Patrícidio

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Patrícidio

Postby Thanatos » 03 Apr 2005 21:51

A dor resvala por mim como chuva pela janela. Sinto abafar-se o ar e apertar-se o peito. Em vão procuro uma saída, mas tu não ma dás! Preferes manter-me debaixo do teu manto de benevolência, como um tesouro guardado ciosamente.

Mas é tarde. A hora alonga-se e a dor resvala. As sombras, ó tenebrosas e enormes que se agigantam para além do alpendre impelem-me a sentir a tua respiração contra o meu peito. As tuas lágrimas são quentes.

Tacteio no escuro que se avoluma em volta de nós e sinto em cima da mesa as chávenas onde momentos atrás tínhamos beberricado o chá amargo. Amargo decerto como as tuas lágrimas.

Pai, o tempo é este. E agora terás de me ceder o meu lugar. Aquele que me é devido. Meu por direito. Esta noite, pai vou entrar na posse do meu direito de nascença.

E mãos carrascas apertam como um viço. Tu não dizes nada. Nada mais poderias dizer. Leio na expressão triste das rugas do teu rosto tudo o que haveria para dizer. Todas as intermináveis frases que me punham no meu devido lugar, que me rebaixavam, me humilhavam, me feriam, senão na carne, no ego. Adeus pai. Ide para onde não mais me abatas a humanidade.

Não mais as sombras. Antes, neste momento horrendo, um longo e espesso manto negro que cobre a infâmia. Que esconde dos olhos dos homens o final acto perpetrado naquele alpendre, na entrada daquela casa que o viu nascer. É um alívio que se abate sobre ele. É uma tristeza incomensurável e irremediável. Ergue a cara à noite. Levanta as mãos ao céu. Abomina a hora. Foge da tormenta. Aqui onde jaz um velho poderá uma nova vida singrar?
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Cerridwen
Edição Única
Posts: 7357
Joined: 01 Jan 2005 13:17
Location: Torres Vedras
Contact:

Re: Patrícidio

Postby Cerridwen » 03 Apr 2005 23:18

Este texto também não me é estranho.. :unsure:

Também gostei muito deste texto. (mas pôs-me triste.. :cry: ) Parece estar carregado de uma dor violenta.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Patrícidio

Postby Thanatos » 03 Apr 2005 23:21

É natural... ando a postar alguns que já tinha no outro fórum. ;)
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

Maloveci
Livro de Bolso
Posts: 239
Joined: 16 Mar 2005 23:27
Location: Jamaica man !!
Contact:

Re: Patrícidio

Postby Maloveci » 04 Apr 2005 22:37

Aqui onde jaz um velho poderá uma nova vida singrar?


Claro que sim Thanatos, eu acredito que isto é apenas uma passagem e o mais importante :

Nada do que fazemos é por acaso .
<!--coloro:#0000FF--><span style="color:#0000FF"><!--/coloro-->Desabafas??? Eu também... Estou aqui: <!--colorc--></span><!--/colorc--> <!--coloro:#9932CC--><span style="color:#9932CC"><!--/coloro-->maloveci@jamaicans.com<!--colorc--></span><!--/colorc-->


Return to “Thanatos”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron