Page 1 of 1

Álvaro do Carvalhal

Posted: 17 Jan 2014 15:36
by vampiregrave
Com uma curta passagem pela vida, e se excetuarmos o drama O castigo da vingança!, de 1862, um só livro de Contos postumamente publicado, Álvaro do Carvalhal, constitui um caso ímpar na história da literatura portuguesa, onde escasseia o género fantástico.
Nascido a 3 de fevereiro de 1844, em Argeriz, Trás-os-Montes, e falecido a 14 de março de 1868, em Coimbra, faz os estudos de Humanidades em Braga, onde começa a publicar poemas e prosas nos periódicos locais, e inicia a composição dos seus primeiros "romances", designação que sempre utilizará para falar dos seus contos. Matricula-se em Coimbra, frequentando o curso de Direito ao mesmo tempo que os homens que viriam a formar a chamada Geração de 70. Convive, sobretudo, com José Simões Dias, seu grande amigo, João Penha e o grupo ligado à revista A Folha. Intervém na Questão Coimbrã com um artigo, "Suicídio - vem a pelo o Poema da Mocidade e o seu autor", onde ataca Pinheiro Chagas. Em Coimbra, é-lhe comunicada a doença grave de que sofria, um aneurisma. Angustiado e ciente do pouco tempo de vida que lhe resta, apressa-se a organizar a edição dos seus contos, que no entanto não conseguirá rever por completo, e será postumamente apresentada por José Simões Dias. Morre com 24 anos, enquanto frequentava o quarto ano do curso de Direito.


Um autor pouco recordado, mais conhecido pela novela "Os Canibais" que foi adaptada por Manoel do Oliveira. Se alguém encontrar digitalizações ou alguma edição antiga do livro de contos, digam-me qualquer coisa :bbde:

Re: Álvaro do Carvalhal

Posted: 05 Feb 2014 11:25
by Samwise
Fui seguir o fio à meada (a "Os Canibais") e os resultados surpreenderam-me bastante.

Este autor tem uma página da wiki em... italiano! Não há uma versão portuguesa. Há muito pouca informação disponível na Internet sobre ele, e, na maioria dos casos, o que há são análises e opiniões sobre os poucos trabalhos seus.

Encontrei uma opinião sobre "Os Canibais" no blog do Jorge Candeias (aqui).

Encontrei uma versão impressa à venda na wook por 8,5€.

Numa opinião publicada num blog brasileiro, fiquei a saber que "Os Canibais" foi inspirado num conto de Edgar Allan Poe (olha quem... :mrgreen: ) - o The Man Who Was Used Up.

Sobre o The Man Who Was Used Up: na wiki, e o texto propriamente dito.

Ainda é cedo para pensar nisso (porque andamos enrodilhados na corda do gato preto), mas era de considerar traduzirmos também este conto para o Adamastor (e já que falo nisso o The Tell-tale Heart também...)

Podia até haver uma versão conjunta: Os Canibais + O Homem que...

Re: Álvaro do Carvalhal

Posted: 05 Feb 2014 14:31
by MAGG
vampiregrave wrote:...Se alguém encontrar digitalizações ou alguma edição antiga do livro de contos, digam-me qualquer coisa :bbde:


Além das edições mais recentes da Assirio e da Relógio de Água, encontrei nas redes de bibliotecas municipais de Lisboa estes dois exemplares mais antigos :

Contos / Alvaro do Carvalhal ; precedidos d'um estudo biographico por J. Simões Dias. Coimbra : Imprensa da Universidade, 1868. - Biblioteca-Museu República e Resistência ( só com Consulta local );

6 contos frenéticos / Álvaro do Carvalhal ; introd., notas e rev. Manuel João Gomes. 1a ed. Lisboa : Arcádia, 197. ( deposito geral - Biblioteca da Galveias presumo , com possibilidade de requisitar ).

:bye:

fonte: http://catalogolx.cm-lisboa.pt/ipac20/i ... ch&x=0&y=0

Edit: já vim tarde :angel: .

Re: Álvaro do Carvalhal

Posted: 05 Feb 2014 15:06
by vampiregrave
Samwise wrote:Fui seguir o fio à meada (a "Os Canibais") e os resultados surpreenderam-me bastante.


Há muito pouca informação sobre o autor, e quanto a digitalizações nem vê-las. Felizmente a reprodução em fotocópia na BPN não fica muito cara, e assim tenho comigo o texto original.

Samwise wrote:Ainda é cedo para pensar nisso (porque andamos enrodilhados na corda do gato preto), mas era de considerar traduzirmos também este conto para o Adamastor (e já que falo nisso o The Tell-tale Heart também...)


Eventualmente gostava de traduzir mais coisas dele sim, é algo que teremos de debater quando terminarmos a primeira tradução.

Samwise wrote:Podia até haver uma versão conjunta: Os Canibais + O Homem que...


É uma ideia interessante. Devem existir mais casos deste género.

MAGG wrote:Contos / Alvaro do Carvalhal ; precedidos d'um estudo biographico por J. Simões Dias. Coimbra : Imprensa da Universidade, 1868. - Biblioteca-Museu República e Resistência ( só com Consulta local );


A reprodução que tenho em mãos é precisamente desta edição :)