Manuel Alves

O espaço para a colocação de textos da autoria dos membros do BBdE.
User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 10 Feb 2013 19:34

Olá, Samwise.
Este romance, tecnicamente, é o primeiro que acabei. Digo tecnicamente porque trabalho em várias histórias em simultâneo, e este foi o primeiro no qual dei por concluído o processo de escrita-revisão-publicação.

Tenho outro já concluído (falta apenas a revisão final, para eliminar eventuais gralhas e afins), mas provavelmente só o publicarei daqui a alguns meses. Posso dizer-te que, neste (também passado no mundo real, com pessoas comuns), há dois cães que são lobos e que não gostam de pides (afinal, quem gosta?). :mrgreen:

Suponho que tenhas alguma razão em considerar algo inesperado o tema deste romance (as relações afectivas entre pessoas comuns, sem poderes extraordinários, no mundo real), pois os contos que publiquei, até agora, têm elementos de ficção científica e/ou fantasia.

Compreendo a necessidade (comercial) de alguns autores (talvez a maioria) de se manterem dentro de um género específico, para consolidarem as expectativas dos leitores em relação àquilo que esperam ler no livro seguinte. Há também a possibilidade dos pseudónimos, para escrever em géneros diferentes, mas essas questões não me importam por aí além (pelo menos, de momento). Disponibilizo aos leitores sinopses e excertos, precisamente para que decidam o que querem ler. Como é natural, não têm de ler tudo mas sim apenas aquilo que lhes interessar. Sou da opinião de que as pessoas devem ler livros e não autores. Uns livros agradam, e outros nem por isso; mesmo quando escritos pelo mesmo autor (isto dava um debate demasiado longo).

Eu não sou escritor de género (no sentido de apenas escrever dentro de um género literário). Simplesmente escrevo as histórias que quero escrever. Tanto pode ser um romance assente no mundo real, com pessoas comuns (“A invenção de um conto de fadas”), como um romance assente num mundo imaginário, com personagens que nem sequer são pessoas.

Os contos que já tenho publicados:

“Z” (que mencionaste) é de ficção científica, e estou a desenvolvê-lo numa trilogia, cuja primeira parte espero publicar lá para o final do ano.

“Legado Vermelho” é uma combinação de ficção científica e fantasia; a tecnologia presente no conto é mais avançada do que a que dispomos actualmente e, a
determinada altura, aparecem dragões. :dragon:

“A linha recta do corvo” tem traços de humor negro com um elemento sobrenatural a insinuar-se em segundo plano.

“Orin” é fantasia… existencial filosófica (?) … francamente, não sei como classificar o conto. :whistle:

“Coração Atómico” é steampunk.

Um escritor escreve, e pronto.

Sugestão: o PayPal é uma alternativa viável ao cartão de crédito. ;)
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 12 Feb 2013 18:46

http://www.smashwords.com/books/view/283934

Image

Neste romance, há várias histórias dentro da história e uma personagem, Linda, que vive dentro dos livros. Linda fala assim:

«Inocência. As duas línguas que se molham na mesma boca são uma proibida descoberta somente permitida pelo espírito libertino do acaso. As crianças apenas são ensinadas a dar a mão. O corpo precisa de crescer para se descobrir em todo o prazer. É preciso viver para ir mais além na companhia de alguém. É começar por um beijo, descobrir o desejo e acabar na cama, no banco de trás de um carro, num sofá ou até mesmo no chão. O desejo leva-nos para onde quer que vá. Depois de provar um corpo descobrimos o sabor do tesão. A palavra soa a coisa porca. E é. Mas sabe bem. Soa a concessão pervertida. E é. Mas sabe mesmo muito bem. Soa a delírio febril de paixão. Oh, e é! E é! E sabe mesmo, mesmo muito, mas muito bem! É uma regra de etiqueta ressequida à qual toda a vontade mais indomável tem de ser convertida. É a subversão da negação. É o mentiroso: não, senhores, não, não sinto uma vontade sexual cadela nem o desejo de me levar por ela! Não, senhores, não! Sinto, sim! Sinto-a revolvendo-se-me na barriga, sem descanso nem fadiga, como feto animal que cresce dentro de mim! E esses olhares que me olham. Mulheres de inveja e homens de desejo. As mulheres não são apenas inveja, nem os homens são apenas desejo. Oh, as mulheres, antes não fossem só, só inveja. E os homens, esses, quem dera que fossem mesmo, mesmo só desejo. Seria amor ao preço de um beijo. Mas as mulheres, essas, são umas putas frias e calculistas. Assim, três coisas más de uma assentada. Das três, ser puta é a coisa menos má. Nisso, ainda se pode fingir que se quer alguma coisa com paixão. Quanto mais não seja, a paixão por um sonho, a fantasia de encontrar o seu homem às direitas que a tire daquela vida. Alguém que compreenda que foi apenas uma profissão de necessidade e não uma vocação escolhida. Um querer impossível, mas um querer. Não há água que lave um corpo que foi de todos por dinheiro. Fica sempre a escória da memória.
Frias e calculistas. Quase parece uma redundância, mas não é. As duas palavras são demónios bem diferentes. Ambos trabalham para o mesmo fim, mas através de diferentes meios. A frieza é a negação de todos os estímulos, em si. O calculismo é a estimulação de todas as sensações, nos outros. Uma mulher que saiba golpear com essas duas lâminas não é uma amazona invencível, é a própria Morte. Uma verdadeira cabra, por assim dizer. Não é fácil ser uma pessoa assim, muito menos mulher. Fica-se azeda e recalcada. À noite, deita-se sozinha e adormece fechada.»
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 18 Feb 2013 22:51

O meu novo site.

http://omanuelalves.blogspot.pt/

Brevemente, terá um blog activo para coisas de escrita, arte e isso... :mrgreen:

edit: o blog para posts já está activo: http://juroqueminto.blogspot.pt/ ;)
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 24 Feb 2013 23:27

Oferta:
Um laique = um livro.

Quem fizer laique na minha página do feicebuque receberá uma mensagem (logo que possível) com um código para a aquisição gratuita, no Smashwords, do meu novo romance “A invenção de um conto de fadas” (abrir o link do livro, seguir as instruções de aquisição e introduzir o código).

Quem já fez laique, e tiver interesse em aproveitar a oferta, basta enviar uma mensagem para a minha página e receberá uma resposta com o código*.

*ler o post na respectiva página.

Oferta válida até 26-02-2013.

(sim, eu sei que escrevi “laique” e “feicebuque”) :mrgreen:

A minha página: https://www.facebook.com/pages/Manuel-A ... 7765749176
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 09 Mar 2013 17:57

Olá.
Como este conto se encontra também publicado no Almanaque Steampunk 2012, resolvi disponibilizá-lo, em e-book, gratuitamente.
Quem tiver interesse, é só seguir o link. ;)

https://www.smashwords.com/books/view/257959

Image
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 16 Mar 2013 15:53

Crítica. :tu:

"Se inicialmente pensei que seria um livro cansativo de se ler, bem, agora digo que nunca me ri tanto com um livro, nunca ponderei tanto as palavras que um livro continha como com este livro."

- Andreia Dias, no Goodreads

Crítica completa aqui: http://www.goodreads.com/review/show/546075404

Image
http://www.smashwords.com/books/view/283934
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 18 Mar 2013 19:35

Todos os meus livros gratuitos no Smashwords até… quando for.
Podem descarregá-los todos no link.
https://www.smashwords.com/profile/view/manuelalves
Boa leitura.
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 25 Mar 2013 18:01

Passatempo
Troca criativa: um conto por uma recensão.

1- Durante o mês de Abril (2013), convido os/as leitores/as a fazerem a recensão crítica do meu romance “A invenção de um conto de fadas” e a partilhá-la no Goodreads (e também em qualquer outra plataforma que entendam). As três recensões críticas (reviews) que obtiverem mais likes, no Goodreads, serão premiadas. O/a autor/a de cada recensão terá direito a ser personagem principal num conto original, que escreverei especialmente para cada um/a. O/a autor/a poderá escolher o género literário do respectivo conto e que aventura gostaria de viver na história.

2- O meu romance está presentemente disponível para download gratuito, no Smashwords, acessível através do link constante da descrição na sua página no Goodreads.
http://www.goodreads.com/book/show/1734 ... o-de-fadas

3- Quaisquer contos resultantes deste passatempo serão disponibilizados gratuitamente, no Smashwords, em e-book individual, com especial dedicatória aos/às autores/as das três recensões seleccionadas.

4- Terminado o mês de Abril, eventuais empates em número de likes, que originem mais do que as três recensões possíveis, serão decididos através do número de comentários, com preferência para a recensão que exibir maior participação quantitativa dos comentadores. Se algum empate persistir, será decidido através de um curto período adicional em que serão contabilizados novos likes, apenas nessas recensões, para desempatar.

5- Quaisquer recensões críticas já presentes na página do romance, no Goodreads, são igualmente elegíveis para o passatempo.

A leitura é uma oferta, e ainda podem viver uma aventura para além de qualquer impossível no infindável faz-de-conta. Participem. :)
blheck!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Samwise » 27 Mar 2013 15:18

Viva, Manuel,

Tens aqui boa(s) iniciativa(s). :tu:

Não vou participar na recensão para o Goodreads porque o mais certo é não conseguir acabar de ler o livro antes do final de Abril (e nem tenho conta no Goodreads), mas fica combinado que direi qualquer coisa sobre ele, aqui no BBdE, assim que isso suceder. (depois havemos de combinar um café para te agradecer esta leitura :bbde: )
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 27 Mar 2013 16:57

Olá, Samwise.

Combinado. :tu:
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 11 Apr 2013 20:01

A iniciativa do Marco Lopes, no seu blogue "O Senhor Luvas".

"Durante esta semana vou fazer uma espécie de "campanha/promoção" da obra de um jovem autor chamado Manuel Alves, dando à estampa uma opinião por dia de (quase) toda a sua obra, ainda não sei se terminarei a tempo o seu ultimo livro (e-book), "Perguntas-me?". Convenhamos a sua obra (ainda) não é assim tão grande, mas revela já uma grande potencial. Tudo o que publicou foi em e-book, mas dois contos já tiveram direito a serem incluídos em duas antologias. No final irei fazer um "apanhado da situação".

Deixo aqui a primeira opinião, relativa ao conto Z. :)
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 06 May 2013 23:45

Todas as opiniões da iniciativa do Marco Lopes, no seu blogue O Senhor Luvas:

Z
Legado Vermelho
Coração Atómico
A Linha Recta do Corvo
Orin
A invenção de um conto de fadas
Perguntas-me?
O Veredicto Inicial (que é o final :D )

É só soprar nas letras azuis e puf! Teletransporte. :mrgreen:
blheck!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Samwise » 07 May 2013 19:02

Viva Manuel,

Já comecei o teu "A Invenção de um Conto de Fadas".

Comecei há cerca de uma semana, mas não tenho tido muito tempo para dedicar à leitura, pelo que vou nos 10% , considerando a "contagem" do e-reader.

Para já, discordo ligeiramente, com enfase no "ligeiramente", da opinião formulada pelo Senhor Luvas de que o romance (é um romance?) não tem nada a ver com FC, porque aqui e ali, nas metáforas/comparações, surgem termos que associo quase em exclusivo a esse mundo. Os que apanhei até agora - dois ou três - parecem um pouco deslocados da narrativa, no sentido em que nos fazem pensar um pouco em imagens que nos tiram da envolvência. Quanto ao resto, reservo a opinião para o final da leitura.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 07 May 2013 20:09

Samwise wrote:Viva Manuel,

Já comecei o teu "A Invenção de um Conto de Fadas".

Comecei há cerca de uma semana, mas não tenho tido muito tempo para dedicar à leitura, pelo que vou nos 10% , considerando a "contagem" do e-reader.

Para já, discordo ligeiramente, com enfase no "ligeiramente", da opinião formulada pelo Senhor Luvas de que o romance (é um romance?) não tem nada a ver com FC, porque aqui e ali, nas metáforas/comparações, surgem termos que associo quase em exclusivo a esse mundo. Os que apanhei até agora - dois ou três - parecem um pouco deslocados da narrativa, no sentido em que nos fazem pensar um pouco em imagens que nos tiram da envolvência. Quanto ao resto, reservo a opinião para o final da leitura.


Olá, Samwise.
Pela percentagem, deves estar para aí no quinto capítulo (de 54).
Suponho que o teu ponto de discórdia com o Senhor Luvas será um debate que poderás ter com ele mesmo. ;)
A meu ver, o género literário de um livro é determinado pelas características do género predominante na história. "A invenção de um conto de fadas" fala essencialmente de cinco relacionamentos afectivos que são contados em paralelo e que são unidos por uma personagem que actua como ponto de contacto com as outras, juntando as histórias paralelas numa maior. Assim, uma vez que os afectos ocupam o tema central da história, parece-me que o género literário adequado para classificar o livro será o romance. Quem começar a ler este livro com expectativas criadas pela leitura dos meus contos, que são maioritariamente de ficção científica e fantasia, poderá não encontrar aquilo que estava à espera partindo dessa leitura. Acho que já disse algures (por aqui ou em lugar semelhante), que não me considero propriamente um autor de género e que as minhas histórias podem ser bastante diferentes entre si e percorrer vários géneros literários. Em conclusão, quem não gostar de romance (não me refiro, neste caso, apenas ao típico "rapaz encontra rapariga... e por aí adiante", mas sim às relações afectivas entre pessoas comuns, sem superpoderes e afins) é capaz de preferir outro tipo de leitura. :) É por isso que disponibilizo sinopses, para que as pessoas tenham ideia daquilo que podem encontrar antes de começarem a leitura. ;)
Espero que possas dizer que gostas do livro depois de terminares a leitura. Se não gostares, também podes clarificar-me as tuas razões, pois eu aprecio sempre uma opinião honesta (que, por vezes, até me pode ser útil). ;)

A propósito, "A invenção de um conto de fadas" foi o livro escolhido para uma leitura conjunta num grupo do Facebook, a decorrer ao longo deste mês. Se não fosse um grupo reservado a membros poderias participar na leitura conjunta e debater com o Senhor Luvas, que é um dos membros. :)
blheck!

User avatar
Manuel Alves
Manifesto
Posts: 72
Joined: 28 Feb 2012 03:21
Contact:

Re: Manuel Alves

Postby Manuel Alves » 26 May 2013 23:03

Ora, então, olá.

Mais algumas críticas (palavras bonitas :D ) acerca do meu romance: Image
http://www.smashwords.com/books/view/283934

Nos blogues:

folhas do mundo, por A caminhante.
Crónicas de Mirimë, por Carla Pisco.
As Leituras do Fiacha - O Corvo Negro, por Fiacha.

Um abracinho, pelas palavras simpáticas e pela divulgação. :hug:
blheck!


Return to “Escritos & Outros”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron