O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby vampiregrave » 03 Apr 2014 12:17

Ora cá vai, tendo em conta a tua tradução:

Pela parte que me toca, depressa senti despertar em mim uma certa antipatia por ele. Isto era o exacto oposto daquilo que eu havia previsto; mas — não sei como ou porquê — o evidente afecto que este tinha por mim enojava-me e incomodava-me. Aos poucos, estes sentimentos de repulsa e incómodo deram lugar à amargura do ódio. Eu evitava a criatura; uma certa sensação de vergonha e a recordação do meu anterior acto de crueldade, impediam-me de o maltratar fisicamente. Durante algumas semanas não o ataquei ou, por outra via, me servi de qualquer violência para com ele. Mas gradualmente — muito gradualmente — comecei a encará-lo com inexprimível aversão e a fugir em silêncio da sua odiosa presença, como que para escapar a um bafo pestilento.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby Bugman » 23 Apr 2014 12:55

Andava distraído com isto e a nossa troca de impressões, a três, n' O Mandarim lembrou-me que fazia tempo que não traduzia nada.

Sem olhar às vossas:

Pela parte que me tocava, rapidamente começou a crescer um desagrado dentro de mim. Tal era precisamente o contrário do que eu antecipara; sucede que, sem que eu saiba como ou porquê, a sua clara simpatia por mim causava-me [b]desagrado e incómodo. Pouco a pouco estes sentimentos de desagrado e incómodo(*1) cresceram até se tornarem uma total acidez(*2) e ódio. Evitava a criatura; havia uma certa vergonha, e a lembrança do meu anterior acto de crueldade, a impedirem-me de fisicamente abusar dela. Abstive-me, durante algumas semanas, de lhe bater ou abusar dela de qualquer outra forma física, mas gradualmente, muito gradualmente, passei a vê-la com um ódio indescrítivel e a fugir em silêncio da sua odiosa presença, como se de um ar pestilento se tratasse.[/b]

For my own part, I soon found a dislike to it arising within me. This was just the reverse of what I had anticipated; but—I know not how or why it was—its evident fondness for myself rather disgusted and annoyed. By slow degrees, these feelings of disgust and annoyance rose into the bitterness of hatred. I avoided the creature; a certain sense of shame, and the remembrance of my former deed of cruelty, preventing me from physically abusing it. I did not, for some weeks, strike, or otherwise violently ill use it; but gradually—very gradually—I came to look upon it with unutterable loathing, and to flee silently from its odious presence, as from the breath of a pestilence.


(*1) - inicialmente usei nojo e incómodo para o primeiro caso, mas não gostei da expressão no segundo caso. Mudei para as duas concordarem uma com a outra.
(*2) - não gosto mas falha-me o vocabulário

Acho que metricamente não está muito próximo do original, mas parece-me mais fluente, em português, do que uma tradução mais "conservadora". Parto agora para ler as vossas.
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby Samwise » 23 Apr 2014 22:46

Gostei de algumas partes desta última abordagem. :)

Penso que podemos conjugar as peças para fazer uma omelete final mais rica. Vou ver o que consigo cozinhar com o que temos...
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby Bugman » 24 Apr 2014 09:05

Combinando a minha com a do vampire:

Pela parte que me tocava, bem depressa começou a crescer dentro de mim uma certa antipatia por ele. Tal era precisamente o contrário do que eu previra; sucede que, sem que eu saiba como ou porquê, a sua clara simpatia por mim causava-me repulsa e incómodo. Pouco a pouco estes sentimentos de desagrado e incómodo cresceram até se tornarem uma total amargura e ódio. Evitava a criatura; uma certa sensação de vergonha, e a recordação do meu anterior acto de crueldade, impediam-me de abusar dela fisicamente. Abstive-me, durante algumas semanas, de lhe bater ou abusar dela de qualquer outra forma física, mas gradualmente, muito gradualmente, passei a vê-la com uma inexprimível aversão e a fugir em silêncio da sua odiosa presença, como se de um ar pestilento se tratasse.
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby vampiregrave » 24 Apr 2014 09:27

Dois reparos:

Pela parte que me tocava, bem depressa começou a crescer dentro de mim uma certa antipatia por ele. Tal era precisamente o contrário do que eu previra; sucede que, sem que eu saiba como ou porquê, a sua clara simpatia por mim causava-me repulsa e incómodo. Pouco a pouco estes sentimentos de repulsa desagrado e incómodo cresceram até se tornarem uma total amargura e ódio. Evitava a criatura; uma certa sensação de vergonha, e a recordação do meu anterior acto de crueldade, impediam-me de abusar dela fisicamente. Abstive-me, durante algumas semanas, de lhe bater ou abusar dela de qualquer outra forma física, mas gradualmente, muito gradualmente, passei a vê-la com uma inexprimível aversão e a fugir em silêncio da sua odiosa presença, como se de um ar pestilento se tratasse.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby Bugman » 24 Apr 2014 10:10

Concordo. No caso do primeiro nem percebo como apareceu isso aí.
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby vampiregrave » 24 Apr 2014 10:52

Bugman wrote:Concordo. No caso do primeiro nem percebo como apareceu isso aí.


Esperemos então pelo feedback do Sam.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby Samwise » 24 Apr 2014 13:34

Estruturalmente parece-me bem. Mudaria uma ou duas situações; num primeiro caso alterava um termo, noutro eliminaria um trecho, para não evidenciar uma situação de "repetição fonética":

Pela parte que me tocava, depressa começou a crescer dentro de mim uma certa antipatia por ele. Tal era precisamente o contrário do que eu previra; sucede que, sem que eu saiba como ou porquê, a sua clara simpatia afeição/afecto por mim causava-me repulsa e incómodo. Pouco a pouco estes sentimentos de repulsa e incómodo cresceram até se tornarem uma total amargura e ódio. Evitava a criatura; uma certa sensação de vergonha, e a recordação do meu anterior acto de crueldade, impediam-me de abusar dela fisicamente. Abstive-me, durante algumas semanas, de lhe bater ou abusar dela de qualquer outra forma física, mas gradualmente, muito gradualmente, passei a vê-la com uma inexprimível aversão e a fugir em silêncio da sua odiosa presença, como se de um ar pestilento se tratasse.
[/quote]
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby Bugman » 24 Apr 2014 15:49

Continuo a preferir o termo simpatia, portanto o vampire que desempate.

Quanto ao segundo acho que há uma vontade do autor em repetir os sentimentos e eu esforcei-me por os manter também. Não me parece que seja uma repetição desvirtuadora, senão teria apelado à minha libertinagem traducional para os obliterar! ;)
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby vampiregrave » 28 Apr 2014 09:17

Bugman wrote:Continuo a preferir o termo simpatia, portanto o vampire que desempate.

Quanto ao segundo acho que há uma vontade do autor em repetir os sentimentos e eu esforcei-me por os manter também. Não me parece que seja uma repetição desvirtuadora, senão teria apelado à minha libertinagem traducional para os obliterar! ;)


Prefiro afecto, mas teríamos de conferir se não utilizámos o termo em diferente contexto.

Quanto à repetição parece-me propositada, acho que devíamos manter.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby Samwise » 28 Apr 2014 19:29

vampiregrave wrote:
Bugman wrote:Continuo a preferir o termo simpatia, portanto o vampire que desempate.

Quanto ao segundo acho que há uma vontade do autor em repetir os sentimentos e eu esforcei-me por os manter também. Não me parece que seja uma repetição desvirtuadora, senão teria apelado à minha libertinagem traducional para os obliterar! ;)


(1)Prefiro afecto, mas teríamos de conferir se não utilizámos o termo em diferente contexto.

Quanto à repetição parece-me propositada, acho que devíamos manter.


1 - Mais um caso para acrescentar à lista de "congruencialidades".

2 - Certo. Continuemos.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby vampiregrave » 29 Apr 2014 09:17

Adiante então:

What added, no doubt, to my hatred of the beast, was the discovery, on the morning after I brought it home, that, like Pluto, it also had been deprived of one of its eyes. This circumstance, however, only endeared it to my wife, who, as I have already said, possessed, in a high degree, that humanity of feeling which had once been my distinguishing trait, and the source of many of my simplest and purest pleasures.

Assim que tiver oportunidade coloco aqui a minha tradução.

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby vampiregrave » 30 Apr 2014 15:23

Ora cá vai:

What added, no doubt, to my hatred of the beast, was the discovery, on the morning after I brought it home, that, like Pluto, it also had been deprived of one of its eyes. This circumstance, however, only endeared it to my wife, who, as I have already said, possessed, in a high degree, that humanity of feeling which had once been my distinguishing trait, and the source of many of my simplest and purest pleasures.

Sem dúvida, o que aumentou o meu ódio pelo animal foi a descoberta, na manhã seguinte àquela em que o trouxe para casa, de que, tal como Plutão, ele também tinha sido privado de um dos seus olhos. Esta circunstância, contudo, só o tornou mais querido à minha mulher, que, como já disse, possuía, em grande medida, essa humanidade de sentimento que havia sido o meu traço distintivo e a fonte de muitos dos meus mais simples e mais puros prazeres.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4349
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby Bugman » 15 May 2014 16:07

vampiregrave wrote:Adiante então:

What added, no doubt, to my hatred of the beast, was the discovery, on the morning after I brought it home, that, like Pluto, it also had been deprived of one of its eyes. This circumstance, however, only endeared it to my wife, who, as I have already said, possessed, in a high degree, that humanity of feeling which had once been my distinguishing trait, and the source of many of my simplest and purest pleasures.



Alguém falou de tradução de BDs e eu lembrei-me que devia haver qualquer coisa para fazer na prosa. Aqui vai:
Algo que terá, sem dúvida, aumentado o meu ódio pelo animal foi a descoberta, na manhã após o trazer para casa, que ele, tal como Plutão, também se encontrava privado de um dos olhos. Esta circunstância, no entanto, apenas o tornou mais enternecedor para a minha mulher, que, tal como eu já disse, possui em grande estima, aquele sentimento de humanidade que outrora foi a minha principal característica, bem como a fonte de muitos dos meu prazeres mais simples e puros.


Um bocado literalista para o que é meu hábito, mas às vezes tem de ser.

Será que dá para pôr blocos de parágrafos quando eles tiverem assim poucas linhas?
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

Re: O Gato Preto - Edgar Allan Poe [Tradução]

Postby vampiregrave » 15 May 2014 16:08

Acho que não pus porque o próximo é granjola. Vou ver.


Return to “Traduções”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron