O Metropolitano com mais de dois mil anos.

O espaço para a colocação de textos da autoria dos membros do BBdE.
User avatar
Suzuki
Brochura
Posts: 37
Joined: 17 Dec 2012 21:41
Contact:

O Metropolitano com mais de dois mil anos.

Postby Suzuki » 18 Jan 2013 22:37

Image

Tinha saído como sempre às 6 da tarde da empresa. Não me apetecia ir directamente para casa e resolvi pesquisar sozinho uns túneis que um grupo de arqueólogos tinha descoberto recentemente na zona onde trabalhava.

Desci as escadas da entrada até chegar a uma ampla e longa caverna onde se vislumbrava uma luz no fundo.

Havia um homem na escuridão que reconheci quando me aproximei dele. Era o Ricardo, um ex colega de liceu que fazia parte da equipa das escavações.

Explicou-me que aquela foi a sua maior descoberta, era um sistema de metropolitano com construído por uma civilização que habitava na região à mais de dois mil anos. Eles tinham escavado uma rede de túneis para poderem moverem-se por debaixo da cidade. Não usavam carris nem locomotivas mas sim carruagens puxadas por animais.

Espantado perguntei qual era o interesse de construir um metro à milhares de anos para deslocações em animais por debaixo de povoações que não tinham nem de perto os problemas de transito de hoje.

Ricardo disse-me que isso era ainda um mistério mas que se eu escutasse agora mesmo com atenção e mente aberta ainda poderia ver e sentir as sombras dessas carruagens a passar por aquele túnel.

Fizemos silencio e escutei um ruído em cima de mim, consegui distinguir apesar do escuro umas reflexões que no tecto granítico se moviam em direcção à luz ao fundo do túnel.

Senti necessidade de perseguir as sombras, despedi-me do meu amigo e comecei a correr por ali fora. Em alguns minutos consegui chegar ao fim do túnel. Era uma pequena área ao ar livre que tinha servido para dividir a rede em outra ligação que continuava para norte. Provavelmente era uma antiga estação usada por aquela civilização.

Uma dessas sombras baixou e aproximou-se de mim até eu conseguir distinguir um homem com uma face extremamente pálida com uma grande cicatriz na testa. Convidou-me a ir com ele. Recusei, era um homem estranho que falava sem mover a boca. Ele insistiu que iria me levar a um mundo belo, ao mundo dele. Recusei continuamente até que vi nos olhos dele uma fúria e um sinal de ódio intenso que me fizeram correr até umas escadas em caracol que me levou para fora até uma rua movimentada da cidade que ficava felizmente perto da minha casa. Respirei de alivio.

Olhei para baixo mas os fantasmas dos viajantes do passado tinham desaparecido.


obs: Não sou escritor nem pretendo ser, isto é apenas uma pagina do meu diário de sonhos, sonhos que por vezes são nocturnos como este e outros que são de dormir acordado. ;)

User avatar
pco69
Cópia & Cola
Posts: 5488
Joined: 29 Apr 2005 23:13
Location: Fernão Ferro
Contact:

Re: O Metropolitano com mais de dois mil anos.

Postby pco69 » 19 Jan 2013 22:10

:tu:
Fenómenos desencadeantes de enfarte do miocárdio

Esforços físicos, stress psíquico, digestão de alimentos, coito, tempo frio, vento de frente e esforços a princípio da manhã.

Ou seja, é extremamente perigoso fazer sexo ao ar livre com vento de frente, após ter tomado o pequeno almoço numa manhã de inverno...


Return to “Escritos & Outros”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron