Espaços

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Espaços

Postby Thanatos » 24 Aug 2009 23:11

Espaços vazios.


Enchêmo-los com silêncios descoloridos e olhares mudos. Planeámos as linhas curvas do nosso futuro inspirados nas autovias do progresso mas deixámos os sonhos desabarem como castelos de fumo, suavemente rolando pela colina das nossas desilusões.




Em redor os símbolos ostentam significados que escapam aos olhares. Invisíveis as teias da concordância a prenderem-nos em ciclos inexoráveis.




Tu seguiste o teu caminho na vereda do silêncio. Eu persegui o sonho até que o nevoeiro me toldou a visão. Quebrado, deitei-me com as memórias e acordei com a ausência.




Tudo o que eu precisava era do porquê. Tudo o que me deste foi o limbo.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Espaços

Postby Pedro Farinha » 24 Aug 2009 23:51

Para quem falava de textos que não são perceptíveis para toda a gente... (não estou a dizer que este não o tenha sido para mim)


Mas gostei bastante, tirando esta repetição:

Thanatos wrote:Planeámos as linhas curvas do nosso progresso inspirados nas autovias do nosso progresso mas


que me soou bastante mal.

Gostei especialmente da imagem do "nevoeiro".

:smile:

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Espaços

Postby Thanatos » 25 Aug 2009 00:01

Pedro Farinha wrote:(...)

tirando esta repetição:

Thanatos wrote:Planeámos as linhas curvas do nosso progresso inspirados nas autovias do nosso progresso mas


que me soou bastante mal.



Ooops! :whistling: Não era isso que estava escrito inicialmente. Os gremlins atacaram! :mrgreen4nw: Bem vou repôr a «verdade da mentira». Mais à frente um tempo verbal também não estava concordante. É o que dá escrever em telemóveis. Perde-se sempre algo na tradução.

Obrigado por teres comentado.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Onma
Panfleto
Posts: 21
Joined: 19 Aug 2009 13:29
Location: Brasil!
Contact:

Re: Espaços

Postby Onma » 25 Aug 2009 00:52

Interessante, para mim é como se estivesse a cair num poço sem fim. Bastante agradável!
<!--fonto:Verdana--><span style="font-family:Verdana"><!--/fonto-->'É.. O fogo queima..'<!--fontc--></span><!--/fontc-->

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: Espaços

Postby Ripley » 25 Aug 2009 11:53

Quando escreves estes textos mais "intimistas" mostras que não és assim tão pedra-de-sal :wink:
Quando o fazes capturas momentos, teces com palavras uma tapeçaria que mostra imagens sugestivas.
Gostei.






(Peguei na imagem, no momento capturado. Pintando-a com outras cores fi-la minha e pendurei-a no canto onde se alinham os meus pequenos instantâneos. Espero que não te importes...)
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Espaços

Postby Thanatos » 25 Aug 2009 12:13

Ripley wrote:Quando escreves estes textos mais "intimistas" mostras que não és assim tão pedra-de-sal :wink:
Quando o fazes capturas momentos, teces com palavras uma tapeçaria que mostra imagens sugestivas.
Gostei.


São momentos que estão na fronteira entre o autobiográfico e a fantasia. Para mim fica o que é o quê. Para o leitor talvez pontos de contacto com a sua própria experiência. Entretanto no twitter tenho estado com o esboço dum continho mais compridito. :wink:






Ripley wrote:(Peguei na imagem, no momento capturado. Pintando-a com outras cores fi-la minha e pendurei-a no canto onde se alinham os meus pequenos instantâneos. Espero que não te importes...)


Absolutamente. É sempre um prazer saber que servimos de catalisador. :smile:
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: Espaços

Postby Ripley » 25 Aug 2009 12:24

Thanatos wrote:São momentos que estão na fronteira entre o autobiográfico e a fantasia. Para mim fica o que é o quê. Para o leitor talvez pontos de contacto com a sua própria experiência. Entretanto no twitter tenho estado com o esboço dum continho mais compridito. :wink:


Pois.
Não uso essa coisa nem tenciono fazê-lo - mas agora vais deixar-me roidinha de curiosidade.


Thanatos wrote:
Ripley wrote:(Peguei na imagem, no momento capturado. Pintando-a com outras cores fi-la minha e pendurei-a no canto onde se alinham os meus pequenos instantâneos. Espero que não te importes...)


Absolutamente. É sempre um prazer saber que servimos de catalisador. :smile:


Já lá está na minha galeria. Com o catalisador certo o fogo arde bem e depressa n'A hora do lobo.
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Espaços

Postby Thanatos » 25 Aug 2009 17:20

Ripley wrote:Pois.
Não uso essa coisa nem tenciono fazê-lo - mas agora vais deixar-me roidinha de curiosidade.


Don't get your hopes to high. It's really just a small thing... what classical composers called divertimento. :wink: (sim, hoje também me deu para a petulância)


Ripley wrote:Já lá está na minha galeria. Com o catalisador certo o fogo arde bem e depressa n'A hora do lobo.


Já li. Interessante, perturbador e até experimental. Mas não lhe encontrei pontos de contacto com este meu texto. No entanto isso é a verdadeira definição de catalisador não é assim? Emergir do processo inalterado. (mais uma de petulância... sorry)
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!


Return to “Thanatos”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron