Recolher Obrigatório

j.t.parreira
Comic Book
Posts: 169
Joined: 27 Jun 2005 13:00
Location: Aveiro-Portugal
Contact:

Recolher Obrigatório

Postby j.t.parreira » 25 Nov 2006 14:38

Nos cafés apalpa-se a tristeza.

As luzes tomam o caminho
mais estreito,
o colapso das colunas da noite
fez cair
as sombras nas esquinas,
ninguém
quer uma bala perdida.

Cada dia no entanto
a solidão
penetra as nossas mãos.

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: Recolher Obrigatório

Postby elsefire » 25 Nov 2006 20:49

j.t.parreira wrote:Nos cafés apalpa-se a tristeza.

As luzes tomam o caminho
mais estreito,
o colapso das colunas
da noite fez cair
as sombras nas esquinas,
ninguém
quer uma bala perdida.

Cada dia no entanto
a solidão
penetra as nossas mãos.

destaco algumas partes fortes deste poema:
Nos cafés apalpa-se a tristeza.

o colapso das colunas
da noite fez cair
as sombras nas esquinas,

ninguém
quer uma bala perdida.

talvez joão não devesse mudar de linha em:o colapso das colunas
seria melhor talvez:
o colapso das colunas da noite
fez cair
as sombras nas esquinas,

confesso que da maneira como está exposta a estrofe não a entendi numa 1ª leitura, daí fazer a sugestão.

j.t.parreira
Comic Book
Posts: 169
Joined: 27 Jun 2005 13:00
Location: Aveiro-Portugal
Contact:

Re: Recolher Obrigatório

Postby j.t.parreira » 25 Nov 2006 22:20

"talvez joão não devesse mudar de linha em:o colapso das colunas
seria melhor talvez:
o colapso das colunas da noite
fez cair
as sombras nas esquinas,".

Obrigado Elsefire, assim fiz. Vamos ver o resultado: semanticamente está melhor e a pausa funciona.
Um abraço
João

elsefire
Encadernado a Couro
Posts: 481
Joined: 05 Jan 2006 16:24
Location: Aveiro
Contact:

Re: Recolher Obrigatório

Postby elsefire » 29 Nov 2006 14:39

sinceramente não esperava que aceitasse a sugestão, mas já que o fez agradeço-lhe.

Vitor

j.t.parreira
Comic Book
Posts: 169
Joined: 27 Jun 2005 13:00
Location: Aveiro-Portugal
Contact:

Re: Recolher Obrigatório

Postby j.t.parreira » 02 Dec 2006 00:43

Meu caro Vitor (Elsefire), o poema depois de escrito é também do leitor que se deixe possuir por ele. Agradeço a sua sensibilidade para a minha poesia.
João


Return to “j.t.parreira”




  Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron