Milan Kundera

Escolha um autor e fomente uma discussão sobre a sua obra e a sua vida
User avatar
acrisalves
Edição Única
Posts: 3490
Joined: 29 Dec 2004 13:53
Location: In a florest mist
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby acrisalves » 29 Aug 2005 01:54

Bem-vinda :)

De Milan Kundera, apenas li a Insustentável Leveza do Ser, e aquilo que achei do livro, podes encontrar neste link
<a href='http://www.bbde.org/index.php?showtopic=727' target='_blank'>http://www.bbde.org...p?showtopic=727</a>
Já agora, o que achaste dos restantes livros?

:)

User avatar
Dalilah
Comic Book
Posts: 165
Joined: 30 Jun 2005 15:37
Location: Odivelas
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby Dalilah » 29 Aug 2005 08:48

Olá, bem vinda.

Deste autor, também só li "A insustentável leveza do ser" e também podes encontrar a minha opinião no tópico mencionado pela acrisaalves.

Espero que gostes de andar por cá.
"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim."<br><br>Cumprimentos,<br><br>Dalilah

tracy
Brochura
Posts: 44
Joined: 27 Oct 2005 23:53
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby tracy » 28 Oct 2005 00:00

Tardiamente, aqui chego. Olá a tod@s.
Começo pelo Kundera por ser um dos meus favoritos.
:bow:

Bijuca
Manifesto
Posts: 53
Joined: 16 Feb 2006 16:33
Location: Albufeira
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby Bijuca » 16 Feb 2006 18:25

Ora aqui está um outro autor que está na minha lista de livros a serem relidos.... :) Já li a "Insustentável Leveza do Ser" para aí à uns 20 anos e lembro.me que na altura fiquei muito bem impressionada, mas se me perguntarem qual a história já não me lembro bem..... :mrgreen:

Li também "O livro do riso e do esquecimento" que também gostei muito, mas não tanto como o primeiro! :)

É sem dúvida um autor que recomendo!!!

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby Pedro Farinha » 14 Aug 2007 14:35

Até ontem apenas tinha lido de Kundera ""A insustentável leveza do ser", há muitos anos, mas não me tinha deixado com vontade de voltar a pegar em mais nada dele.

Não sei se foi da época, devo ter lido o livro há uns 20 anos, ou se é do livro, mas ontem li "A lentidão" e achei o livro fantástico - os vários mundos que se entrecruzam incluíndo a do narrador e do leitor. A forma como a história está escrita, em pinceladas poéticas mas com pormenores tão concretos e obssessvos como o desejo de ver o olho do cu da amada.

Muito interessante o livro, vou ler mais.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby Samwise » 14 Aug 2007 18:04

Pedro Farinha wrote:A forma como a história está escrita, em pinceladas poéticas mas com pormenores tão concretos e obssessvos como o desejo de ver o olho do cu da amada.


E quando é que começas a ler Lobo Antunes?

Duvido que a escrita tenha alguma ciosa que ver com a de Kundera, mas quanto a factores obsessivos, não encontrarás mais obsessivamente explorados (:mrgreen4nw:)...


Na Quinta-feira já trago mais uns trechos d' "Os Cus..." para pôr aí.

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby Pedro Farinha » 14 Aug 2007 18:40

Samwise wrote:E quando é que começas a ler Lobo Antunes?


Tenho lido, entremeadamente, livros "clássicos", ou seja, que estavam por aí à espera para serem lidos e "coisas" que têm saído. foi assim que peguei no Kundera. O lobo Antunes há de ser em breve - I promisse :whistling:

l_world
Panfleto
Posts: 15
Joined: 29 Oct 2007 08:15
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby l_world » 29 Oct 2007 23:50

Eu li "A Brincadeira" e não achei nada de especial.

Posso ter ficado desiludida com o livro ainda antes de o ler porque queria comprar "A insustentável leveza do ser" mas estava esgotado.

Também já me disseram que "A Brincadeira" está muito mal traduzida para o português, mas como não posso ler o original....

User avatar
grayfox
Edição Única
Posts: 4203
Joined: 01 Jul 2008 16:20
Location: Braga
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby grayfox » 14 Jul 2010 17:11

monicaleal wrote:Foi o primeiro livro que li em que a historia se desenrola, como passou a ser “moda”, em alguns filmes.
M.


Ainda bem que passou a ser moda, digo eu.
Nem quero imaginar como eram os filmes em que a historia não se desenrola :rotfl:
A melhor assinatura chinesa da actualidade.

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13870
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby Thanatos » 14 Jul 2010 20:22

Não ligues, Mó. O gray é assim mas tem desconto por ser do nuorte e como todos sabem o nuorte é uma nação, carago! :D

Ele preferiu excluir da sua punch line a linha em que dás o exemplo esclarecedor do filme Colisão.

Ou então ele não viu o filme.

Ou viu e já esqueceu.

Ou então viu e não relacionou.

Ou... ó caraças... estou farto deste jogo :twisted: :bye:
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Bugman
Edição Única
Posts: 4347
Joined: 24 Jun 2009 17:47
Location: Almada Capital
Contact:

Re: Milan Kundera

Postby Bugman » 14 Jul 2010 21:55

Pedro Farinha wrote:
Samwise wrote:E quando é que começas a ler Lobo Antunes?


Tenho lido, entremeadamente, livros "clássicos", ou seja, que estavam por aí à espera para serem lidos e "coisas" que têm saído. foi assim que peguei no Kundera. O lobo Antunes há de ser em breve - I promisse :whistling:



Muito mal estaremos se não houver um títulozinho do ALA que não seja um clássico imperdível. Por mim seria o Auto dos Danados (só porque é o mais antigo que li dele) ou o Que Cavalos (...) (este pela qualidade da escrita).
A PENA online | O Bug Cultural

Normalcy was a majority concept, the standard of many and not the standard of just one man. Robert Neville
O homem que obedece a Deus, não precisa de outra autoridade. Petr Chelčický
Ao mesmo tempo que ali estava tudo igual, não estava você lá, não está teu passado, não está nada. Quer dizer: só você sabe que esteve ali. A parede, os prédios, não guardam a gente. Nós só nos guardamos a nós mesmos. Só valemos nós connosco. Fora daí é literatura, é poesia, é arte. Ferreira Gullar
Yes, I am a woman of the law. And there are lots of laws. But if they don't offer us justice, then they aren't laws! They are just lines drawn in the sand by men who would stand on your back for power and glory. Sartana
"No, Señoría, no es lo mismo estar dormido que estar durmiendo, porque no es lo mismo estar jodido que estar jodiendo". Camilo Jose Cela


Return to “Autores”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron