Os Pobres - Raul Brandão [Concluído]

Que imagem escolheria para ilustrar a capa de «Os Pobres»?

Poll ended at 22 Oct 2016 08:50

Head Of A Young Peasant Woman With Dark Cap, de Vincent van Gogh
0
No votes
Os Bêbados, de José Malhoa
3
60%
Girl, de Alexei Korzukhin
1
20%
The widower, de Luke Fildes
1
20%
 
Total votes: 5

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Os Pobres - Raul Brandão [Concluído]

Postby vampiregrave » 13 Jul 2016 08:58

Chegou a altura de colmatar uma das falhas do nosso catálogo: a ausência de obras de Raul Brandão. Os Pobres será a primeira obra do autor a ser tratada no âmbito do projecto; é bastante provável que, a médio prazo, possamos também editar Húmus.

As fontes utilizadas para este processo de revisão:
Digitalização da Biblioteca Nacional de Portugal
Versão do Project Gutenberg

Imagens seleccionadas para votação:



User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby vampiregrave » 21 Jul 2016 12:16

Ainda não posso dar a minha opinião porque só agora comecei a revisão da obra mas, dada a temática, é possível que exista alguma pintura de José Malhoa que seja apropriada.

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby vampiregrave » 04 Oct 2016 14:41

Quase terminada a revisão, já estou em posição para deixar aqui algumas sugestões. De notar que, dado o novo modelo para as capas, serão necessárias imagens com o tamanho mínimo de 1300x1000, requisito que só é cumprido na pintura de Van Gogh. No caso da último, não creio que possamos invocar o chamado fair use.

Ainda vou pesquisar com mais calma, mas creio que o ideal seriam pinturas a retratar cenas de pobreza em ambiente urbano (ruas ou tavernas são cenários recorrentes ao longo do livro). Alguns exemplos, embora não necessariamente as minhas sugestões finais:

Os Bêbados, de José Malhoa (não consegui encontrar O Fado, do mesmo pintor, com resolução suficiente)
Image

Girl, de Alexei Korzukhin
Image

The widower, de Luke Fildes
Image

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby vampiregrave » 04 Oct 2016 16:35

A outra pintura de José Malhoa que referi. Se encontrarem com melhor resolução, partilhem ;) Parece-me que o Naturalismo assenta bem nesta obra.

Image

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby Bugman » 04 Oct 2016 18:24

Eu sou todo a favor da última do Malhoa (O Fado ou o Fadista, não me lembro bem).
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby vampiregrave » 06 Oct 2016 09:00

Eu também preferia essa, mas não está fácil encontrar uma versão com a qualidade necessária.

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby vampiregrave » 17 Oct 2016 08:51

Não consegui encontrar uma versão com qualidade decente. Cheguei mesmo a pesquisar no website do Museu do Fado, que teve uma exposição temporária acerca da obra, mas sem sucesso. Assim sendo, vou dar início à votação com as restantes imagens que cumprem os requisitos de resolução mínima; como desta vez não temos muitas opções, vou limitar a um voto por pessoa, com possibilidade de alteração até ao final do prazo.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby Bugman » 18 Oct 2016 08:06

vampiregrave wrote:Não consegui encontrar uma versão com qualidade decente. Cheguei mesmo a pesquisar no website do Museu do Fado, que teve uma exposição temporária acerca da obra, mas sem sucesso. Assim sendo, vou dar início à votação com as restantes imagens que cumprem os requisitos de resolução mínima; como desta vez não temos muitas opções, vou limitar a um voto por pessoa, com possibilidade de alteração até ao final do prazo.


Pena porque parecia mesmo feita à medida.

Já votei e prometo não mexer. :mrgreen:
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby pco69 » 18 Oct 2016 14:41

Mais uma vez, não conheço a obra em questão.
Olhando para as imagens e pensando em "pobres", não me parece que pobres seja sinonimo de bêbados.
E quase apenas por isso, votei na última e não no Malhoa. :)
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby Bugman » 19 Oct 2016 12:56

O Malhoa tem a a vantagem de ser não só "conterrâneo" mas também contemporâneo do Raúl Brandão o que coloca as suas obras muito a par e passo. Não sendo uma obra de bêbados, convenhamos que os bêbados do Malhoa não são bem as galas da ópera e dos hóteis.
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby vampiregrave » 19 Oct 2016 14:01

De forma mais abrangente, pode dizer-se que a obra trata da miséria humana; trata de pessoas que, para garantir uma parca existência, se tiveram de sujeitar ao pior: ladrões, prostitutas, burgueses falidos, etc. Um dos cenários predominantes no livro é a taverna, local de convívio onde cada um partilha as suas desgraças com os demais, onde se regozija com o sofrimento alheio (à falta de qualquer réstia de felicidade), ou onde bebem para esquecer a dor que é a realidade do seu dia-a-dia. É por isso (e também pelo que o Bugman refere), que o quadro de Malhoa me parece apropriado.

User avatar
MAGG
Livro Raro
Posts: 2010
Joined: 11 Sep 2009 13:26
Location: Mar de Dentro ...
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Em Desenvolvimento]

Postby MAGG » 27 Oct 2016 04:08

Pena não ter chegado a tempo. De qualquer forma teria votado na que venceu a poll :).


User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Os Pobres - Raul Brandão [Concluído]

Postby Bugman » 27 Oct 2016 12:49

Gosto do reajuste da cor.
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela


Return to “Obras Concluídas”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron