Livrarias que merecem destaque

Notícias sobre publicações, editoras, autores, convenções, feiras e outras relacionadas com o mundo do livro
User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Ripley » 06 Feb 2009 23:05

Quando trabalhava em Lisboa gostava de passarinhar pela Sete Capas, na Av. António José de Almeida ou pela Buchholz original. A antiga Electroliber das Amoreiras era outra perdição, tinham que me arrastar para fora porque me perdia na BD francesa e belga (álbuns do Axle Munshine que nunca foram editados por cá, aii).

Como agora o tempo para esses devaneios é muito menor contento-me em cirandar ocasionalmente na Bulhosa do Oeiras Parque. O ambiente é agradável apesar de se situar num centro comercial, tem uma pequena cafetaria no interior e espaço para nos sentarmos a ler uma revista e descansar os pés ...
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Thanatos » 07 Apr 2009 11:54

Livraria Ler Devagar vai abrir em Alcântara na Lx Factory e Zita Seabra já se instalou no Bairro Alto

A livraria Ler Devagar vai instalar-se no pólo de indústrias culturais de Alcântara Lx Factory, onde abre as portas no próximo dia 23. Para assinalar esta data em que se comemora o Dia Mundial do Livro, a livraria promove quatro dias de festa, com uma feira de cem mil livros, concertos, debates e outras actividades.


Podem ler o resto da notícia no Público.pt
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Cerridwen » 02 Feb 2012 16:43

Um texto de Maria do Rosário Pedreira (publicado no seu blogue) que me fez recordar este tópico:

O primeiro embate veio com a notícia de que a Livraria 107, nas Caldas da Rainha, ia fechar portas. Para quem está no mundo da edição há muitos anos e teve a alegria de conhecer livreiros a sério, gente que lê e sabe o que vende, foi um choque perceber que, afinal, se safa melhor no mercado dos livros quem os vende como bolos, detergentes ou T-shirts e só vê capas, brindes e campanhas onde outros, pelos vistos menos afortunados, vêem autores e textos. A Isabel Castanheira, com os seus gatos Gil Vicente e Florbela Espanca passeando entre as estantes da 107, merecia ter conseguido. E, a partir da notícia de que não conseguiu, começaram a chegar outras do mesmo tipo – incluindo as que mencionavam as grandes dificuldades por que passam as Bulhosa – até que, recentemente, os jornais trouxeram a má nova de que a Livraria Portugal, no Chiado, também não resistira. Para mim, um osso duro de roer, já que, quando comecei na Gradiva há mais de vinte anos, as encomendas desta livraria eram feitas telefonicamente por funcionários criteriosos e especializados em ficção, ensaio, literatura infanto-juvenil e obras de referência, que iam passando o auscultador uns aos outros, não se metendo em áreas que não dominavam. Quando mais uma livraria fecha, é menos uma livraria que temos; e não só isto é terrível para o negócio, mas também especialmente grave para a literatura, que vai sendo afogada em pilhas de papel que, mesmo que saia das lojas num determinado período a um ritmo alucinante, não passa de papel que bem podia servir para limpar... E mais não digo.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Thanatos » 02 Feb 2012 20:55

Cerridwen wrote:Um texto de Maria do Rosário Pedreira (publicado no seu blogue) que me fez recordar este tópico:

O primeiro embate veio com a notícia de que a Livraria 107, nas Caldas da Rainha, ia fechar portas. Para quem está no mundo da edição há muitos anos e teve a alegria de conhecer livreiros a sério, gente que lê e sabe o que vende, foi um choque perceber que, afinal, se safa melhor no mercado dos livros quem os vende como bolos, detergentes ou T-shirts e só vê capas, brindes e campanhas onde outros, pelos vistos menos afortunados, vêem autores e textos. A Isabel Castanheira, com os seus gatos Gil Vicente e Florbela Espanca passeando entre as estantes da 107, merecia ter conseguido. E, a partir da notícia de que não conseguiu, começaram a chegar outras do mesmo tipo – incluindo as que mencionavam as grandes dificuldades por que passam as Bulhosa – até que, recentemente, os jornais trouxeram a má nova de que a Livraria Portugal, no Chiado, também não resistira. Para mim, um osso duro de roer, já que, quando comecei na Gradiva há mais de vinte anos, as encomendas desta livraria eram feitas telefonicamente por funcionários criteriosos e especializados em ficção, ensaio, literatura infanto-juvenil e obras de referência, que iam passando o auscultador uns aos outros, não se metendo em áreas que não dominavam. Quando mais uma livraria fecha, é menos uma livraria que temos; e não só isto é terrível para o negócio, mas também especialmente grave para a literatura, que vai sendo afogada em pilhas de papel que, mesmo que saia das lojas num determinado período a um ritmo alucinante, não passa de papel que bem podia servir para limpar... E mais não digo.



É um desgosto. É uma tristeza na alma que se afunda num lago de mediocridade e de franchising. Um pouco à semelhança daqueles lagos de alcatrão em Miracle Mile onde os dinossauros pereceram.

Tantas e tantas mas tantas horas que passei na Livraria Portugal. Revolvendo os meus escaparates favoritos (aqueles onde sacramentalmente todos os meses um novo Argonauta e um novo Vampiro surgiam depois de honras de exibição no balcão principal), onde tanto dinheiro troquei pela literatura que mais me preenchia (tendo eu sem dúvida saído sempre favorecido na troca).

Foi lá que comprei o meu Aquilino Ribeiro, o meu Thomas Mann. Até foi lá que gastei uns exorbitantes 7.000$00 a comprar o Catálogo do Ciclo de Cinema de Ficção Científica da Calouste Gulbenkian/Cinemateca. Foi lá que comprei a minha primeira edição de Economia de Samuelson que tantas horas me acompanhou nos primeiros passos do curso de Gestão.

E era lá que queria que enterrassem o meu coração. Não mais, agora.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Bugman » 02 Feb 2012 21:30

Se mandasses vir as tuas edições da Folio por eles... :whistle:
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Thanatos » 02 Feb 2012 21:53

Bugman wrote:Se mandasses vir as tuas edições da Folio por eles... :whistle:


Não sejas assim. Sempre que podia optar por comprar cá fazia-o numa das Livrarias "à antiga". Raros eram os que comprava na FNAC. Infelizmente nenhuma destas livrarias tinha um sistema de compras diretas ao estrangeiro. :(
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

croquete
Edição Limitada
Posts: 1038
Joined: 11 Feb 2009 16:29
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby croquete » 02 Feb 2012 23:32

Thanatos wrote: Livraria Portugal.


:pissed:
Quem é que se lembrou de fechar aquilo??
Foi lá que comprei o meu melhor livro de xadrez...
Caramba até me deu vontade de aprender russo.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Thanatos » 03 Feb 2012 00:06

Thanatos wrote:
Bugman wrote:Se mandasses vir as tuas edições da Folio por eles... :whistle:


Não sejas assim. Sempre que podia optar por comprar cá fazia-o numa das Livrarias "à antiga". Raros eram os que comprava na FNAC. Infelizmente nenhuma destas livrarias tinha um sistema de compras diretas ao estrangeiro. :(


Minto! Lembrei-me da saudosa Buchholz.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
MAGG
Livro Raro
Posts: 2010
Joined: 11 Sep 2009 13:26
Location: Mar de Dentro ...
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby MAGG » 07 Feb 2012 13:24


User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Cerridwen » 30 Mar 2012 08:22


User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Cerridwen » 28 Sep 2012 11:32

A livraria Pó dos Livros, em Lisboa, já está aberta aos Domingos, com horário das 10h às 19h.

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Bugman » 28 Sep 2012 12:17

Cerridwen wrote:A livraria Pó dos Livros, em Lisboa, já está aberta aos Domingos, com horário das 10h às 19h.

Nao gosto... :td:
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby pco69 » 28 Sep 2012 12:23

Bugman wrote:
Cerridwen wrote:A livraria Pó dos Livros, em Lisboa, já está aberta aos Domingos, com horário das 10h às 19h.

Nao gosto... :td:

http://livrariapodoslivros.blogspot.pt/ ... ntido.html

Eles também não...

Não é fita, é verdade, estou triste. A crise, a batota dos mercados, os políticos e as suas políticas estão a tirar-me todo o ânimo. A falta de esperança e a perspectiva de um futuro sem dignidade deixam-me sem panorama nem alento. Às vezes fico sem motivação para trabalhar e imaginação para escrever neste blogue. Pior, parei de ler. Um livreiro que não lê é como um pássaro sem asas, uma criança sem brinquedos ou uma estúpida metáfora sem sentido.
Hoje tive que dar uma notícia difícil a quem trabalha comigo, sem alternativas tivemos que tomar a decisão de abrir aos domingos, como forma de combater esta crise sem paralelo. Pode, à primeira vista, e para quem é cliente, ser uma boa notícia, mas para quem vai ter que trabalhar é, no mínimo, um recuo nos direitos e uma diminuição da qualidade de vida. Por isso, quero agradecer ao Carlos Loureiro e à Débora Figueiredo a forma extraordinária como aceitaram esta medida, sem um lamento ou o mais leve protesto. – E não foi por medo –.
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4348
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby Bugman » 28 Sep 2012 12:44

Eu sei que eles também nao... Aliás nao comentei no blog porque por um lado compreendo, por outro nao vejo que a abertura ao domingo aumente substancialmente o numero de vendas ao ponto de tornar comercialmente viável abrir a loja, especialmente de uma livraria onde eu encontro tanta coisa boa para comprar...
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela

User avatar
MAGG
Livro Raro
Posts: 2010
Joined: 11 Sep 2009 13:26
Location: Mar de Dentro ...
Contact:

Re: Livrarias que merecem destaque

Postby MAGG » 18 Oct 2012 04:20

Livraria Livros Livres

Image
Uma livraria, em Madrid, decidiu combater a crise com literatura livre. O espaço abriu há três semanas e é um verdadeiro sucesso. Vive de doações e pequenos sócios. Os livros são gratuitos. A reportagem é da correspondente da RTP, Rosa Veloso.


http://www.rtp.pt/noticias/index.php?ar ... &visual=61

Eu perdia - me numa livraria assim :devil: .


Return to “Notícias Literárias”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 4 guests

cron