D. Quixote e Robinson Crusoé

User avatar
vampiregrave
Livro Raro
Posts: 1840
Joined: 11 Apr 2010 18:32
Location: Lisboa
Contact:

D. Quixote e Robinson Crusoé

Postby vampiregrave » 12 Sep 2014 11:39

Ora, enquanto pesquisava por novas obras para rever, encontrei o seguinte:

A primeira tradução assinada surge somente no final do século XIX, em 1876/78. Essa tradução, a mais publicada até hoje na língua portuguesa, é conhecida
como a tradução ― dos Viscondes, iniciando talvez uma tradição de injustiças editoriais e omissões de créditos autorais nas traduções do Quixote, algo que perdura nas edições publicações da obra até hoje.
António Feliciano de Castilho (1800-1875), visconde de Castilho, é o primeiro tradutor do Quixote. Ele perdeu a visão aos seis anos, sequela de um surto de sarampo em sua cidade natal, Lisboa. Foi autor de mais de dez livros e também traduziu obras dolatim, francês e inglês antes da sua derradeira tradução, o início do Quixote. É realmente uma produção impressionante, tendo em vista que na época não havia recursoalgum para deficientes visuais. Ele morreu aos 75 anos, um ano antes do lançamento da edição do Quixote em 1876. Abreu (1997:254) informa que o tradutor chegou ao capítulo XXV do primeiro livro.
Após a morte do Visconde de Castilho surge em cena Francisco Lopes de Azevedo Velho de Fonseca Barbosa Pinheiro Pereira e Sá Coelho (1809-1876),Visconde de Azevedo. Ao assumir a tradução, ele tinha 66 anos de idade, e morreria umano depois, no lançamento do primeiro livro do Quixote. Pelo tempo que dedicou ao trabalho é muito improvável que tenha ido além do primeiro livro.
Abreu (1994) inclui um terceiro tradutor dessa edição do Quixote, o lisboeta Manuel Pinheiro Chagas (1842-1895), tradutor de parte do segundo livro e autor do prefácio, que infelizmente não acompanhou nenhuma das edições estudadas.

Em Os Tradutores do Quixote Publicados no Brasil.


Pelo que consegui descobrir, Pinheiro Chagas traduziu também Robinson Crusoé. Duas obras importantes, que gostaria de vir a lançar um dia no projecto. Dada a complexidade envolvida, é algo a ponderar a médio-longo prazo, tal como acontece com «Os Lusíadas». No entanto, se encontrarem digitalizações destas traduções, não deixem de partilhar (ainda não consegui encontrar nenhuma até agora).

A biblioteca nacional tem a edição de 1976 do D. Quixote, no seu fundo geral de monografias. Inclui ilustrações de Gustave Doré.
A VIDA E AS AVENTURAS DE ROBINSON CRUSOÉ

Confesso que não percebo porque não digitalizaram ainda estas obras...

Return to “Traduções”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron