Miguel Sousa Tavares

Notícias sobre publicações, editoras, autores, convenções, feiras e outras relacionadas com o mundo do livro
User avatar
anavicenteferreira
Edição Limitada
Posts: 1355
Joined: 04 Apr 2005 19:45
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby anavicenteferreira » 25 Oct 2006 09:52

Se isto é verdade, é de uma arrogância que raia a estupidez.
Ana

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby Samwise » 25 Oct 2006 11:02

A sério, a sério, custa-me muito a acreditar que MST fizesse uma coisa destas.

Com diz a Ana, seria de uma "estupidez a raiar a arrogância".

Agora imaginemos a seguinte situção: o que está escrito no Blog corresponde à verdade, e há efectivamente semelhanças gritantes entre alguns excertos nas duas obras. Como poderá MST provar que não plagiou coisa nenhuma? Como poderá um Juiz decidir se houve ou não plágio?

:see_stars:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
anavicenteferreira
Edição Limitada
Posts: 1355
Joined: 04 Apr 2005 19:45
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby anavicenteferreira » 25 Oct 2006 11:34

Primeiro tem de determinar se o escritor A teve acesso à obra do escritor B antes de escrever a sua.
Depois há a questão do que é ou não plágio: tecnicamente não se pode fazer copyright de ideias (senão estavamos todos em maus lençóis) o que essencialmente quer dizer que podemos todos andar a re-escrever a história do Romeu e Julieta ad nauseam que ninguém pode processar ninguém.
Os problemas aparecem quando as histórias que se construiram a partir dessas ideias têm demasiados pontos em comum, quer no desenvolvimento do enredo, quer - como parece ser este caso - no uso de frases que pertencem a outro livro, essas sim, coisas passíveis de serem reconhecidas como estando abrangidas pelos direitos de autor.
Ana

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby Thanatos » 25 Oct 2006 12:08

O acesso à obra está garantido. O próprio menciona-a na bibliografia do "Equador". :biggrin:
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby Samwise » 25 Oct 2006 12:32

Thanatos wrote:O acesso à obra está garantido. O próprio menciona-a na bibliografia do "Equador". :biggrin:


Oooooops... :devil2:

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
annawen
Livro Raro
Posts: 1953
Joined: 18 Jan 2006 11:34
Location: Gaia
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby annawen » 25 Oct 2006 15:23

Na entrevista, publicada hoje no Público, MST diz que o blog cita mal - de propósito - passagens do "Equador". Assim o que parece um parágrafo contínuo, no livro aparece separado, por vezes com várias páginas de intervalo. Isto, a ser verdade – o que é facilmente confirmável – põe em causa os autores do blog. Porque revela má fé. Se querem atacar a honestidade do MST, então que sejam honestos nas críticas. É o mínimo.

User avatar
anavicenteferreira
Edição Limitada
Posts: 1355
Joined: 04 Apr 2005 19:45
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby anavicenteferreira » 25 Oct 2006 17:40

Lembrei-me agora que a minha mãe tinha o livro e fui buscá-lo à porateleira e realmente aqule parágrafo não existe e parte das frases não estão escritas exactamente assim.
Ana

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby Samwise » 25 Oct 2006 18:02

Nesse caso, e pensando que possa ter sido intencional, pode ter-se tatado de um plágio em jeito de homenagem - tipo: "e se eu pegasse naquele primeiro parágrafo e o espalhasse ao longo do texto" -, o que muda completamente a figura ao assunto.

Agora, o pacóvio que publicou a acusação no blog é que não foi nada inteligente.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby Thanatos » 25 Oct 2006 18:50

Retirado do blog:

NOTA FINAL (ou não, logo se vê...): MST volta à lamúria no «Público» (25 Outubro 2006, pág. 24), acompanhado de foto ilustrativa da sua profunda mágoa. Coisa bem feita! Bravo! As explicações é que são pífias. «Leiam os dois e não há comparação nenhuma», diz MST. É isso mesmo, dizemos nós: leiam os dois livros e verão as comparações... Diz o «Público»: «Sousa Tavares diz que há coincidências entre as obras, que são três ou quatro personagens históricas e factos históricos, "o que é absolutamente banal" já que Equador é um romance histórico e as fontes também o são (...)». A colocação das aspas parece ganhar aqui alguma importância.
Então vejamos:
Não nos parece banal que os dois livros tenham um início quase comum; descrição, paisagens, personagens, convites, cadeiras, estados de espírito, densidades psicológicas, percepções exteriores e um não mais acabar... Banal é dizer que um é velho (Mountbatten tinha 46 anos) e o outro (Luís Bernardo) não era ambicioso.
Também não nos parece referência histórica o seguinte: «finalmente, Sua Exaltada Excelência haveria de morrer, prostrado à mais incurável das doenças: o tédio.» - «His was a malady that plagued not a few of is surfeited fellow rulers. It was boredom. He died of it...». Isto é cópia. Chama-se no universo estudantil copianço descarado. «Morrer de tédio» não é conceito científico nem informação histórica. É humor. Mas humor de Lapierre e Collins.
«Sinto-me numa posição kafkiana porque ele (o autor da acusação de plágio) nem tem rosto», diz MST. Mas, mesmo sem lhe conhecer o rosto, MST insulta: «O perfil é de um escritor falhado, medíocre, invejoso e caluniador». Como sempre, para MST tudo o que não seja a sua imagem ao espelho é medíocre e invejoso, podendo até chegar a porco, estúpido, nazi, atrasado e por aí fora. MST tem de aprender que o insulto não deve ser a primeira resposta. Mérito, entre outros, que reclamamos para este blog.
Com um nome ou dois, MST teria aproveitado o espaço que lhe dão na TVI para, com bravata à antiga portuguesa, derreter com insultos quem ousa pô-lo em causa. Sem nome, e só com os factos, calou-se (calaram-se, porque os jornalistas também ajudaram ao silêncio). Nos tribunais, sim, haverá igualdade de armas. Aí não há bravatas, nem insultos, nem amigos nos jornais e nas televisões. Aí há factos. E aí estaremos nós quando chegar o dia. Até lá deixamo-lo com os seus leitores.

PS: Quanto à certeza do suspeito, MST que tenha cuidado para não cair na tentação dos suspeitos do costume
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

ApoK
Enciclopédia
Posts: 798
Joined: 31 Dec 2004 11:55
Location: Porto
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby ApoK » 25 Oct 2006 19:03

Eu acho que isso é tudo uma valente treta... Adorei o Equador e talvez por isso me custe a acreditar nessas delações!
Até ser inequivocamente provado o contrário, as acusações em questão não têm qualquer valor para mim. Para além do mais, pelo que já foi escrito aqui, o criador dessas calúnias é muito pouco inteligente. Como se diz na gíria, deu um autêntico "tiro nos pés" ao citar frases que não existem.
<b>"Deixem-me ouvir, uma vez mais, esses sons que foram, durante tanto tempo, a minha consolação e alegria."</b><br />W. A. Mozart - December 5th, 1791

User avatar
annawen
Livro Raro
Posts: 1953
Joined: 18 Jan 2006 11:34
Location: Gaia
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby annawen » 25 Oct 2006 20:23

E o blog nem responde ao facto de ter citado mal as frases.

User avatar
Steerpike
Edição Limitada
Posts: 1187
Joined: 07 Jan 2006 19:09
Location: Lisboa, Portugal
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby Steerpike » 31 Oct 2006 10:34

Entretanto, o blogue Freedom to Copy transformou-se num veículo promocional da Oficina do Livro. Como as conspirações andam na moda, deixem-me cá inventar uma também: terão os editores achado que o _Equador_ estava a vender menos, e por isso resolveram criar uma polémicazinha bem publicitada a tempo das compras para o Natal? :wink:

Abraços,
Luís
The vorpal blade went snicker-snack!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby Samwise » 31 Oct 2006 11:16

Inacreditável!... e sou incapaz, neste momento, de balbucionar outra palavra que seja.


Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Miguel Sousa Tavares

Postby Cerridwen » 31 Oct 2006 20:53

<!--sizeo:4-->[size=125]<!--/sizeo-->Miguel Sousa Tavares entregou queixa à PJ contra acusadores de plágio<!--sizec-->[/color]<!--/sizec-->

Miguel Sousa Tavares entregou à Polícia Judiciária uma queixa e participação criminal por difamação e violação de direito moral de autor contra desconhecidos, após acusações de plágio no livro "Equador", informou a sua editora.

De acordo com um comunicado de imprensa da editora da obra, a Oficina do Livro, a queixa entregue na Directoria de Lisboa da PJ é contra o responsável do blogue www.freedomtocopy.blogspot.com e contra o autor do "post" de 20 de Outubro de 2006 que usou o pseudónimo "Lapierre e Collins".

O caso remonta a 20 de Outubro, quando no site "Freedom to Copy" um anónimo acusou Miguel Sousa Tavares de ter plagiado partes de "Esta Noite, a Liberdade", de Dominique Lapierre e Larry Collins, para o seu livro "Equador".

Na altura, o jornalista e escritor refutou as acusações e colocou de imediato a hipótese de recorrer às autoridades para investigarem os autores não identificados.

Uma fonte da Oficina do Livro disse que Equador, primeiro romance de Miguel Sousa Tavares, vendeu até ao momento um total de 275 mil exemplares, incluindo uma edição especial de Equador Ilustrado.

Fonte: Agência LUSA


Return to “Notícias Literárias”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron