Page 1 of 1

A Noite Urbana

Posted: 31 Dec 2005 00:29
by j.t.parreira
Brilham no vento as luzes vigilantes
dos candeeiros públicos,
fogueiras
para as noites húmidas,
agitam-se as cortinas
da janela que tosse,
enquanto dois vultos
se esquivam enlaçados
dos últimos olhares,
entre as varandas dos prédios
há quem procure
num quarto nu a intimidade.

Re: A Noite Urbana

Posted: 11 Jan 2006 11:15
by Samwise
Não sei dizer exactamente porquê, mas este poema lembra-me o ambiente dos filmes do Michael Mann, mais concretamente o "Heat" e o "Collateral".

Talvez seja pela relação inseparável entre o as "peças de mobiliário urbano" e o homem que habita nas cidades, no meio de cores, ruidos e cheiros que vagueiam pelos ventos. E também pela vida que se vai fazendo nesse meio.

Sam