Page 1 of 1

O GALO

Posted: 29 Jun 2005 23:05
by j.t.parreira
«Un gallo/cantò; altri risposero qua é lá.»
Umberto Saba


Um galo
cantou e outro respondeu
que estava lá
no seu posto móvel
no vento
qualquer coisa negra
começa a desfazer-se
em claridade, a noite
repassa a outras latitudes
qualquer coisa começa
a restaurar-se nas janelas
as casas respondem
outros animais
retomam nos quintais
a domesticada vida
numa repetição sem tédio
nem delícia, um galo
avançou com a rotina
em todo o seu canto
que procede
do silêncio.

© J.T.Parreira

Re: O GALO

Posted: 01 Jul 2005 10:52
by Samwise
Será que estou a começar a gostar de poesia?

Vejo para aqui muita coisa agradável nestes versos.

O amanhecer ao sabor do cantar do galo. Muito Bom.

SamW