O Elogio da Amada no Cântico dos Cânticos

j.t.parreira
Comic Book
Posts: 169
Joined: 27 Jun 2005 13:00
Location: Aveiro-Portugal
Contact:

O Elogio da Amada no Cântico dos Cânticos

Postby j.t.parreira » 26 Aug 2014 17:32

“Quem é esta que sobe do deserto, como colunas de fumo,
perfumada de mirra”

Cântico dos Cânticos


Ela vem como ilusão de óptica no deserto
as faces rodeadas de uma água solar, a luz
do seu rosto se derrama, a cor dos seus lábios
sufoca os meus olhos

Ela vem como algodão de nuvens
as minhas mãos são rudes indignas da seda
dos lírios que florescem nos seus dedos

A minha amada vem ágil como o vento
a dançar nos véus do seu cabelo

Vem esplêndida, a minha amada vem como um alvo
de beleza para todos os olhares.

01-08-2014
© J.T.Parreira

Return to “j.t.parreira”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 3 guests

cron