obras no domínio público.

Ou será um caso de não poderem contribuir porque a ideia não partiu das ditas associações?

Quanto a isso não sei responder. Procuro não me envolver no lado negro do fandom :p, naquelas quezílias recorrentes, não só porque não tenho nada a ver com isso, mas também porque nada de produtivo costuma nascer desses conflitos.

Seja como for vai dar ao essencial: para digitalizar os livros que tenho (por exemplo as antologias da Simetria por ocasião das Convenções em Cascais ou as Paradoxos) teria de quase os destruir e visto que são difíceis de obter novas edições não irei por aí.

Bem, no caso de digitalizações de boa qualidade, com resolução porreira, é provável sim, mas não creio que necessitemos de algo tão profissional. Eu, de momento, estou a transcrever «Lisboa no Ano 2000», de Melo de Matos, mas neste caso, felizmente, posso contar com o excelente trabalho da Hemeroteca Digital. Já quanto ao «Lisboa no Ano Três Mil», tive de requisitar reprodução à BNP...

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby Thanatos » 23 Sep 2014 10:29

Decerto já devemos ter falado disto mas não me recordo, mas porque não publicar vários contos numa antologia? Não quereria isto dizer que se deixassem de publicar isoladamente mas penso que teria outro apelativo poder ter num único ficheiro e com "nova arrumação" vários contos, reunidos ou por temática, ou por autor, ou por época.

Relativamente aos contos que apareceram nos zines ao longo dos tempos, haveria interesse em república-los como ebook? A maçada seria contactar os autores. A meia dúzia de contos estrangeiros traduzidos que publiquei nas fanzines talvez pudesse voltar a contactar os autores mas lá está, valerá a pena?

Também sei que há autores sempre à procura de novos mercados e alguns deles não se importam que sejam feitos reprints desde que o projeto não seja lucrativo (como por exemplo na ISF), seria de contactá-los?

Por fim para atrair mais colaboradores poder-se-ia pensar num crowdfunding mas depois lembro-me que estamos em Portugal onde muita gente fala mas pouca gente faz ou apoia e desisto logo. Aliás estou para ver o crowdfunding do Fantasporto...
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby vampiregrave » 23 Sep 2014 10:47

Thanatos wrote:Decerto já devemos ter falado disto mas não me recordo, mas porque não publicar vários contos numa antologia? Não quereria isto dizer que se deixassem de publicar isoladamente mas penso que teria outro apelativo poder ter num único ficheiro e com "nova arrumação" vários contos, reunidos ou por temática, ou por autor, ou por época.

A minha ideia era deixar de publicar contos isolados na colecção de clássicos actual, passando a editar as colectâneas integralmente, relegando a edição de contos/novelas para a nova colecção de ficção especulativa. Quanto a antologias, a dificuldade está em conseguir um todo relativamente coerente, sem grandes oscilações em termos de género e qualidade, mas não é algo a que me oponha, de todo. De notar que, a ficção curta que aqui refiro pende mais para a novela, caso contrário não justificaria todo o trabalho envolvido na produção do eBook, e seria melhor enveredar pelas tais antologias.
Vou pensar melhor no tema. O que tenho na mesa, actualmente:
- Lisboa no Ano 2000, Melo de Matos
- Lisboa no Ano Três Mil, Cândido de Figueiredo
- O Que Há-de Ser o Mundo no Ano Três Mil, Émile Souvestre
- Obras da colecção azul da Caminho
- Alguns contos, listados aqui.

Com excepção do primeiro, que mesmo assim tem uma extensão considerável, acabam por se afastar da minha ideia inicial de incluir apenas ficção curta... É só por dizer que não queria simplesmente criar outra Antologia do Conto Fantástico Português.

Relativamente aos contos que apareceram nos zines ao longo dos tempos, haveria interesse em república-los como ebook? A maçada seria contactar os autores. A meia dúzia de contos estrangeiros traduzidos que publiquei nas fanzines talvez pudesse voltar a contactar os autores mas lá está, valerá a pena?

Teria de avaliar caso a caso. Parece-me um trabalho considerável e, não se conseguindo a autorização de todos, compromete-se logo a edição da ezine.

Também sei que há autores sempre à procura de novos mercados e alguns deles não se importam que sejam feitos reprints desde que o projeto não seja lucrativo (como por exemplo na ISF), seria de contactá-los?

Podes apontar alguns exemplos?

Por fim para atrair mais colaboradores poder-se-ia pensar num crowdfunding mas depois lembro-me que estamos em Portugal onde muita gente fala mas pouca gente faz ou apoia e desisto logo. Aliás estou para ver o crowdfunding do Fantasporto...

Pois, não creio que estejamos em posição de conseguir criar uma campanha capaz de ser bem-sucedida nesses moldes.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby Thanatos » 23 Sep 2014 10:56

vampiregrave wrote:
Também sei que há autores sempre à procura de novos mercados e alguns deles não se importam que sejam feitos reprints desde que o projeto não seja lucrativo (como por exemplo na ISF), seria de contactá-los?

Podes apontar alguns exemplos?


Estava a referir-me a autores norte-americanos, britânicos, australianos etc., não portugueses. Nesses casos ainda havia o problema das traduções que consomem algum tempo e regra geral não se pode contar só com a boa vontade.

Dois dos autores com quem trabalhei mantêm uma lista de mercados internacionais com a menção se pagam ou não. Novos autores costumam passar por essas listas e avaliar os projetos.

Mas penso que nesta fase o mais importante seria:

a) dedicarmo-nos aos autores nacionais que trabalharam na área do fantástico;

b) conseguir o apoio das comunidades brasileiras que são mais ativas e empenhadas.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby vampiregrave » 23 Sep 2014 11:04

Thanatos wrote:Mas penso que nesta fase o mais importante seria:

a) dedicarmo-nos aos autores nacionais que trabalharam na área do fantástico;

b) conseguir o apoio das comunidades brasileiras que são mais ativas e empenhadas.


De acordo. Seria porreiro proporcionar uma colecção que possibilitasse acompanhar a evolução do género na literatura portuguesa até aos dias de hoje. A questão da comunidade brasileira é bem lembrada. A título de exemplo, dos nossos downloads no Google Play (é o único que me permite analisar os downloads por país de origem), 79,68% são provenientes do Brasil e apenas 16,80% foram efectuados de Portugal...

Mas nesse caso, para atrair público brasileiro, creio que teríamos de alargar o âmbito da colecção, por forma a acomodar títulos desse país. Confesso que conheço pouco ou nada da literatura fantástica brasileira :angel:

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby Thanatos » 23 Sep 2014 11:09

Naturalmente quando referi o Brasil era pensando em apostar nos autores deles. Sobre o Brasil o Jorge Candeias tem lá bons contactos e eu "conheço" o Octávio Aragão que também se mexe no meio. Existem vários zines, e pelo menos um Clube de Leitores em São Paulo. Qualquer um deles seria um bom ponto de partida.

Ter o projeto ativo em ambos os continentes seria maravilhoso, até porque a produção brasileira e maior logo a chance de se conseguir mais matéria-prima está logo à partida assegurado.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby vampiregrave » 23 Sep 2014 11:13

Thanatos wrote:Naturalmente quando referi o Brasil era pensando em apostar nos autores deles. Sobre o Brasil o Jorge Candeias tem lá bons contactos e eu "conheço" o Octávio Aragão que também se mexe no meio. Existem vários zines, e pelo menos um Clube de Leitores em São Paulo. Qualquer um deles seria um bom ponto de partida.

Ter o projeto ativo em ambos os continentes seria maravilhoso, até porque a produção brasileira e maior logo a chance de se conseguir mais matéria-prima está logo à partida assegurado.


Assim sendo, depois de lançarmos os 2-3 primeiros títulos da colecção, tendo assim uma pequena base estabelecida, volto a falar contigo sobre o tema, para entrar em contacto com esse pessoal. :tu:

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby vampiregrave » 23 Sep 2014 16:18

Já agora, se tiverem sugestões para o título da colecção... Adamastor está fora de questão :mrgreen: Gosto do título da colecção do António de Macedo (Bibliotheca Phantastica) mas não planeio roubar :ph34r:

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5487
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby pco69 » 23 Sep 2014 20:42

Ora se uma das coleções é 'Adamastor', esta fantástica poderia ser 'Bojador' ;)

Da wikipedia:
(...)
A passagem do Cabo Bojador foi um dos marcos mais importantes da navegação portuguesa. Derrubou os velhos mitos medievais e abriu caminho para os grandes descobrimentos. Ao passar o Cabo Bojador, os navegadores portugueses entraram em mares até então desconhecidos, enfrentando inúmeros perigos.
(...)


Em termos de 'ajuda', lamento mas eu sou extremamente preguiçoso. Mas estou cá para fazer download e ler algumas das obras que vierem a ser publicadas :friends:

Como nota extra, comecei hoje a ler o 'Admirável Mundo Novo' na versão Biblioteca Gutemberg em lingua portuguesa versão brasileira. Lê-se bem, mas nota-se alguma falha na questão da formatação. Sendo lido num Kindle, nota-se que não tem a perfeição da formatação de livros adquiridos na amazon.

Creio que seria uma obra a considerar :angel:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby vampiregrave » 23 Sep 2014 20:56

pco69 wrote:Ora se uma das coleções é 'Adamastor', esta fantástica poderia ser 'Bojador' ;)


Bem, na realidade nenhuma das duas tem nome definitivo. Para o catálogo original tenho vindo a usar a designação pouco original de «Clássicos da Literatura»...

pco69 wrote:Em termos de 'ajuda', lamento mas eu sou extremamente preguiçoso. Mas estou cá para fazer download e ler algumas das obras que vierem a ser publicadas :friends:


Contribuir com uma opinião de vez em quando, já é uma ajuda que agradeço :tu:

pco69 wrote:Como nota extra, comecei hoje a ler o 'Admirável Mundo Novo' na versão Biblioteca Gutemberg em lingua portuguesa versão brasileira. Lê-se bem, mas nota-se alguma falha na questão da formatação. Sendo lido num Kindle, nota-se que não tem a perfeição da formatação de livros adquiridos na amazon.

Creio que seria uma obra a considerar :angel:


O Huxley ainda não está em domínio público por cá, pelo menos que seja do meu conhecimento.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby Thanatos » 24 Sep 2014 01:15

Considerando o que a nova colecção pretende, considerando que na década de 80/90 a Caminho como que encetou um rejuvenescer da ficção especulativa nacional, eu proponho o nome de colecção Génesis. A definição em si carrega a aura de um (re)começo ao mesmo tempo que a ligação mitológica casa bem com a ficção especulativa.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1839
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby vampiregrave » 24 Sep 2014 09:58

Thanatos wrote:Considerando o que a nova colecção pretende, considerando que na década de 80/90 a Caminho como que encetou um rejuvenescer da ficção especulativa nacional, eu proponho o nome de colecção Génesis. A definição em si carrega a aura de um (re)começo ao mesmo tempo que a ligação mitológica casa bem com a ficção especulativa.


Parece-me uma ideia interessante. Vou ver se me ocorre mais algum; a colecção base, para já, pode perfeitamente ficar «Clássicos da Literatura», até porque não existe qualquer referência à colecção nas capas. Nesta nova será diferente.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Colecção de Ficção Especulativa

Postby Samwise » 24 Sep 2014 14:09

Thanatos wrote:Considerando o que a nova colecção pretende, considerando que na década de 80/90 a Caminho como que encetou um rejuvenescer da ficção especulativa nacional, eu proponho o nome de colecção Génesis. A definição em si carrega a aura de um (re)começo ao mesmo tempo que a ligação mitológica casa bem com a ficção especulativa.


Este título parece-me perfeito. :)
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -


Return to “Projecto Adamastor”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests