José Luís Peixoto

Escolha um autor e fomente uma discussão sobre a sua obra e a sua vida
User avatar
Riobaldo
Edição Limitada
Posts: 1099
Joined: 06 Feb 2005 15:14
Location: Lisboa
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Riobaldo » 21 Sep 2007 22:52

Samwise wrote:
Lord Wimsey wrote:A minha dúvida é 'Não é uma imitação de Lobo Antunes?'


Se puderes, Wimsey, ouve a entrevista da TSF. A tua questão ver-se-há automaticamente respondida... ou quase.

Admirador confesso de Lobo Antunes, admirado por Lobo Antunes...


Sam


Onde disse o Lobo Antunes que o admira? Nunca li/ouvi tal coisa.

José Luís Peixoto não é imitação de Lobo Antunes.

José Luís Peixoto não é tão bom como o pintam. É um escritor razoável, apenas isso.

Acho que é melhor poeta do que prosador.
www.revistaantologia.com

User avatar
Thanatos
Edição Única
Posts: 13871
Joined: 31 Dec 2004 22:36
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Thanatos » 22 Sep 2007 12:27

TRiiAd wrote:José Luís Peixoto não é tão bom como o pintam. É um escritor razoável, apenas isso.


Pela pequena amostra que já li dele concordo. Mas também admito que ainda não li o "melhor" dele portanto continuo reservado na minha opinião.
Não importa como, não importa quando, não importa onde, a culpa será sempre do T!

-- um membro qualquer do BBdE!

User avatar
Samwise
Realizador
Posts: 14974
Joined: 29 Dec 2004 11:46
Location: Monument Valley
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Samwise » 24 Sep 2007 17:12

TRiiAd wrote:Onde disse o Lobo Antunes que o admira? Nunca li/ouvi tal coisa.

Na entrevista do JLP à TSF.
Não é o ALA que está a falar, é o JLP que menciona um troca de correspondência com o ALA que remonta à data da pré-publicação do "Morreste-me". E não o diz directamente. Lê-se nas entrelinhas.

José Luís Peixoto não é imitação de Lobo Antunes.
Ainda bem aqui para as gentes.

José Luís Peixoto não é tão bom como o pintam. É um escritor razoável, apenas isso.

Questão de opinião. Eu ainda não tenho uma (opinião) formada.
Já agora, como é que o pintam?

Acho que é melhor poeta do que prosador.

Não concordo nem discordo. Antes pelo contrário (contrário = "ainda não li nenhuma poesia do homem" :tongue:)

Sam
Guido: "A felicidade consiste em conseguir dizer a verdade sem magoar ninguém." -

Nemo vir est qui mundum non reddat meliorem?

My taste is only personal, but it's all I have. - Roger Ebert

- Monturo Fotográfico - Câmara Subjectiva -

User avatar
Riobaldo
Edição Limitada
Posts: 1099
Joined: 06 Feb 2005 15:14
Location: Lisboa
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Riobaldo » 24 Sep 2007 19:00

Quanto à referência do JLP ao ALA, não quero levantar dúvidas ao rapaz, que até me parece uma boa pessoa, mas a Margarida Rebelo Pinto está sempre a falar no ALA e na amizade que tem com ele... e ele nunca fala dela.

Quanto à opinião que se tem do rapaz (ou: como é que o pintam), é muito frequente o nome dele vir à baila como um dos melhores escritores da "nova geração". Mas agora que penso nisso, talvez seja mesmo. O que, a meu ver, só quer dizer que a "nova geração" não é nada de extraordinário.
www.revistaantologia.com

Lord Wimsey
Dicionário
Posts: 548
Joined: 29 Nov 2005 21:01
Location: Aveiro
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Lord Wimsey » 24 Sep 2007 20:31

Qual é a nova geração?

Além do luis peixoto e do pedro mexia, se é que o Mexia conta, não estou a ver mais ninguém

User avatar
Riobaldo
Edição Limitada
Posts: 1099
Joined: 06 Feb 2005 15:14
Location: Lisboa
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Riobaldo » 24 Sep 2007 20:38

Lord Wimsey wrote:Qual é a nova geração?

Além do luis peixoto e do pedro mexia, se é que o Mexia conta, não estou a ver mais ninguém


Gonçalo M. Tavares, Jacinto Lucas Pires, Mafalda Ivo Cruz, Rui Vieira, etc.
www.revistaantologia.com

sini
Manifesto
Posts: 58
Joined: 15 Jan 2008 18:47
Location: Rinchoa (Sintra)
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby sini » 18 Jan 2008 03:03

Li Uma Casa na Escuridão. Acho a escrita deste sr genial. Adorei o livro, mas de uma forma estranha. Porque acho que a história - toda ela metáforas - e as mensagens que passa, e a realidade com que escreve são tão perfeitas - demasiado - que acabamos por viver o livro. O que neste caso, é péssimo para nós :tongue:

Xerazade
Manifesto
Posts: 57
Joined: 30 Mar 2007 17:06
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Xerazade » 19 Mar 2008 00:07

Não sei se acompanham os artigos escritos pelo José Luís Peixoto, publicados semanalmente.
Eu sou obrigada a dizer que os leio todos... :lol2:
Apesar de, geralmente, gostar dos artigos, aquele que saiu há cerca de duas semanas na Visão deixou-me totalmente cativada. O título da crónica é Acompanhante: pai. Se tiverem oportunidade, leiam...


"Cada som do nosso filho a sofrer é silêncio em brasa, é a cabeça cheia de silêncio em brasa, o peito cheio, incandescente..."
<div align="center"><br /><!--fonto:Comic Sans MS--><span style="font-family:Comic Sans MS"><!--/fonto--><!--coloro:#483d8b--><span style="color:#483d8b"><!--/coloro--><!--sizeo:3--><span style="font-size:12pt;line-height:100%"><!--/sizeo--><!--coloro:#000080--><span style="color:#000080"><!--/coloro--><i>E chega um dia em que reconhecemos, finalmente, a injustiça das palavras... <!--sizeo:1--><span style="font-size:8pt;line-height:100%"><!--/sizeo-->(Alice Vieira)<br /><!--sizec--></span><!--/sizec--></i><!--colorc--></span><!--/colorc--><!--sizec--></span><!--/sizec--><!--colorc--></span><!--/colorc--><!--fontc--></span><!--/fontc--></div>

Annabel_Lee
Comic Book
Posts: 86
Joined: 21 Jul 2007 23:55
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Annabel_Lee » 23 Mar 2008 20:22

Xerazade wrote:Não sei se acompanham os artigos escritos pelo José Luís Peixoto, publicados semanalmente.
Eu sou obrigada a dizer que os leio todos... :lol2:
Apesar de, geralmente, gostar dos artigos, aquele que saiu há cerca de duas semanas na Visão deixou-me totalmente cativada. O título da crónica é Acompanhante: pai. Se tiverem oportunidade, leiam...


"Cada som do nosso filho a sofrer é silêncio em brasa, é a cabeça cheia de silêncio em brasa, o peito cheio, incandescente..."


É curioso mencionares esse texto.
Não é por acaso que o Peixoto é tão bom na temática do pai, já que a morte do seu pai foi talvez um dos maiores impulsos criadores que ele possuiu. Prova disso é o "Criança em ruínas", o meu livro favorito dele, embora isso seja uma opinião pessoal que me foi negada por ele pessoalmente. lol De qualquer forma, penso que isto se insere no complexo de escritor que passado uns anos deixa de gostar totalmente dos trabalhos mais antigos. Li aí qualquer coisa sobre a "nova geração de autores se resumir a mexia", pronto, só podia ser o Lord Winsão a dizer tal barbaridade. De qualquer forma fiquem atentos ao amigo Gonçalo M. Tavares só para dar um dos exemplos mais violentos da excelente qualidade dos dias de hoje (e vamos lá a deixar a conversa da avozinha que nos diz constantemente que já tudo foi escrito).
<!--coloro:#800080--><span style="color:#800080"><!--/coloro--><b><a href="http://umadevastacao.blogspot.com/" target="_blank">http://umadevastacao.blogspot.com/</a><a href="http:///bhttp://umadevastacao.blogspot.comb" target="_blank"></b><b></a></b><a href="http://<a%20href=" target="_blank"><br /><!--coloro:#800080--><span style="color:#800080"><!--/coloro--></a><!--colorc--></span><!--/colorc--><br /><br /><!--colorc--></span><!--/colorc-->

carlnen
Panfleto
Posts: 24
Joined: 25 Dec 2007 14:10
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby carlnen » 24 Mar 2008 01:13

annabel_lee wrote:Não é por acaso que o Peixoto é tão bom na temática do pai, já que a morte do seu pai foi talvez um dos maiores impulsos criadores que ele possuiu. Prova disso é o "Criança em ruínas", o meu livro favorito dele, embora isso seja uma opinião pessoal que me foi negada por ele pessoalmente.


Se nunca leste o "Morreste-me", não sabes o que perdes.

O Zé Luís não voltou, até hoje, para mim a voltar a alcançar a pureza de estilo e sentimento desse texto.

Annabel_Lee
Comic Book
Posts: 86
Joined: 21 Jul 2007 23:55
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Annabel_Lee » 28 Mar 2008 00:21

carlnen wrote:
annabel_lee wrote:Não é por acaso que o Peixoto é tão bom na temática do pai, já que a morte do seu pai foi talvez um dos maiores impulsos criadores que ele possuiu. Prova disso é o "Criança em ruínas", o meu livro favorito dele, embora isso seja uma opinião pessoal que me foi negada por ele pessoalmente.


Se nunca leste o "Morreste-me", não sabes o que perdes.

O Zé Luís não voltou, até hoje, para mim a voltar a alcançar a pureza de estilo e sentimento desse texto.


Sim!! O "Morreste-me" também é muito bom, ainda tenho um exemplar dessa preciosidade, mas pessoalmente coloco o tipo de poesia do "Criança em ruínas" a um nível muito elevado... mas ele próprio já não se identifica com isso e ainda fica surpreendido com este tipo de comentário...bem, são opções... o que é certo é que ele está a vender muito mais agora.
<!--coloro:#800080--><span style="color:#800080"><!--/coloro--><b><a href="http://umadevastacao.blogspot.com/" target="_blank">http://umadevastacao.blogspot.com/</a><a href="http:///bhttp://umadevastacao.blogspot.comb" target="_blank"></b><b></a></b><a href="http://<a%20href=" target="_blank"><br /><!--coloro:#800080--><span style="color:#800080"><!--/coloro--></a><!--colorc--></span><!--/colorc--><br /><br /><!--colorc--></span><!--/colorc-->

myown_shad0w
Brochura
Posts: 32
Joined: 11 Apr 2009 17:11
Location: Cacem
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby myown_shad0w » 16 May 2009 16:16

Também adoro José Luís Peixoto... tanto que comecei um tópico sobre ele antes de procurar se havia algum já aberto :blush:
Dele já li Uma Casa na Escuridão, Nenhum Olhar, Antídoto, Cemitério de Pianos e o livro de poesia Gaveta de Papéis. Gosto imenso da escrita dele, das metáforas que usa, dos mundos que ele cria, das frases curtas e concisas (como já alguém referiu aqui) e como elas nos atingem. O meu preferido é Uma Casa na Escuridão que até foi o primeiro livro que li dele. Confesso que, na altura e para primeiro livro dele, custou-me um bocado a ler porque não estava habituada ao estilo de escrita dele...mas quando cheguei ao fim, tornou-se facilmente um dos meus livros preferidos, o que me fez continuar a apostar nos seus livros.
"quod me nutrit me destruit"<br /><br /><a href="http://papeiseletras.blogspot.com" target="_blank">Papéis e Letras</a>

Pedro Farinha
Edição Única
Posts: 3298
Joined: 03 Apr 2005 00:07
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Pedro Farinha » 16 May 2009 20:12

Se já leste isso tudo tens de ler o resto. A casa, a escuridão que é o livro de poesia que ele escreveu em simultâneo com Uma casa na escuridão é dos melhores livros de poesia que já li.

O cemitério de pianos também é imperdível, se aprecias a escrita sensível do JLP imagina ele a escrever sobre o amor ou sobre o desejo.

A propósito do Antídoto, esse livro conseguiu-me por a ouvir os Moonspell e até a gostar o que é um efeito estranhíssimo.

No entanto o melhor livro dele, para mim, é o morreste-me que descreve a dor e a ausência como nunca mais ninguém conseguiu descrever.

User avatar
Aignes
Enciclopédia
Posts: 858
Joined: 05 Jan 2006 23:59
Contact:

Re: José Luís Peixoto

Postby Aignes » 16 May 2009 23:23

Pedro Farinha wrote:A propósito do Antídoto, esse livro conseguiu-me por a ouvir os Moonspell e até a gostar o que é um efeito estranhíssimo.

No entanto o melhor livro dele, para mim, é o morreste-me que descreve a dor e a ausência como nunca mais ninguém conseguiu descrever.


Perdi o Morreste-me na feira do livro. Ia comprá-lo e depois esqueci-me em que banca é que o tinha visto. :unsure:

E engraçado que não costumo ouvir o Antidote.
«The force that through the green fuse drives the flower
Drives my green age; that blasts the roots of trees
Is my destroyer.
And I am dumb to tell the crooked rose
My youth is bent by the same wintry fever.»


Return to “Autores”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron