Sou o oceano

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Sou o oceano

Postby Thanatos » 27 Jan 2010 12:39

Sou o oceano e beijo com lábios húmidos as tuas costas. No meu seio albergo o tudo que é nós e num erguer titânico sou a devastação que te submete ao meu desejo.

Sou o oceano e plácido deixo-me percorrer pela suavidade da tua quilha. Maceras-me e torturas-me mas no nosso amplexo não há lugar para a dor.

Sou o oceano que o vento percorre, perdido, sem rumo e desorientado. Mas eu aqui permaneço. Não me sentes?

Os destroços dão à costa. Momentos de vidas, partidos, lixiviados e cobertos de cracas. O sal tempera o fim. Sou assim. Sou o oceano.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Sharky
Edição Única
Posts: 4587
Joined: 19 Jun 2008 00:04
Location: Margem Sul
Contact:

Re: Sou o oceano

Postby Sharky » 27 Jan 2010 12:55

Por momento imaginei-me pirata, numa caravela a fugir com ouro roubado e o mar a castigar-me :tu:

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: Sou o oceano

Postby Ripley » 27 Jan 2010 13:04

Passam tempos e temas, mudam os estilos mas há coisas que permanecem - contigo é essa ligação ao oceano, o cheiro azul a maresia.

Pequeno de tamanho mas grande nas imagens que desperta. Gostei.
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Sou o oceano

Postby Thanatos » 27 Jan 2010 13:07

Foi uma inspiração muito súbita que me ocorreu há minutos atrás, ouvindo um tema do Neil Young (nada a ver com o tema do texto). Para variar comigo é logo de supetão para não perder o balanço.

Sim, a minha ligação ao mar é muito profunda. Diria até que sem mar (ou por outra, sem água) definharia, murcharia e secaria. De mim restaria apenas uma casca quebradiça soprada pelo vento contra o betão citadino. Nunca me tirem o mar!
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Sou o oceano

Postby Samwise » 27 Jan 2010 13:27

Thanatos wrote:Foi uma inspiração muito súbita que me ocorreu há minutos atrás, ouvindo um tema do Neil Young (nada a ver com o tema do texto). Para variar comigo é logo de supetão para não perder o balanço.

Sim, a minha ligação ao mar é muito profunda. Diria até que sem mar (ou por outra, sem água) definharia, murcharia e secaria. De mim restaria apenas uma casca quebradiça soprada pelo vento contra o betão citadino. Nunca me tirem o mar!


Quando vi o título lembrei-me logo da canção, mas depois enquanto lia o texto fui pensando que não tinha nada a ver uma coisa com a outra - até chegar à tua explicação e confirmar os meus pensamentos. ;)

O texto está assim a modos que sublime. :bow:
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Sou o oceano

Postby Thanatos » 27 Jan 2010 14:44

:P Qualquer bom grunger conhece a obra do Neil Young.

De qualquer forma és um exagerado. Sublime? Longe disso. Até acaba por ser banal porque, penso, só a mim me sugere os sentimentos que me assaltaram. Para outros não passam de fiadas de palavras meio sem nexo.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Sou o oceano

Postby Samwise » 27 Jan 2010 15:49

Thanatos wrote::P Qualquer bom grunger conhece a obra do Neil Young.


Muito por culpa dos Pearl Jam, que andaram a fazer campanha activa em prol de alguns vultos e lendas meio esquecidas do Rock&Roll, como o Young e os The Who. Aliás, essa musiquinha que "inspirou" este texto tem instrumentação a cargo dos P.J., substituindo os habituais companheiro do Young, os Crazy Horse (mas isto tudo tu já sabes... ;) )

De qualquer forma és um exagerado. Sublime? Longe disso. Até acaba por ser banal porque, penso, só a mim me sugere os sentimentos que me assaltaram. Para outros não passam de fiadas de palavras meio sem nexo.


Ok, sublime é um exagero (se bem que não encontrei palavra mais aproximada para dizer o que pensei), mas estás enganado quanto à sugestão de sentimentos - e não devo ser único leitor a quem as palavras assaltam e sugerem certas coisas.
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Ripley
Edição Limitada
Posts: 1219
Joined: 30 Jan 2009 02:10
Location: Under some mossy rock
Contact:

Re: Sou o oceano

Postby Ripley » 27 Jan 2010 16:18

T, tu é que és um exagerado - como aliás é (frequentemente) o teu costume :mrgreen:

Sim, o mais provável é que só a ti este texto sugira "os sentimentos que te assaltaram". Mas como boa parte de nós não é pedra de sal, podemos ser inundados, avassalados até pela força oceânica de sentimentos despertados pelo teu texto... sendo quase certo que serão, isso sim, diferentes dos teus. Mas não deixam de surgir só porque dizes o contrário :twisted:
"És a metade que me é tudo." [Pedro Chagas Freitas]
---§§§---
"O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende." [Miguel Esteves Cardoso]

User avatar
Arsénio Mata
Livro Raro
Posts: 1773
Joined: 01 Oct 2009 20:41
Location: Portimão
Contact:

Re: Sou o oceano

Postby Arsénio Mata » 11 Feb 2010 21:52

É incrível como 4 linhas apenas podem dar um texto tão forte e bonito. Gostei muito.
Devias escrever mais meu. :)
Only in the bloodline is this terror exposed
A knife to the eye of modern day times
Exactly what you've worked for.

A price for the pride
I can feel the distance coming
The holes in my lungs
Won't let me take this anymore.

http://umhomemsimpatico.tumblr.com/


Return to “Thanatos”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron