Charles Bukowski

Escolha um autor e fomente uma discussão sobre a sua obra e a sua vida
elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby elsefire » 14 Mar 2006 14:09

o nome não me é estranho, já dele tinha ouvido falar e das suas peripécias, mas também confesso, que para gostar de um autor tenho que me identificar com ele e como não sou escatológico,alcoólatra, machista e cínico, não posso gostar de um autor assim. Ah e niilismo não é para mim uma filosofia de vida além de que lendo as amostras de poemas que aí tem não me leva a ficar muito entusiasmado pelo autor. Acho até, que pelas amostras da poesia aqui presente a quem lê, bukowsky não é sequer um mediocre escritor, quanto mais um excelente escritor.

É a minha opinião sincera sobre este autor e não sobre aquele que iniciou o tópico. É melhor esclarecer, porque às vezes existe uma certa confusão.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby Samwise » 14 Mar 2006 17:43

You have a point Caninos!

Se fossemos a escolher os autores pela ausência de defeitos (ou características de que não gostamos) nas suas personalidades, creio que ficariamos analfabetos para sempre.

Meu rico King. :mrgreen:

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby elsefire » 15 Mar 2006 11:50

não se trta de excluir por defeitos mas excluir por falta de compatibilidade. pode o autor ter defeitos mas eu também os ter e assim me identificar.

Depois não sou capaz de ouvir uma música, ler um poema um conto um livro ou ver um quadro, que por exemplo vá a favor dos ideias xenófobos, fascistas e ou tros. Agora se me quiserem provar que um autor que eleva estes ideiais aos píncaros não é fascista e/ou xenófobo, força, não sou todo ouvidos.
Para mim é-me dificil distinguir o criador da criação. A criação regra geral é uma extensão do criador, mas se preferem acreditar que não, força, continuo a não ser todo ouvidos.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby Samwise » 15 Mar 2006 12:57

Sabendo que não vou alterar em nada as tuas convicções, vou-te dar um exemplo actual sobre o que acho acerca deste assunto:

O José Saramago é um autor que defende activamente ideais opostos aos meus. Já por duas ou três vezes agiu e criou bastante polémica em torno da questão Cuba/Fidel Castro, por exemplo.

Conheço algumas pessoas que, como tu em relação a outros autores, se recusam a ler o que ele escreve porque não gostam da sua atitude com ser humano.

Eu não. Gosto bastante da escrita dele e vou continuar a ler os seus livros. Quero lá saber se ele é vermelho, ou laranja, ou rosa ou o que quer que seja. Não está em causa se apoio o que ele defende. Não é por o ler que me faço apoiante das suas causas.

Julgo que nunca farei isso em relação a nenhum escritor (ou, para generalizar mais a coisa, em relação a nenhum artista).

Claro que se o que está na escrita não me interessa, deixo de ler. Acho que isso é capaz de acontecer se me surgir pela frente um texto de propaganda disfarçado de livro... mas isso é outra coisa totalmente diferente (embora por vezes possa ser difícil de distinguir).

Uma vez disseste que não irias ler Virgílio Ferreira por causa do ramo filosófico que defende (e que escreve, pelos vistos). Só te posso dizer que tenho pena. Nem sabes o que perdes (ou se calhar até sabes...).

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Lazy Cat
Livro Raro
Posts: 1619
Joined: 14 Jun 2005 22:37
Location: no cu de judas, atrás do sol posto. or so they say...
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby Lazy Cat » 15 Mar 2006 13:33

acho que não se ler algo só porque não vai de encontro às nossas ideias, só nos deixa a perder com isso. eu gosto de conhecer outros pontos de vista, outras ideias diferentes das minhas. prefiro muito mais isso do que andar a ler sempre o mesmo. acho que assim não sei vai longe, não se evolui, estagna-se...

quanto a este senhor, confesso que nunca ouvi falar, e daquilo que li aqui, não me puxou um interesse por aí além, pois não li nada de novo. talvez ele tenha coisas mais interessantes...? =)
Image
Image When I'm sad, I stop being sad and be awesome instead. True story

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby elsefire » 15 Mar 2006 14:11

Eh pá desculpem lá mas isto já parece que eu não gosto de ouvir/ler e aceitar opiniões contrárias à minha. Isso não é verdade apenas acho que em coisas fundamentais repito fundamentais da personalidade, que para mim são indissociáveis da própria arte e não as supérfluas como coisas de política eu não vou ler. Em cima quando se menciona niilista,escatológico, cínico, machista e ainda para mais cínico, eu só mencionei estas e desculpem vós, naõ se perguntaram porquê? Porque raio terá ele mencionado estas características e não outras? Porque estas são fundamentais são aquelas que vão contra a minha personalidade e não as outras como antiacadémico. Que se lixe se fosse aintiacadémico, melodramático etc,etc. para mim ele tem todo o direito de o ser. Também tem direito de ser as outras, só que eu não vou ler, porque muito simplesmente ele defende estas características naquilo que escreve e por isso descarto.
Não vou ouvir músicas xenófobas isso podem estar certos.
eu só posso repetir o que já disse, não consigo distinguir o criador da sua criação. OU então o criador é um mentiroso e inventa-se a si próprio, o que acho muito pouco provável de ser conseguido.


tenho dito.

User avatar
Lazy Cat
Livro Raro
Posts: 1619
Joined: 14 Jun 2005 22:37
Location: no cu de judas, atrás do sol posto. or so they say...
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby Lazy Cat » 15 Mar 2006 14:30

elsefire wrote:OU então o criador é um mentiroso e inventa-se a si próprio, o que acho muito pouco provável de ser conseguido.
[right][snapback]20379[/snapback][/right]



hmm..... porquê? =) gostava de conhecer os teus argumentos. não prometo que apresente os meus, porque tenho bastante dificuldade em argumentar =X
Image
Image When I'm sad, I stop being sad and be awesome instead. True story

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby Samwise » 15 Mar 2006 16:29

Parece-me que voltamos à velha questão:

O que é para ti mais importante num livro? A história (e a mensagem que a fundamenta), ou a maneira como está escrito?

Ou será que são indissociáveis? E então recusas-te a lê-lo porque uma destas vertentes não te agrada?

elsefire, parece-me que quando encontras algo na "história" (ou nas "histórias") de algum livro ou autor que vá contra aquilo que para ti são valores fundamentais, então não avanças mais. Embora eu não pense assim, não te censuro por fazeres isso.

Mas agora pergunto eu... Não será possível a um livro ou autor, mesmo exultando valores contrários aos teus, atingir patamares de génio através de uma escrita brilhante (inventando-se ou não na sua personalidade)?

Imagina que por acaso adoras a escrita? És incapaz de ler um livro assim?

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby elsefire » 15 Mar 2006 17:25

Vou responder primeiro à lazy cat.

Sim é dificil, senão impossível criar algo que não tenha traços da personalidade do criador, da peça de arte. Não estou a ver um xenófobo cantar músicas a contra o racismo e também não estou a ver um crente a cantar "blasfémias"(ei está entre aspas). Também não estou a ver um sujeito triste a escrever coisas optimistas ou um sujeito alegre a escrever coisas niilistas. Não me parece crível, mesmo que o próprio autor não se aperceba há traços da sua personalidade na sua criação e para mim que também rabisco umas coisas, esta dicotomia criação/criador é indissociável, mesmo que seja subconsciente.

Agora o Samwise (gamgee):

Mas agora pergunto eu... Não será possível a um livro ou autor, mesmo exultando valores contrários aos teus, atingir patamares de génio através de uma escrita brilhante (inventando-se ou não na sua personalidade)?

Ora aí está! Chegas-te ao ponto. Era isso que eu há bocado queria colocar na minha anterior intervenção e não consegui. Posso de facto gostar do estilo tal e qual gosto do estilo do Vergílio e da sua forma de escrita(aliás o facto de dizer que não leio vergílio, só me dá coerência), mas não gosto do seu tão amado existencialismo, que para mim é quase uma obsessão da sua escrita e portanto não o leio , não me identifico com ele e por isso não o acho um génio, embora ele assim possa ser considerado por outros, mas serão sempre aqueles que com ele se identificam. Como conheço os principios fundamentais do existencialismo não vejo nenhuma necessidade de fazer repetir as minhas leituras.
Poderá quando muito ser um génio na aplicação desse estilo de escrita, quem diz escrita diz estilo de música, pintura e afins, mas como disse, se alguma coisa vai contra os meus principios fundamentais eu não leio, não ouço, não vejo, a menos que a isso seja obrigado. Não vou apoiar ideiais que afrontam os meus principios fundamentais de vida. Poderei ler princpios que vão contra os meus, mas aqueles que não são fundamentais.

Eu por exemplo tomo como dogma, a existência de Deus e garanto-vos que não foi por imposição da família, pois já fui agnóstico, nem foi por mero acaso que se deu a mudança, foi sim porque a vida assim me provou. Se alguém me vier com as retóricas todas de que Deus não existe, eu garanto-vos que eu não vou ler, porque tenho a certeza, repito a certeza, absoluta, que é mentira.

Um abraço.

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14973
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby Samwise » 15 Mar 2006 18:02

Ok. Já provaste a tua ideia.

Onde eu queria chegar era ao ponto: um autor pode ser um bom autor independentemente das ideias que apregoa, fazendo estas parte da sua personalidade ou não. Não é pela personalidade que se avalia um autor.
Para mim são coisas distintas.

Portanto, voltando ao Charles Bukowski e ao quote da "weird":
escatológico, melodramático, cínico, marginal (izado), antiacadêmico, anti-grupos literários, lírico, alcoólatra, machista, politicamente incorreto, anarquista e um grande escritor.


Conseguirei gostar de algo deste senhor? Possivelmente. Mas não posso falar sem antes ter lido algo dele (para além daqueles pequenos momentos que o Caninos colocou ali em cima).

Espero ter conseguido, pelo menos, explicar-me.

----------------------------

Estive a pesquisar a net sobre este autor, que me era, até agora, desconhecido, e encontrei alguns sites interessantes:

<a href='http://www.levity.com/corduroy/bukowski.htm' target='_blank'>http://www.levity.com/corduroy/bukowski.htm</a>

<a href='http://www.rooknet.com/beatpage/writers/bukowski.html' target='_blank'>http://www.rooknet.com/beatpage/writers/bukowski.html</a>

<a href='http://www.realbeer.com/buk/bio.html' target='_blank'>http://www.realbeer.com/buk/bio.html</a>

<a href='http://bukowski.net/' target='_blank'>http://bukowski.net/</a>

Verifiquei que para além de poeta, foi também romancista. Se puderem dêem uma vista de olhos no início do seu livro "Women"... Acho que podemos ficar com uma ideia aproximada sobre o que vamos encontrar mais para a frente.

Não me desagradou

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: Charles Bukowski

Postby elsefire » 16 Mar 2006 10:18

ontem estive a pensar e acho que meti os pés pelas mãos porque quase fui induzido pelo decorrer da conversa a dizer que não leio não vejo. Bem não é bem assim. Já li muita coisa com a qual não concordo e vou continuar a ler, mas voltando ao meu raciocícnio inicial se não me identifico com a visão de um determinado autor não o vou repetir ou não o vou ler mais. Isto muito provavelmente. No mínimo nunca acharei interessante as leituras deste autor.
(acho que reinou aqui alguma confusão)
Isso foi o que me levou a dizer que pelo que via aqui deste Bukowvsky não acho que seja grande espingarda, mas ainda sou capaz de lhe dar uma segunda hipótese. Mas se se confirmar na sua escrita aquilo que se diz sobre a sua personalidade eu não vou insistir, porque não me identifico.
Não se trata de excluir pessoas trata-se de excluir pensamentos. Se uma pessoa se sentar à minha beira com um determinado pensamento diferente ao meu, até pode ser um prisioneiro, um assassino, um xenófobo, eu não me levantar, por causa disso, porque acredito que posso ajudar essa pessoa.
Alguém sabe qual a razão apontada pelos especialistas para o facto de a história de o Senhor dos Aneis vender tanto?

deixo a pergunta no ar talvez alguém me saiba responder.

Mein Kapf. teria que tentar ler. não sei se conseguiria chegar ao fim.


Return to “Autores”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 2 guests

cron